segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

CANTINHO DA SALA


Antonio Bandeira - Pioneiro no abstracionismo no País. Nascido em Fortaleza em 1922, tendo tomado o barco em Paris em 1967.

É um dos mais valorizados pintores brasileiros e tem obras nas maiores coleções particulares em museus do Brasil e do mundo.

Em 1945 mudou-se para o Rio de Janeiro. Em 1946 realizou a sua primeira exposição individual.

Contemplado pelo governo francês com bolsa de estudos, permanece em Paris de 1946 a 1950. De volta ao Brasil, em 1951 e apresenta-se na 1ª Bienal Internacional de São Paulo. Retorna a Paris em 1954 em razão do Prêmio Fiat, obtido na 2ª Bienal Internacional de São Paulo. Permanece na Europa até 1959, passando pela Inglaterra e Bélgica. 
Ao retornar ao Brasil tem uma atividade artística intensa, participa de importantes exposições, em paralelo a mostras em Paris, Munique, Verona, Londres e Nova York. Em 1961, edita um álbum de poemas e litogravuras de sua autoria. Volta a Paris em 1965, onde permanece até sua morte.

Exposição com 60 obras do artista será aberta amanhã e irá até o dia 1/3/2020, no MAM - Museu de Arte Moderna de São Paulo, no Parque do Ibirapuera, portões 1 e 3. De terça a domingo, das 10:00 às 17:30 horas (R$ 10,00). Sábado grátis.

Nos encontraremos lá.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: