sexta-feira, 24 de abril de 2020

CONTA GOTAS


1- Pela primeira vez, o PT (ou o que resta do partido) está se sentindo triste com uma confusão política alheia e pior, sem poder se solidarizar-se com nenhum dos lados.
Com o Sérgio Moro, jamais. Trata-se do maior inimigo vivo. O homem que colocou Lula, Zé Dirceu, Palocci e outros envolvidos em corrupção na cadeia. Como o diabo não pode ver uma cruz, os petistas não podem ver uma fotografia do Sérgio Moro.
Dor agoniada dos petistas: O Moro tem tudo para se sair bem na fita. E assim sendo, mesmo ficando de quarentena até as próximas eleições, só a perspectiva de tê-lo como adversário, dá tremedeira, engasgos e pânico.
Apoiar o Bolsonaro ? Não tem como. Não pelo PT e pelo Bolsonaro, mas pelo guru-mor Olavo de Carvalho. 

2 - Bolsonaro irá fazer um pronunciamento hoje às 17:00 horas, segundo ele próprio, para "restabelecer a verdade". Tomara que os generais assessores o convençam de levar pronto e ler com cuidado. Nada de improviso. Significa risco. Deve dizer que o Moro faltou com a verdade no seu pedido de demissão. Complicado: palavra por palavra, pelos desempenhos anteriores, prevalecerá  a do Moro. Melhor levar documentos.

3 - Não sei a razão, mas o Mourão deu uma sumida estratégica. Imagina-se que ande experimentando ternos.

4 - Brasil. Caso único em todo o planeta. Coronavírus deixou as manchetes.

5 - Perguntas que não querem calar: E se o Guedes pedir o boné ? Quem foi o real demitido ? Moro ou Jair ?

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

To torcendo pro meu presidente sair e deixar o Mourão dar um jeitinho em tudo q ta pendende!