quarta-feira, 27 de março de 2019

ÊPA !


"As emendas parlamentares, individuais e de bancadas, nem sequer deveriam existir. Quando você delega assim, há no meu entender, um desvio de função. Se esse dinheiro da União tem que ir para o Estado, que seja distribuído diretamente para o governo e para os municípios.
Todo sabe da forma muito pouco republicana com que muitos deputados usam essas emendas. Todo mundo sabe dos relacionamentos escusos entre prefeitos e parlamentares. 
É por tudo isso que sou contra esse conceito de emenda parlamentar. "

Dep.Tiago Mitraud - Novo Minas Gerais

(Um dos seis deputados que votaram contra o orçamento impositivo aprovado pela Câmara Federal)

O Antagonista

Viver é Perigoso

FALOU E DISSE :


Escreveu o itajubense Eugênio Mohallen

"Torço pelo governo. Porque torço por mim. E compartilho do ideário liberalizante que rege as propostas econômicas de Paulo Guedes, além das mudanças na Justiça propostas por Sergio Moro.

Mas é exasperante perceber que o governo tem como seu ponto fraco justamente aquele que deveria ser sua estrela guia.

Infelizmente, nem elefante com diarréia produz mais caca por dia que o nosso Presidente, a quem considero, apesar de tudo, alguém bem intencionado.

Mas fraqueja porque não se controla, nem aos seus. Vejam que Lula, mesmo condenado, preso e acabado, isolado numa salinha com acesso restrito, comanda seu partido com mão de ferro. No PT não se solta um pum sem a autorização de seu capo máximo. A agenda do partido-quadrilha é religiosamente a agenda que o barbudo determinar.

Já Bolsonaro, mesmo ocupando a cadeira e a caneta máximas do país, apoiado por eleitores que excedem o seu espectro ideológico e blindado por uma galáxia estrelada de generais, não controla seu partido, nem a goela de seus filhos, nem a si próprio. E isto porque é ex-militar e preza a disciplina. Imaginem se não fosse."

Blog: Pois é...

Viver é Perigoso

NÃO PEGOU !

No fim de 2007, quando a Amazon lançou a primeira geração do Kindle, seu leitor de livros digitais, não faltaram especialistas para vaticinar que os livros impressos estão com os dias contados. 
Como boa parte das previsões na área de negócios, o prognóstico estava 100% errado. Não só as obras impressas continuam firmes e fortes como os e-books se tornaram um fracasso retumbante. 
No mercado brasileiro, eles respondem por apenas 1% das vendas – número não muito diferente do observado em mercados maiores e mais maduros, como o europeu e o americano. 
Segundo Vitor Tavares, livreiro há 35 anos e presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL), duas razões principais explicam o fiasco: o preço dos e-books, muito próximo do valor dos impressos, e a falta de interesse pela leitura dos brasileiros. Mas o fenômeno é global. Tavares conta que voltou há pouco da Feira do Livro de Londres. Lá, diz ele, não escutou uma única vez alguém falar sobre livros digitais.

Amauri Segalla

Blog: Há tempos ganhei um Kindle da Rachel. Mas, sinceramente ? nada com um livro impresso.

Viver é Perigoso

AGORA VAI !


Existia alguma dúvida sobre licitações e contratos sobre a égide do Decreto Federal 9.142/2018 ? Não mais, após o curso que está sendo feito em Belo Horizonte (26 a 29/3), no Instituto Ruy Barbosa, pelo Vereador Wilson Batista Paiva, com diárias de R$1.491,00 e taxa de inscrição de R$ 500,00.

Sobre técnica legislativa e participação popular na elaboração de leis ? Sem problemas. A Vereadora Monica Chaves está fazendo um curso no CEAP - Belo Horizonte (26 a 29/3), com diárias de R$ 2.982,00 e  taxa de inscrição (a confirmar) de R$ 600,00.

Sobre políticas ambientais e de sustentabilidade ? Tudo resolvido. O Vereador José Maris da Silva está fazendo um curso no Instituto Plenum - Belo Horizonte (26 a 29/3), com diárias de R$ 2.982,00 e taxa de inscrição de R$ 450,00.

O estudo é a luz da vida.

Viver é Perigoso

GENTE NOSSA

Dr. Luiz Calistro Balestrassi
Viver é Perigoso

"ARTICULAÇÃO POLÍTICA"


Viver é Perigoso

FALTA DE SERVIÇO


O Senador Randolfe Rodrigues reuniu ontem assinaturas de líderes de nove partidos para levar à votação no plenário do Senado uma proposta que derruba a isenção de vistos para cidadãos da Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão, conforme medida anunciada pelo presidente Bolsonaro na semana passada e que entrará em vigor no dia 17 de junho.

Conforme lembrado pelo "Estadão", os cidadãos desses países já tinham o direito de pedir o visto online. Ou seja, não precisavam ir a nenhum consulado. O governo só os poupou de preencher um formulário na internet e esperar cinco dias úteis.

Com tanta coisa para tratar...

Viver é Perigoso

ÓBVIO ULULANTE


Na Boa Vista, é claro, os alunos do Grupo Escolar Rafael Magalhães, já perceberam e nem discutem mais o assunto. 
A esquerda brasileira que desde Marighela não tem ideologia nenhuma e vive de buscar uma teta para mamar, sabe muito bem que as colunas de sustentação do Governo Bolsonaro, se reduzem ao Paulo Guedes e ao Dr. Sérgio Moro. 
De forma não disfarçada estão trabalhando firme para não restar para os dois, outra opção que não seja pedir os bonés.
Em acontecendo a tragédia, podem convocar a realização de novas eleições e aguardar a posse do Ciro Gomes. 

Viver é Perigoso