sábado, 11 de abril de 2020

PRÁ PENSAR


"Vivemos em um grande mercado planetário que não despertou sentimentos de fraternidade entre os países. De fato, criou um medo generalizado do futuro. E a pandemia de coronavírus iluminou essa contradição, tornando-a ainda mais evidente. 
Isso me faz pensar na grande crise econômica da década de 1930, na qual vários países europeus, Alemanha e Itália, acima de tudo, abraçaram o ultra-nacionalismo. 
E, apesar da falta de vontade hegemônica dos nazistas, hoje esse fechamento em si parece indiscutível. 
O desenvolvimento econômico-capitalista, portanto, desencadeou os grandes problemas que afetam nosso planeta: a deterioração da biosfera, a crise geral da democracia, o aumento das desigualdades e injustiças, a proliferação de armamentos, os novos autoritarismos demagógicos. 
Por esse motivo, hoje é necessário promover a construção de uma consciência planetária sob sua base humanitária: incentivar a cooperação entre países com o objetivo principal de aumentar os sentimentos de solidariedade e fraternidade entre os povos."

Edgar Morin

Como milhões de europeus, Edgar Morin está confinado em sua casa em Montpellier com sua esposa. Ele é considerado um dos filósofos contemporâneos mais brilhantes; Aos 98 anos (8 de julho terá 99 anos), Morin lê, escreve, ouve música e mantém contato com amigos e parentes. 
Seu desejo de viver demonstra fortemente o drama de um flagelo que está aniquilando milhares de idosos e doentes com patologias anteriores. 
"Eu sei muito bem", ele diz ironicamente, "que eu poderia ser a vítima por excelência do coronavírus. Na minha idade, no entanto, a morte está sempre à espreita. Portanto, é melhor pensar na vida e refletir sobre o que está acontecendo. ” - (El País)

Viver é Perigoso

8 comentários:

Anônimo disse...

Segundo o órgão, o poder público deve assegurar a oferta de um sistema de saúde com disponibilidade suficiente de respiradores, EPIs (equipamentos de proteção individual), testes laboratoriais, além de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e internação, capazes de absorver o eventual impacto do aumento de número de casos da covid-19. Quem descumprir as orientações e registrar colapso na rede de saúde, diz a PFDC, deve responder por improbidade administrativa.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/11/gestor-que-flexibilizar-isolamento-pode-responder-por-improbidade-diz-mpf.htm/?cmpid=copiaecola JUIZO MOÇADA!!

Anônimo disse...

Além do vírus o que mais preocupa é o autoritarismo demagógico e a negação da ciência. A eleição de certos líderes pelo mundo confirmam, autoritários mesmo dentro de democracias. A falta de consensos é a tônica atual em questões que afetam todos.

Anônimo disse...

Para assistir e refletir:

https://www.youtube.com/watch?v=dkPDz63RvNU&app=desktop

Perlustrador da Mantiqueira

Edson Riera disse...

Perlustrador da Mantiqueira

Não conhecia. Muito legal.

Grato

Zelador

Anônimo disse...

João Dória, que nunca conseguiu conter o uso de celulares dentro dos presídios, rastreia os aparelhos dos paulistas, para cercear o direito de ir e vir de cidadãos livres: TUDO BEM!

Bruno Covas, imunodeprimido por seções de quimioterapia, continua cumprindo sua agenda política, sem nenhum tipo de proteção, escancarando a histeria que o seu próprio correligionário está incitando: TUDO BEM.

Wilson Witzel, incapaz de controlar a criminalidade endêmica do Rio de janeiro, usa os agentes do Estado para coagir cidadãos que estão nas praias: TUDO BEM!

Ronaldo Caiado, após fazer coro com o presidente, no discurso de redução do poder público, manda abrir delegacia para registrar B.O contra um jornalista, permite que seus seguranças espanquem um outro e usa a policia goiana para prender uma mulher que o critica: TUDO BEM!

Romeu Zema, o "ultraliberal" do partido NOVO, manda confiscar produtos dentro de empresas privadas: TUDO BEM!

Hélder Barbalho, filho de um corrupto condenado, coloca presidiários para fiscalizar o povo do Pará: TUDO BEM!

Jair Bolsonaro, saudável e testado negativo para COVID-19, vai comer um salgado e tomar um refrigerante em uma padaria: GENOCIDA, IRRESPONSÁVEL, CRIMINOSO, FASCISTA!!!

O Brasil, definitivamente, não é para amadores!


"É perigoso libertar um povo que prefere a escravidão."
(MAQUIAVEL, Nicolau)

Edson Riera disse...

Maquiavel -

Talvez o grande erro tenha sido cometido pelo Pedro Alvares Cabral ao errar o caminho para as Índias, historicamente, seu destino programado ao deixar Lisboa lá pelos idos de 1500.

Fico procurando coisas boas para postar e não encontro.

Zelador

Anônimo disse...

O ato de ir REPETIDAMENTE é que é condenável. Contrariando orientações do tão bom ministro que ele nomeou. O Presidente da República é exemplo para muita gente. Se há governadores e políticos irresponsáveis não ESTÁ TUDO BEM!. Mas convenhamos o presidente não pode sê-lo. Ou não deveria, Minha modesta opinião. A propósito votei nele.

Anônimo disse...

Caramba deixe o cara, a obsessão em torno dele é um absurdo de exagerada, eta BRASILZINHO.