quarta-feira, 29 de abril de 2020

INEVITÁVEIS MUDANÇAS


Depois desse sufoco muita coisa coisa irá mudar no Brasil. Uma das mudanças, sem dúvida, será nos restaurantes self-service.  Creio que não veremos mais as pessoas se servindo direto. Será coisa do passado.

Como foi comentado hoje no jornal "Folha de São Paulo", voltaremos a era do PF (calma, não se trata de polícia federal). Para os que estão chegando agora, do Prato-Feito. Aliás, a guisa de curiosidade, pelo que me lembro, todo o PF vinha em prato fundo.

Funcionaria assim: Disposição das travessas habituais, com os alimentos, separadas do clientes por um painel transparente de acrílico ou de vidro. Uma funcionaria, na parte interna, devidamente trajada, com máscaras luvas, etc, seguiria o cliente, que iria apontando sobre a composição do prato. O freguês iria indicando positivo ou negativo e com gestos, as quantidades a serem depositadas no prato.

Serão necessários diversos funcionários acompanhantes e servidores. 

No final da linha, após servir-se de uma garrafinha de água ou refrigerante, também devidamente resguardado, um funcionário controlaria o recebimento, sempre com cartão e nunca com dinheiro vivo. No caminho, o cliente teria acesso a um jogo de talheres devidamente embalado em plástico. As mesas, sempre com possibilidade de acolher duas pessoas, ficarão distanciadas dois metros uma da outra.

Sentados, os almoçantes poderão afastar ligeiramente as máscaras.

Fuçar na comida para localizar e fisgar os pedaços mais desejados, já era.

É a vida...

Viver é Perigoso  

Um comentário:

Anônimo disse...

Zé se acontecer a mudança será muito bem vinda. Na crise estamos aprendendo a lavar as mãos . Como disse ex ministro brasileiro gosta de tomar banho mas não gosta de lavar as mãos. Aprender a não tossir espirrar e falar sobre a comida é o próximo passo.