quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

PREMEDITANDO O BREQUE


A cidade vem acompanhando a confirmação dos nomes dos pré-candidatos que pretendem participar da eleição municipal de outubro/2020.

Pouca novidade. São citados e alguns já confirmados: (por ordem alfabética)

1 - Dr. Bob - Vice em aberto
2 - Vice-Prefeito Christian - Vice Dr. Nilo Baracho
3 - Representante do PSTU *
4 - Dr, Ricardo Mello - Vice Eng. Antonio Santi
5 - Dr. Ricardo Zambrana - Vice em aberto
6 - Prof. Roberval - Vice Dra. Érica

*Todos sabem que o PSTU aproveita a ocasião apenas para registrar posição.

Pesquisas estão sendo realizadas pelos grupos. Devem influenciar e definir as chapas. Não se esquecendo que a definição, necessariamente, terá que ter a benção de um guru externo, deputado ou senador. Esses políticos, pouco estão se lixando para a vida da cidade. Almejam apoio para as eleições de 2022.  

Mas prá valer mesmo (palpite) a eleição para prefeito segue para ser disputada pela situação/oposição/chapa meio termo. Ou seja:

Situação: Christian/Baracho 
Oposição: Dr. Ricardo Mello/ A. Santi
Chapa Meio Termo : Dr. Bob/Dr. Zambrana

A chapa da "oposição" estaria praticamente decidida. Não se surpreendam se acontecer (difícil), a fusão das chapas da situação e a chapa meio-termo.

A chapa da situação carrega o aval do Secretário/deputado Bilaquinho e do Estadual Dalmo (Ouro Fino).
A chapa da oposição carregará (tudo indica) seguirá com o aval do Deputado Dimas Fabiano e a torcida (sem aparecer) do Deputado Ulysses Gomes.
A chapa "meio termo", caminharia com o aval do Senador Carlos Vianna. 

Lógico, que existem nomes sonhando com uma vice-prefeitura. O cargo imaginado por 10 entre 9 assessores.

Luta terrível deverá ser por uma das 11 vagas na Câmara Municipal. Ventos dão conta que poderá acontecer uma senhora renovação.

Veremos...

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

Caro zelador e demais. Com exceção do PSTU e candidaturas com vices já escolhidos as outras podem ser destinadas a um jogo de acordos e apoios futuros.Lógico que consultas e pesquisas podem sepultar algumas precocemente com salientado. Mas o lançamento de candidatos a prefeitos e vice de quem têm mandato de vereador aliada a impossibilidade de coligações prenunciam uma eleição proporcional dificílima. Lá pra maio vamos ter um quadro melhor. Ah! Não esquecer que a atual situação fará de tudo para sepultar oposicionistas e quem pode atrapalhar, através de ações judiciais. Bons e caros advogados não faltam. Como já ocorreu no passado. observador de cena

Edson Riera disse...

Observador de Cena -

Perfeito.

O pessoal da situação realmente tem sob contrato um batalhão de especialistas em situações eleitorais. Descobrem e às vezes até incentivam e provocam, erros durante essa fase da campanha e guardam no freezer. Para que alertar ? Depois das eleições inviabilizam meio mundo. O melhor a fazer é reservar um dinheirinho destinado a campanha para para pagar advogados.

É a vida...

Abraço

Zelador