quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

CARTA QUE NÃO RECEBI


Belo Horizonte, 20 de fevereiro de 2020

Prezados Amigos,

Atendendo ao pedido do leal amigo e Prefeito Municipal de Itajubá, Rodrigo Riera, e do reitor da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), Prof. Dagoberto Alves de Almeida, gestores que buscam novas formas de contribuir com o desenvolvimento de toda região Sul do Estado de Minas Gerais, fiz questão de agendar uma audiência com Diretor-Presidente da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), Reynaldo Passanezi Filho, para que juntos pudéssemos apresentar o planejamento de construção e operação do maior laboratório de inovação em energia elétrica do hemisfério sul, o famoso Laboratório de alta tensão.

Ao longo de uma produtiva reunião, que também contou com a participação dos Pró-Reitores José Arnaldo e Edson Pamplona; e do Professor Mário Neto, Ex-Presidente da FAPEMIG, conseguimos com que a CEMIG chancelasse a sua participação neste brilhante empreendimento, que movimentará a economia do Município de Itajubá e irá gerar emprego e renda para toda região.

Como Secretário de Estado de Governo me sinto honrando em poder apoiar projetos que beneficiarão o nosso Estado, frutos da visão inovadora da Prefeitura Municipal de Itajubá e sua parceria com instituições como a UNIFEI.

Antes de me despedir dos amigos itajubenses, fiz questão de parabenizar a belíssima atuação do Prefeito Rodrigo Riera e seu Vice-Prefeito Christian Gonçalves à frente da Prefeitura Municipal de Itajubá, pelo brilhante trabalho que vem gerando resultados importantíssimos para toda população itajubense.

Um fraterno abraço,

Bilac Pinto
Secretário de Estado de Governo

Blog: Dica de comentarista do Viver é Perigoso. Como um bom e velho pessimista, alerto que a Cemig prepara-se para a privatização. Assumir compromissos nesse momento... Mas , oremos. Senti falta do Secretário Fernando Bissacot. Penso que o melhor caminho seria a PMI exigir a devolução da área doada e todos os benefícios (R$ 41 milhões), e claro, todo o projeto desenvolvido.

Viver é Perigoso 


2 comentários:

Anônimo disse...

Parece que o bilaquinho deu mais uma "furada" política deixando a oposição votar um aumento linear para todo os servidores estaduais quando o desejo do governo era só contentar os policiais. Com a situação falida de mg vêm consequências por aí.

Anônimo disse...

Conversas, sempre teve, tem e tera dinheiro. Zezinho, nao faltou ninguem, estao apenas a enfeitar, vc sabe, nao humilha.