segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

GUERRA COMERCIAL


Segundo noticiado, a China se comprometeu-se a aumentar em US$ 200 bilhões nos próximos dois anos suas compras de bens e serviços norte-americanos. 
US$ 77.7 bilhões as de manufaturados. Em US$ 52,4 bilhões suas compras de energia. Em US$ 37, 9 bilhões as de serviço. e em US$ 32 bilhões as importações de produtos genéricos.

E nós com isso ?

Pode ser restabelecido o volume de exportação de soja dos EUA para a China, que durante  os desentendimentos comerciais, diminuiu em cerca de 20 milhões de toneladas. De algum modo afetará as exportações brasileiras.

Do lado americano, será reduzida pela metade, para 7,5% as tarifas impostas sobre US$ 120 bilhões em importações originárias da China, mas serão mantidas as tarifas de 25% sobre US$ 250 bilhões de produtos chineses.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: