segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

EQUIPE ESPECIAL



O procurador-geral da República, Augusto Aras, designou, por meio de portaria, cinco procuradores da República para compor o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Federal em Minas Gerais (Gaeco/MPF/MG). 

É a primeira equipe com essa finalidade, criada na instituição, e que passará a contar com estrutura permanente e especializada de apoio nos trabalhos de combate a crimes praticados por organizações criminosas como tráfico internacional de drogas e crimes patrimoniais praticados em desfavor de instituições financeiras, além da penetração de facções criminosas no estado.

Sob a coordenação do procurador Lucas de Morais Gualtieri, lotado na Procuradoria da República em Pouso Alegre (MG), o grupo também terá a participação dos procuradores Carlos Henrique Dumont Silva (Procuradoria da República em Minas Gerais), Marcelo Borges de Mattos Medina (Procuradoria da República em Juiz de Fora), Marcelo Malheiros Cerqueira (Procuradoria da República em Montes Claros) e Wesley Miranda Alves (Procuradoria da República em Ituiutaba). 

Os membros terão mandato de dois anos e vão atuar sem desoneração pré-fixada de seu ofício, facultada a solicitação de desoneração em caso de comprovada necessidade do serviço, pelo prazo máximo de 15 dias por mês.

(terradomandu)

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: