sexta-feira, 17 de maio de 2019

NOITE FRIA EM CURITIBA

Viver é Perigoso

O CULTO AO ÓDIO


Característica cada vez mais marcante da terrinha: Pessoas com amigos comuns cumprimenta-se de longe nas ruas, às vezes trocam acenos sutis e até disfarçados sorrisos nas filas de supermercados.

Pessoas com inimigos comuns. Euforia, indagações sobre a saúde, filhos e netos. Encontros em casa, vinhos e queijos. 

Passam a gostar dos mesmos gêneros musicais, dos mesmos filmes e exagerando, até comentam algum livro lido num passado distante.

Os nomes dos inimigos cultivados raramente são citados. E nem precisa. Tomam a aproximação acontecida como uma vingança velada.

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

NOBEL MUNICIPAL DA INSENSATEZ


A Mahle Metal Leve S.A, sem nenhuma dúvida, a mais destacada empresa industrial de Itajubá, ratificou a sua manifestação CONTRÁRIA ao prosseguimento e aprovação do Projeto de Alteração do Plano Diretor - Projeto de Lei nº 4.358/2018 em trâmite na Câmara Municipal de Itajubá.

Aparentemente, total ausência de diálogo entre a atual administração municipal, que vem desde 2013 e a maior arrecadadora de impostos e provedora de empregos da cidade, desde os tempos da Cofap. 

Em ofício dirigido à Câmara, com cópia para todos os vereadores, a empresa ressalta que a administração municipal tem plena ciência dos fatos sobre as consequências, no caso específico, da ocupação imobiliária da Várzea do Ribeirão Piranguçu, área destinada a acomodação das água das enchentes da referida veia d´água e consequente proteção do Distrito Industrial de alagamentos.

A empresa tem sabedoria suficiente para saber que dos 17 vereadores, 12 votam direto com a administração municipal e seguem o determinado. Isso é lamentável, porém é fato.

Toda a cidade sabe dos interesses comerciais/imobiliários existentes na Várzea do Ribeirão Piranguçu, bem como do grupo empresarial à frente. O tempo tem exibido uma luta desigual. Esse pessoal, desde há muito, não está para brincadeira.

Considerando o exposto, as chances de que sobressaia o bom senso são mínimas. 

Convém também que os Senhores Vereadores Independentes - Santi, Cleber, Krauss, Jorjão e Zambrana - fiquem atentos sobre a possibilidade de terem colocado um outro jabuti em cima da  árvore chamada de "Projeto de Alteração do Plano Diretor". Sabe-se lá.

Estamos lascados.

Viver é Perigoso  

ZÉ NOVAMENTE EM CANA

Viver é Perigoso