domingo, 24 de novembro de 2019

ENQUADRADOS NO ARTIGO CESTO


Deu no Estadão, que levantamento feito pelo gabinete do sério ministro Luís Roberto Barroso mostra que quase 950 ações penais de tribunais superiores prescrevem em dois anos.

Bom, por falta de gente contratada não deve ser. Funcionários saindo pelo ladrão (êpa ! ). Tempo não deve ser curto. Meio expediente e duas férias por ano.

Desestímulo por poucos benefícios recebidos também não parece. Auxílios diversos à perder de vista.

Sei não...

Viver é Perigoso 

Um comentário:

Anônimo disse...

Seria interessante descobrir desses 950 quantos são da chamada turma "do andar de cima". causídico analógico