quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

AEROPORTO


Ganhamos por 100 metros !

A pista do aeroporto de Pouso Alegre, já funcionando há séculos e fechada neste mês de janeiro para reformas pela Prefeitura (até 31/1), tem apenas 1.300 metros.

Não existem voos comerciais para outros centros do País mas, segundo informado, em 2019 form registrados 2.555 no aeroporto, dando uma média diária de 7 voos diários.

50% são voos executivos, empresários que vêm à cidade para reuniões e visitas às empresas.Tem ainda 15% de voos de forças de segurança como Exército e polícias; 10% voos de autoridades políticas e o restante dividido entre voos de aeronaves de transplantes de órgão e voos de instrução.

Depois de Pouso Alegre, os aeroportos mais próximos para receber voos no mesmo porte são os de Varginha e Bragança Paulista.

De acordo com a prefeitura, as obras na pista incluem o tratamento de fissuras e trincas em toda a extensão de 1.300 metros da pista, além de recapeamento em alguns trechos; pintura de sinalização horizontal e balizamento.

As obras na pista,  incluem o tratamento de fissuras e trincas em toda a extensão de 1.300 metros da pista, além de recapeamento em alguns trechos; pintura de sinalização horizontal e balizamento. Têm caráter de manutenção preventiva para proporcionar maior segurança nos procedimentos de pousos e decolagens de aeronaves que utilizam o aeroporto, e seguem os padrões e normas da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).


Já ontem, 22/01, o aeródromo de Santa Rita do Sapucaí recebeu seu primeiro pouso oficial após ser liberado para funcionamento pela Agência Nacional de Aviação Civil - Anac -  a fiscalização da Anac foi finalizada em 18 de dezembro.

O pouso inaugural ocorrido ontem foi de um voo que saiu de Marília, no interior de São Paulo e teve cerca de 1h30 de duração. 

Segundo a Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí, a aeronave transportou um empresário que adquiriu recentemente uma empresa na cidade.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: