sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

OUTROS TEMPOS


O nosso cinema, na Boa Vista, é claro, marcou época e chamava-se Cine Paratodos. Hoje, o buraco é mais embaixo. Avisam logo que o nome é Classe A.

Viver é Perigoso

É DISCO QUE EU GOSTO



Viver é Perigoso

LIVRARIA CULTURA


Divulgado, entre editores, o esperado plano de recuperação judicial da Livraria Cultura.

Proposta chega a ser assustadora para os credores:

1 - Para os credores que deixaram de fornecer livros para a Cultura:

A rede quer quitar as dívidas com editores em 48 parcelas trimestrais, que começariam a ser pagas só dois anos após a homologação do plano pela Justiça —no total, isso dá 14 anos de prazo - pedindo um perdão de 70% da dívida.

2 - Para os credores "incentivadores" - aqueles que não deixaram de fornecer para a Cultura o plano os divide em dois tipos. 

2.1 - Para o primeiro, a proposta é um perdão de 25% da dívida - o prazo é o mesmo. A livraria enquadra nesse grupo quem já forneceu ou fornecerá títulos de 1º/12 até 30 dias depois de a Justiça homologar o plano.

2.2 - No segundo grupo, em uma cláusula que parece criada sob medida para a Companhia das Letras, estão aqueles que não interromperam a venda de livros entre outubro e novembro do ano passado, período crítico de atritos entre editores e a rede. Para esses, o prazo é igual, mas não há proposta de perdão da dívida.

(Deu na Folha)

Viver é Perigoso

SOB NOVA DIREÇÃO


Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Lucia Laguna
Nos encontraremos lá. 

Exposição da Lucia Laguna, carioca de 77 anos, no Masp, na Av. Paulista, 1578. De quarta a domingo, das 10:00 às 18:00 horas. Estará lá até 10 de março.
R$ 17 e R$ 35,00.

Viver é Perigoso

COISAS DA TERRINHA

Foto Facebook
De longe, via internet, ficamos sabendo da inauguração do Cinema A em Itajubá. Bem vindo, antes que falem que somos contra. Um investimento, pelas informações prestadas no decorrer da construção, totalmente de iniciativa privada. Quer dizer, o empresário ganhou da Administração Municipal uma área nobre de 8.000 m2.

Pelas fotos, a platéia convidada para a inauguração e coquetel, combinou com o cinema. Também tomada como Classe A na cidade

Como não se trata de um empreendimento industrial que proporcione arrecadação diferenciada e empregos, escola, hospital, cheche, e outros, houve discussões. 

Como doações de área caem na Câmara Municipal, aconteceu a tradicional festa numérica do Executivo.

Imagino que o extraordinário empreendimento de ensino, vizinho ao cinema, não tenha sido também agraciado com a doação da área. O que sido, mesmo em se tratando de uma iniciativa privada, entendível. Registre-se que somos gratos ao Colégio G9.  

Assunto encerrado.

Ou melhor, mais ou menos encerrado, não fosse o combativo Christian (Finauto) questionar, fotograficamente, a possível instalação de aparelho de ar-condicionado nos banheiros do Parque Municipal ( o tal banheiro de R$ 400 mil).  Um tsunami de comentários no facebook. 

Em termos de mídia, o jogo está empatado.

Garanto que este ano irei conhecer o cinema e parque. Avisarei antes para que sejam feitas e publicadas fotografias com a legenda, que tomo a liberdade de sugerir:

Crítico Curte Cinema (e parque)

Em tempo, apenas como curiosidade: Os vereadores independentes foram convidados ?

É a vida...

Viver é Perigoso   

O VELHINHO DE TAUBATÉ


Não está sendo fácil a separação. Alguns dos chamados intelectuais brasileiros, jornalistas, cronistas, entre eles, pessoas inteligentes, estão tendo sérias dificuldades em superar a derrota nas eleições. Bem, derrota até que aceitam, mesmo porque não tinham candidato a altura do seu ídolo Lula, mas a vitória da direita.

A perspectiva de que algumas das liberalidades conquistadas nos dezesseis anos de petismo sejam revistas, deve abalar e tira o sono.

Um deles, estiloso e que escreve bem e engraçado, está passando por maus momentos. Falo do premiado gaúcho Luis Fernando Veríssimo, que escreve há séculos no jornal "O Estado de São Paulo", que desde antes mesmo das eleições, vem numa choradeira danada. 

No pós-eleições, jamais uma sua crônica não deixou cair alguns baldes de críticas ao novo governo eleito.

Talvez careça que alguns amigos mais chegados lhe deem um toque.

Viver é Perigoso