sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

POIS É...


72 anos de vida observando razoavelmente os acontecimentos permite a gente saber alguma coisa. Mas às vezes acontecimentos e pessoas escapam do nosso conhecimento e no caso, foi uma falha lamentável.

Comentário anônimo feito hoje no post "Os Vigaristas" que tratava do calote cubano no BNDES.

Anônimo disse... (fora do contexto)

Ricardo Galvão, ex-diretor do Inpe e nascido na terrinha foi escolhido um dos maiores cientistas do mundo justamente por ir contra o que pensa seu presidente querido. não merece destaque nesse seu blog não?

13 de dezembro de 2019 16:45

O Zelador respondeu:

Confesso a minha ignorância. Não atentei para o fato e não sabia que o Sr. Ricardo Galvão era da terrinha. Vou procurar me informar.

Sobre o assunto:

Como todos, acompanhamos pela imprensa o usual pero do  Bolsonaro no caso das denúncias sobre o desmatamento da Amazônia. Acompanhamos as reações, bem como, a notícia sobre a exoneração do presidente do Inpe.   

Após ao "pai dos burros", Google, anotamos:

Ricardo Magnus Osório Galvão, nascido em Itajubá em 21 de dezembro de 1947 de 1947, é físico engenheiro formado em 1969 pela Universidade Federal Fluminense em 1969. Mestre pela Unicamp e doutor pelo MIT em 1976.

Professor da USP, onde é pesquisador do Laboratório de Física de Plasmas na área de fusão nuclear e é pesquisador do Laboratório de Física de Plasmas da USP, onde realiza pesquisas na área de fusão nuclear. O Dr. Ricardo Galvão é membro da Academia Brasileira de Ciências. 

Em 2016 ele assumiu a direção do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. 

No dia 19 de julho de 2019, o presidente Bolsonaro criticou publicamente Ricardo Galvão durante uma entrevista coletiva com a imprensa internacional.Em agosto o governo exonerou o Dr. Ricardo Galvão, que deixou o cargo, como não poderia deixar de ser, desabafando duramente. Disse ele:

"A primeira coisa que eu posso dizer é que o sr. Jair Bolsonaro precisa entender que um presidente da República não pode falar em público, principalmente em uma entrevista coletiva para a imprensa, como se estivesse em uma conversa de botequim."


Recentemente foi divulgado que o Dr. Galvão foi um dos dez especialistas escolhidos pela revista "Nature", referência da área, para o "Nature's 10", premiação anual para os destaques na ciência.

É a vida...

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

Esse Bozo-naro sempre recebe o troco que merece. Criticou e demitiu o físico e ele foi homenageado. Criticou a Greta e ela foi reconhecida como personalidade do ano. Só nos faz passar vergonha. Será que não aprende? eleitor decepcionado.

Anônimo disse...

Bozó é aquele jogador, que tendo meio campo sem adversarios (chutou fez gol), tropeça na bola.
Vamos pensar positivo:
Desde que Lula saiu, Bozo parou de fazer oposicao radical a seu proprio governo.