segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

VENTOS DE GUERRA


Será indicado neste 2020 o novo Reitor da Unifei. A definição deverá acontecer quase na mesma época das eleições municipais. Critérios e regras ainda em discussão. A  Medida Provisória 914/2019 do Presidente Bolsonaro embolou o meio de campo. 

Importantíssima. Nada a ver, mas só à guisa de curiosidade, o orçamento anual da Unifei supera o do município.

O desenvolvimento da cidade depende de uma parceria entre a Universidade e a Administração Municipal. Logicamente, escapando dos discursos, placas e sonhos que devem estar longe de utopias.

Uma coisa é certa: Deverá ser um profissional da chamada direita e a escolha, independente de eleições internas, será uma escolha pessoal do Presidente da República. Sobrevivendo até lá ( o que é difícil) os atuais comandantes da Educação Federal, os pretendentes a reitoria necessitarão ter um passado distante dos governos Lula/Dilma e manifestarem clara preocupação com a moçada mais avançada.

Dentro do estilo Bolsonaro, não será de grande valia pressões de deputados, senadores e creio, tão pouco, do Vice-Presidente da República.

O equacionamento da estrutura de gestão responsável pelo Laboratório de Extra-Alta Tensão (complicada) com a definição da Unifei como participante efetiva, logicamente, poderá influenciar na escolha do novo Reitor.

Pode ser...

Viver é Perigoso  

3 comentários:

Anônimo disse...

O importante é q os petistas estarão definitivamente FORA! Quem for ta bao demais! Ufa, chega, amém! Que a escolinha cresca e se transforme numa UNIVERSIDADE!

Anônimo disse...

O inverno ja passou.
O outono começa a perder força.
O atual reitor, em breve será passado...

Anônimo disse...

E vamos para o futuro, chega, a efei deveria ser a locomotiva da cidade, ja e tempo!