segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

SOMOS SÓ FIGURANTES


Na verdade, deputados e senadores não têm o menor interesse que aconteça a prisão após a condenação na segunda instância. Praticamente todos eles passarão a correr um grande risco de irem mais rápido para a cadeia.

Esse oba-oba é devido a pressão popular, nas ruas e nas redes. Sabem que não irá adiante por interferência da meia-dúzia do STF que venceu recentemente a votação interna.

Todos sairão bem na fita. 

Deu hoje na imprensa:
  
"O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, afirmou, que o Congresso Nacional não pode mudar o entendimento da Corte sobre a prisão em segundo grau de Justiça.

De acordo com o ministro, a liberdade até trânsito em julgado é garantia prevista em cláusula pétrea, ou seja, que não pode ser alterada, nem mesmo por meio de emendas à Constituição.

A declaração do ministro ocorre na véspera da instalação, na Câmara dos Deputados, de uma comissão especial que vai analisar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) cujo objetivo é justamente regulamentar a prisão após condenação em segunda instância."

Estamos devidamente lascados.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: