segunda-feira, 9 de março de 2020

EM PAUTA




O Vox é um partido político espanhol fundado em 2013 por ex-partidários do Partido Popular. Hoje é a terceira força política na Espanha. É de direita. 

O Vox assume uma posição pró-vida na questão do aborto e é contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Considera a palavra "matrimônio" como inapropriada para descrever tal relação. O partido pretende criar um novo tipo de união, denominada de "união civil", para substituir o casamento gay.

Inicialmente, o partido focava-se no liberalismo econômico e na sua oposição às autonomias regionais em Espanha. Defende um estado centralista. É contrário aos partidos que ponham em causa a unidade de Espanha. Defende a monarquia.

Nos últimos tempos o Vox começou-se a alinhar com o populismo direita cada vez mais popular na Europa (e por estas bandas também). 

O partido é contra a entrada de mais imigrantes no país, em especial, imigrantes muçulmanos. 

O  Vox, promove na Espanha a implementação do veto parental para se opor à :

...doutrinação em ideologia de gênero que os filhos sofrem nos centros educacionais, contra a vontade e contra os princípios morais dos pais. Propõe que, no caso de qualquer matéria, palestra ou oficina cujo tema “afete questões morais socialmente controversas ou sobre a sexualidade que possam ser intrusivas à consciência e à intimidade dos filhos”, seja solicitada uma autorização expressa dos pais.

Blog: Exceto pela questão da monarquia, são causas que estarão sendo discutidas no País. Na cidade, o debate, principalmente quanto a "escola sem partidos", já começou. Assunto complicado, que inevitavelmente poderá levar à radicalização.
Não tenho dúvida: Cidade conservadora, em Itajubá, a maioria assinaria a filiação num Vox um pouco mais light.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: