quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

CARECENDO DE ACOMPANHAMENTO


"As dificuldades continuadas na articulação política têm levado o governador Romeu Zema a pensar em nova mudança na área. 

Há quase seis meses, ele trocou o então secretário de Governo, Custódio Mattos, pelo atual, Bilac Pinto, para melhorar interlocução política. Se o desempenho era ruim no Legislativo, agora se ampliou para o lado até do Judiciário. O desgaste dele começou quando tentou enquadrar o Legislativo e o Judiciário na crise fiscal do Estado.

A insatisfação do governador não é só na área política, mas também na comunicação. Quando chegou, Bilac havia chamado para si o comando da comunicação, mas perdeu espaço. O controle da área voltou, informalmente, para as mãos do secretário geral de Estado e homem de confiança de Zema, o empresário Igor Mascarenhas Eto. Esse passou a tomar decisões estratégicas na área e a consultar o mercado sobre os rumos da comunicação oficial.

E no momento que se prepara para a batalha mais difícil na Assembleia Legislativa, com projeto de privatizações, o governo foi surpreendido. De uma só vez, o bloco parlamentar mais fiel a Zema perdeu seis deputados estaduais. Após a desarticulação, tentou recuperar os aliados, mas não obteve sucesso. Nem o partido de Bilac Pinto, o DEM, integra a base governista.

Tudo somado, Zema pensou em mudar novamente. Durante as férias de Bilac no exterior, em janeiro, o governador sondou políticos experientes para a missão, ou para reforçar a articulação. Consultou o ex-presidente da Assembleia Legislativa Adalclever Lopes (MDB), o ex-governador Alberto Pinto Coelho (ex-PP) e o ex-deputado federal Jaime Martins (PSD). "

(Alemdofato)

Blog: E nós com isso ? Sabido da estreitíssima ligação do prefeito de Itajubá com o Secretário Bilaquinho. Com mudança, o atual Secretário voltaria para a Câmara Federal. Os nomes pensados e citados para uma eventual substituição, não são em nada chegados ao atual poder político local. Mesmo o Adalclever (MDB) parece distante. Alberto Pinto Coelho continua ainda ligado ao PP (partido do deputado Dimas Fabiano, também afastado hoje). Já o PSD é o partido do Senador Carlos Viana, aqui ligado ao Dr. Bob, que também ensaia voo solo.

Veremos.  

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: