quarta-feira, 17 de abril de 2019

THE VOICE



Viver é Perigoso

NE NUNTIUM NECARE


Surgiu de um complemento da delação premiada do Sr.Marcelo Odebrecht a citação e o esclarecimento sobre o apelido utilizado pelo "setor de acertos" de 'amigo do amigo do meu pai" para o atual Ministro Presidente do STF, Dias Toffoli.

Na época dos contatos sugeridos, o Sr. Toffoli ainda não eram membro do STF. Ocupava o importante cargo de Advogado Geral da União, quando do governo Lula.

Pois bem. Os detalhes vieram à tona através do site "O Antagonista" e da Revista Digital Crusoé, imediatamente, por causa disso, censuradas atabalhoadamente pelos Ministros Toffoli e Moraes.

Em nenhum momento os Srs ministros policiais da censura, desmentiram ou criticaram ou interpelaram o Sr. Marcelo Odebrecht pelas informações prestadas.

Atacaram os mensageiros, no caso, "O Antagonista" e a "Crusoé".

A história se repete, como todos sabem. Dario III, rei da Pérsia, cometeu erros de estratégia de guerra quando derrotado por Alexandre, o Grande. Informado do possível infortúnio de suas estratégias por Charidemos, Dario III mandou matá-lo. 

Também, Gengis Khan, valorizava, mas temia os mensageiros, pois quando a mensagem trazida era ruim, ou não poderia ser espalhada, Gengis Khan não titubeava em matar o mensageiro na hora. Assim, surgiu o provérbio latino “Ne nuntium necare”: Não mate o mensageiro.

Viver é Perigoso

PRÁ PENSAR



"O exagero é a mentira da gente honesta.“ 

Joseph De Maistre

Viver é Perigoso

É A VIDA...


Mais um caso para o currículo da Odebrecht, que a cada dia se firma na história como a empresa mais corruptora do planeta.

O ex-presidente do Peru Alan García, de 69 anos, atirou em si mesmo logo depois de receber ordem de prisão da polícia, que foi a sua casa para detê--lo na manhã de hoje. 

García foi alvo de um pedido de prisão temporária, por dez dias. Ele é investigado por supostamente ter recebido propina da construtora brasileira Odebrecht. 

Informações da imprensa dão conta, que a polícia chegou à casa dele, em Lima, às 6h25, com uma ordem para entrar na residência. Após entrarem, os agentes o avisaram da ordem de prisão. García então pediu para subir até seu quarto para falar com seus advogados. Em seguida, os guardas ouviram o disparo, encontraram-no ferido e o levaram para o hospital. O advogado do político, confirmou que García decidiu disparar contra si mesmo. García teria atirado contra a própria cabeça.

Desespero, vergonha, medo da prisão ou uma soma de tudo isso.

Triste e lamentável sob todos os aspectos.   

Viver é Perigoso

FALOU E DISSE

Viver é Perigoso