sexta-feira, 30 de agosto de 2019

AINDA NOVO NO PEDAÇO


Encontrei no início da semana no Supermercado Alvoradão, na Boa Vista, é claro, com o Vereador Fabrício Machado.

Afirmou ter ficado muito chateado com a inclusão do seu nome no grupo de vereadores que apresentaram a Emenda 27 para o Projeto de Lei 4358, que trata do novo Plano Diretor do município.  

Lembrando, um grupo de vereadores membros da Comissão de Obras da Câmara Municipal (7/8/2019), propõe a absurda autorização para o aterro de 52.000 m2 na Várzea do Ribeirão Piranguçu. Os motivos e as razões é são do conhecimento geral da população.

O Vereador Fabrício, reafirmou ser totalmente contrário ao publicado.  E mais, já posicionou sobre o assunto mostrando-se favorável a Emenda apresentada pelo Vereador Santi, que descarta o famigerado aterro do gosto da Administração Municipal.

Inicialmente ficou chateado com o publicado pelo Blog Viver é Perigoso. Alertado por outros companheiros, concluiu que não procedia o "seu de acordo oficial" nos documentos.

Alguma coisa aconteceu na Comissão de Obras da Câmara Municipal, presidida pelo vereador Tenente Melo (interessante o uso de patente militar - imagino que se eu fosse vereador poderia também ser chamado de Cabo Riera, que fui com muito orgulho nos anos de 66/67 no nosso Batalhão de Engenharia e Combate).

Fica o registro sobre a posição correta do Vereador Fabrício em relação ao tal aterro da Várzea.

Ainda sobre a Câmara Municipal, ontem recebi um trecho da última reunião acontecida na segunda-feira, quando, utilizando um termo da caserna, o Vereador Cleber David foi levado a dar uma "senhora" enquadrada no Sr. Melo.

É a vida...

Viver é Perigoso       

FESTIVAL DE ABSURDOS


Gota a gota, e meio sem vontade, uma vez que pega muita gente graúda,  as denúncias contidas na delação premiada do ex-todo poderoso ministro Antonio Palocci vão sendo publicadas.

Essa da propina de 30 milhões de euros fechada com o frupo Casino (Carrefour) , via Banco Safra, com o  seu próprio presidente Edmond Safra, entregando "agrados" entre 20 e 100 mil reais para o Sr. Lula, tendo como portador o Palocci, e entregues em caixa de lenços franceses Hèrmes é de sentar na calçada e chorar.

O Palocci ainda afirma que guardou a embalagem de lembrança.

Talvez fosse melhor esquecer tudo o que aconteceu, passar uma régua e simular uma nova descoberta do Brasil e tentar começar tudo de novo.

Viver é Perigoso  

ESTÃO NA DELES, É CLARO


O chic restaurante Rubaiyat, situado na Avenida Faria Lima em São Paulo, foi palco, na última quarta-feira, de uma homenagem ao professor Juarez Tavares, considerado um dos maiores especialistas do Brasil em Direito Penal.

Compareceram mais de 200 advogados, vários deles com clientes envolvidos na Lava Jato.

Constatou-se porém que os holofotes estavam todos dirigidos para o advogado Alberto Zacharias Toron, responsável pela defesa de Aldemir Bendine, ex- presidente do Banco do Brasil e da Petrobras nos governos petistas. A anulação da sentença condenatória ao Sr. Bendine pela 2ª turma do STF (Gilmar, Lewandovski e Carmem) foi considerada um marco.

O Sr. Toron foi saudado com honras de herói pela maioria dos participantes do jantar. O clima era de euforia e de avaliação de que a decisão da 2ª turma do STF pode ser um divisor de águas na história da Lava Jato.

Blog: A defesa feita pelos advogados de elite deve sair caríssima. Coisa de milhões. A origem do dinheiro para pagar os honorários...deixa para lá.
Comenta-se, que os grandes escritórios de advocacia nunca ganharam tanto com a Operação Lava Jato. Caso não ficasse chato, poderiam sim, promover um jantar em homenagem aos rapazes de Curitiba que acabaram por promover esse boom no mercado de serviços jurídicos no País.

A festa só não foi completa porque no encerramento houve confusão quando dois homens (não identificados) hostilizaram o petista, Fernando Haddad, também participante do jantar/homenagem.

É a vida... com cada um defendendo o seu.

Viver é Perigoso