domingo, 29 de março de 2020

BEAU GESTE


A Gerdau, a Ambev e o hospital Albert Einstein deram uma lição ao grande empresariado nacional. Anunciaram a doação de um centro de tratamento de Covid-19 com cem leitos à prefeitura de São Paulo. Em duas semanas entregarão 40 leitos e, até o fim de abril, estarão prontos os outros 60. A unidade atenderá pacientes do SUS.

O pavilhão ficará anexo ao hospital M’Boi Mirim, na periferia da cidade. A Gerdau doará a estrutura do prédio, a Ambev bancará o custo, e o Einstein cuidará dos pacientes. Nenhum grande acionista da Gerdau ou da Ambev ficará mais pobre com a doação..Sem espetáculo, fizeram o que acharam que deviam.

O colégio Miguel de Cervantes, situado nas proximidades do Einstein, abriu 300 vagas para filhos de enfermeiros, técnicos e médicos do hospital. A escola ocupa uma área de 60 mil metros quadrados e as crianças ficarão lá durante os turnos dos pais, assistidos por voluntários, sem contato físico. O hospital fornecerá a alimentação da garotada. Outro colégio da cidade, o Porto Seguro, aderiu à iniciativa.

Em Manaus, uma rede de lojas Bemol doou ao governo do estado seu estoque de mil colchões e máscaras. (Repetindo, doou o estoque.) No Rio de Janeiro, pizzarias continuam mandando refeições aos profissionais de saúde da cidade. Alguns deles trabalham em turnos de 24 horas.

Coisas assim parecem gotas d’água, mas como dizia Madre Teresa de Calcutá :

“toda vez que eu ponho minha gota no oceano, ele fica maior”.

Quando ninguém sabe o que fazer, ou quando as rotinas não apontam uma saída, surgem loucos que se revelam gênios.

Em 1906, a cidade de San Francisco foi destroçada por um terremoto, seguido de incêndios. Amadeo Giannini tinha um pequeno banco e sua clientela eram os pobres. Ele alugou um caminhão de lixo e tirou todo o dinheiro de seu cofre. A grande ideia de Giannini foi botar uma mesa na rua. Ele passou a emprestar dinheiro a quem estivesse precisando, confiando nos fios dos bigodes. Ele contava que recebeu de volta tudo o que emprestou e que, no primeiro dia dessa operação maluca, recebeu depósitos equivalentes a 1,5 milhão de dólares em dinheiro de hoje.
Mesmo que tenha exagerado, seu tamborete virou o Bank of America, um dos maiores dos Estados Unidos e ele entrou para a história da banca.

Durante a crise financeira de 2008 o professor Ben Bernanke (Stanford) estava à frente do Federal Reserve Bank americano. Ele era um verdadeiro economista liberal e fizera carreira estudando a Depressão dos anos 1930.
A situação estava tão braba que o secretário do Tesouro, Henry Paulson, em jejum, trancou-se no banheiro para vomitar.
Ambos decidiram despejar dinheiro no mercado, resgatando empresas que corriam o risco de quebrar, espalhando o pânico. Era o contrário do que havia aprendido, ensinado e praticado. Diante do que parecia uma contradição, ele ensinou ao mundo e a seus pares:

“Não há ateu em trincheira, nem ideólogo em crise financeira”.

Extraído de escrito do Élio Gaspari 

Viver é Perigoso

3 comentários:

Anônimo disse...

Não há disposição no governo para o tipo de atitude certa narrada pelo colunista. Na contra mão Guedes se isolou no Rio longe das sandices. A única ficha jogada é a suspensão do isolamento. Mais cuidado, não estão abertos à crítica. Pode ser taxado como incendiário!
Para reflexão: Pela primeira vez, Twitter apaga postagens de Bolsonaro (2). Tuítes tinham vídeos de tour do presidente por Brasília e falavam sobre cloroquina e isolamento social. Em nota disse o Twitter:"O Twitter anunciou recentemente em todo o mundo a expansão de suas regras para abranger conteúdos que forem eventualmente CONTRA informações de saúde pública orientadas por fontes oficiais e possam colocar as pessoas em maior risco de transmitir COVID-19". Mais claro impossível.

Anônimo disse...

Camarada de uma dica ai pro Bixacot reunir cdl aciei simmei e montar um hospital em itajuba e mais ainda com apoio do 4be no sistema de hospital de campanha, este pessoal precisa sair da cama e ir em busca, com criatividade e urgência, de ferramentas importanyes psra a terrinha, chega de "incubar" ou se incubar, vai, vamos, ooooooo

Anônimo disse...

https://saude.estadao.com.br/noticias/geral,prefeitura-ambev-gerdau-e-einstein-vao-construir-centro-de-tratamento-para-coronavirus-em-40-dias,70003246508