quinta-feira, 30 de abril de 2020

NOVO CAPÍTULO DA NOVELA


A Procuradoria-Geral da República apresentou denúncia nesta quinta-feira (30/4) contra o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) por ter recebido propina de R$ 65 milhões. Os crimes apontados são de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a acusação, os repasses foram feitos pelas empreiteiras Odebrecht e Andrade Gutierrez.

Parte dos valores foi paga em dinheiro vivo e outra parte por meio de contas no exterior. Segundo a denúncia, o deputado teria usado até mesmo o esquema de lavagem de dinheiro do doleiro Dario Messer. Também foram denunciados o empresário Alexandre Accioly e o ex-presidente de Furnas Dimas Toledo, acusados de terem sido operadores do tucano para o recebimento dos recursos ilícitos.

A denúncia foi enviada ao ministro do STF Edson Fachin, relator do caso. A acusação deverá ser julgada pela Segunda Turma do STF, que decidirá se abre ação penal e torna Aécio réu neste caso. 

Além desse caso, Aécio já é réu em processo que é acusado de receber R$ 2 milhões em propina da J&F. O tucano foi gravado pelo dono da empresa, Joesley Batista.

Viver é Perigoso

5 comentários:

Anônimo disse...

É Sr zelador!!

Se levantarmos suas postagens durante a campanha eleitoral para presidente, do Sr Aécio Neves, constataremos sua euforia em defender esse sujeito e seu eternamente amado e idolatrado PSDB.
Sabemos que o senhor não é bobo e nem nada, por ser sempre, tão diretamente ligado à politica sabia, em detalhes, de todas mazelas (muitas ainda serão reveladas) desse sujeito.
Mas, naquele momento nada disso importava, qualquer um servia para tirar o Pete do poder. igualzinho aconteceu na eleição de 2018.
Acho que para desencargo de consciência e em respeito a nós assíduos leitores de seu blog, o senhor poderia publicar em letra garrafais um sincero e detalhado pedido de desculpas.

Edson Riera disse...

Vigilante -

Vou mais longe. Votei no Fernando Collor e deu no que deu. Votei no FHC e creio que saímos mais ou menos. Votei no Serra, etc. Sempre, votei contra o PT. Como milhões acreditei no Aécio. Repetindo, sempre contra o PT. O Aécio se esfacelou depois das eleições em que foi candidato. Denúncias vieram à tona e mais uma vez, deu no que deu. Há séculos deixei a política partidária e por último o psdb e a razão foi a interferência de deputados na política local. Registro, que nas últimas eleições, votei no Deputado Ulysses Gomes para deputado federal e tenho apreciado o trabalho dele na oposição. Nas últimas eleições municipais, votei no Marcelo Krauss e estou satisfeito, mas também pedi voto para a Celinha Rennó, também do PT.
Sabia e sei de muitas mazelas da política e de muitos políticos. Tanto que me afastei de tudo a medida que apurações foram feitas.

Agora, em que lugar do planeta você pode ter acesso e ler todos os pensamentos e posições registradas diariamente, por longos 11 anos ?
Como qualquer um erro e também acerto. O importante é termos posição e não nos envergonharmos delas.

É a vida...

Zelador

Anônimo disse...

"qualquer um servia para tirar o Pete" pelo jeito o missivista acima também votou no Aécio. Ou na Dilma? Um pedido de desculpas deveria começar por todos os partidos e seus representantes . PT inicialmente. O resto depois. PMDB deveria liderar com assinaturas dos Sérgio Cabral/Renan Calheiros/Barbalho/Cunha encabeçando. O partido mais quenga do Brasil. MDB Máfia Do Brasil. Pobre Dr. Ulisses deve estar se revirando na cova.

Edson Riera disse...

Vigilante -

Esqueci de citar que votei no Laudelino (PT) para deputado estadual. Foi eleito.

Zelador

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 10:07. Um pedido de desculpas cairia bem. Mas, pelo jeito não vai rolar.