quinta-feira, 7 de março de 2019

E NO NINHO DOS TUCANOS...

Viver é Perigoso

DEU NO "O GLOBO" EM 16.05.1966 - HÁ 53 ANOS


Tomou o barco ontem em Itajubá, às 02:45 horas da madrugada, Venceslau Braz. Desaparece assim o último chefe do Governo Federal da Primeira República. 

Governou o País num dos períodos mais difíceis da nossa história.

A primeira Grande Guerra fazia sentir suas consequências em todos os quadrantes do mundo. Mas hasteando a bandeira da austeridade, soube enfrentar a situação fazendo sobretudo, grandes economias. 

Sua primeira preocupação foi equilibrar o Orçamento da República, para o que chegou mesmo a criar impostos sobre todos os vencimentos, inclusive dos militares, dos juízes e do próprio Chefe do Governo. Suspendeu, como medida complementar, todas as nomeações e mandou agrupar num "quadro de adidos" os excedentes das diversas carreiras do funcionalismo que eram paulatinamente aproveitados, à proporção que vagavam os cargos nos quadros efetivos. 

Ganhava ele, como Presidente, apenas 20 mil cruzeiros mensais. Pagava impostos sobre os seus vencimentos e todas as suas despesas pessoais no Palácio, como ordenados de arrumadeiras, de cozinheiras, além dos gastos de representação, despesas que muitas vezes, conforme dizia, completava com dinheiro do próprio bolso.
Para se ter uma ideia do que foi essa época de poupança dos dinheiros públicos, basta lembrar que no Governo Venceslau, a Presidência da República dispunha tão somente de dois carros oficiais.
Sabe-se que mesmo a esposa do Presidente utilizava carros particulares parra atender a compromissos de primeira dama do País.

Venceslau Brás, tomou posse na presidência com 46 anos e idade. Deixou-a, no final do seu mandato aos 50 anos e também a política.

Disse ele: "Depois de ser Presidente da República, um homem não deve esperar mais nada da vida pública. Entrei na presidência de cabelos pretos e saio, com eles brancos." 

Viver é Perigoso

NÃO ESCAPA UM

Espantou o presidente Jair Bolsonaro o relato de Eduardo Eugênio Gouveia Vieira, titular interino da Confederação Nacional da Indústria, sobre o escândalo de corrupção na entidade. “Recebi o cara da CNI há pouco e estou impressionado com o que estavam fazendo com este País”, desabafou Bolsonaro, de cenho cerrado, sobre sua audiência a Vieira, instantes antes de iniciar a conversa com jornalistas, dias atrás. A coluna tentou saber detalhes da conversa, mas Vieira não quis falar. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Gouveia Vieira fez a caveira do presidente afastado da CNI, Robson Andrade, detalhando a roubalheira revelada pela Operação Fantoche.

Nem precisava: Bolsonaro estava informado dos detalhes da apuração da Polícia Federal, antes mesmo de serem detalhadas publicamente.

A PF investiga afano de mais de R$400 milhões usando uma agência de viagens do Recife, terra do ex-presidente da CNI Armando Monteiro.

Titular do conselho nacional do Sesi, o ex-presidente da Firjan Gouveia Vieira é candidatíssimo a se efetivar na presidência da CNI.

Diário do Poder

Viver é Perigoso

EM CIMA DA HORA


EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA OBTENÇÃO DE PATROCÍNIO nº 01/2019 A PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ, 

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, torna Público que até o dia 13 de março de 2019, às 18 horas, receberá as propostas de empresas interessadas em patrocinar o evento em comemoração aos 200 anos de Itajubá, visando o custeio de despesas de tal evento, com contrapartida de divulgação da logomarca da patrocinadora no material de divulgação do evento. 

1 –FINALIDADE Divulgar, para o público interessado, a(s) cota(s) de patrocínio para o evento em comemoração aos 200 anos de Itajubá.

2 –OBJETO 
2.1 Constitui objeto do presente Edital a obtenção de recursos financeiros para o evento em comemoração aos 200 anos de Itajubá, que ocorrerá no período de 01 a 29 de março de 2019. 
2.2 – Segue(m) a(s)cota(s) de patrocínio, detalhadas no Anexo I, constante deste Edital:

a) Patrocínio Diamante – Valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais) 
b) Patrocínio Ouro - Valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais); 
c) Patrocínio Prata - Valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais); 
d) Patrocínio Bronze - Valor R$ 12.000,00 (doze mil reais); 

2.3 – A contrapartida da(s) cota(s) de patrocínio consiste em divulgação do logotipo do patrocinador em todas as peças publicitárias do projeto e nos canais de divulgação e comunicação do evento em comemoração aos 200 anos de Itajubá, bem como a menção em todas as locuções e entrevistas referentes ao evento.

3- PROPOSTA 
3.1 – A proposta deverá ser entregue em mãos ou remetida por correspondência, para conhecimento até as 18 h do dia 13 de março de 2019, na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, situada à Av. Dr. Jerson Dias, 500, Bairro Estiva, Itajubá. 
3.2 – A proposta deverá ser entregue em envelope fechado em 01 (uma) via, sem emendas ou rasuras, assinada na última página e rubricadas as demais pelo representante legal da empresa, contendo também a logomarca a ser aplicada no material gráfico de divulgação do evento, em arquivo JPG, PDF ou CDR e demais exigências previstas no Anexo I. 

4 – CRITÉRIO DE SELEÇÃO 
4.1 – Serão selecionadas para os itens supra as propostas que atendam ao edital. 

5 – CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR 
5.1 – Não poderão participar empresas que comercializam produtos nocivos à saúde, que atentem à moral e aos bons costumes, bem como assuntos políticos e religiosos. 

6 – DISPOSIÇÕES GERAIS 
6.1 – Os valores ofertados serão utilizados para custear as despesas com o evento, podendo, em caso de os valores arrecadados excederem o montante para custeio serem utilizados em outras despesas correntes do Município.; 
6.2 – Informações adicionais poderão ser obtidas juntos a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, situado à Av. Dr. Jerson Dias, 500, Bairro Estiva, Itajubá, entre os horários de 12 h as 18 h, ou pelo telefones (35) 3692 1778 e 3692 1018. Itajubá, 01 de março de 2019. 

MASSOUD NASSAR NETO 

Secretário Municipal de Cultura e Turismo

Blog: Publicado no site da PMI em 01/3/2019. Muito cuidado com patrocínio de pessoas jurídicas prestadoras de serviços para o município.

Viver é Perigoso

SEI NÃO...


"A missão será cumprida ao lado das pessoas de bem do nosso Brasil, daqueles que amam a pátria, daqueles que respeitam a família, daqueles que querem aproximação com países que têm ideologia semelhante à nossa, daqueles que amam a democracia. E isso, democracia e liberdade, só existe quando a sua respectiva Força Armada assim o quer”

Bolsonaro

Viver é Perigoso

A HISTÓRIA SE REPETE


"A grama onde pisa o meu cavalo jamais volta a crescer”

Átila

Viver é Perigoso