domingo, 27 de outubro de 2019

TEORIA QUÂNTICA



Ouvi a palavra "quântica"- vinda de Teoria Quântica, lá pelo início dos anos 70 na nossa Escola de Engenharia. Só ouvi e mesmo sem saber nada, guardei o nome pela sonoridade.

Fosse o professor o saudoso amigo José Milton Pinto - Mirtão, que precocemente tomou o barco, ele na certa diria, caminhando pela sala de aula caminhando por entre as carteiras, com as mãos cruzadas na costa a "la Georges Kallas" :

" Essa questão, face as complexidades de que reveste, foge ao escopo do nosso curso, razão pela qual passaremos apenas a enunciá-la:

Esta semana lemos pasmados pelo anúncio do Google do Projeto do Computador Quântico. Uma máquina que pode realizar em 200 segundos, uma operação que levaria 10.00 mil anos no supercomputador clássico mais potente do mundo.

Ah ! e tem um brasileiro entre os 76 pesquisadores do Google: o físico mineiro, de Belo Horizonte, Fernando Brandão, que também é guitarrista de jazz. Também, os pais são professores universitários, ele de literatura e língua grega e ela de filosofia.

Formado pela UFMG e doutor e pós-doutor pelo Imperial College de Londres, instituição com 15 vencedores do Prêmio Nobel. Hoje é professor da Divisão de Teoria Física, Física e Matemática e Astronomia da Caltech - California Institute of Technology .

Em tempo:

Teoria quântica é a teoria física baseada na utilização do conceito de unidade quântica para descrever as propriedades dinâmicas das partículas subatômicas e as interações entre a matéria e a radiação.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: