sexta-feira, 18 de outubro de 2019

SE A MODA PEGA



A ex-primeira-dama do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, esposa de Sérgio Cabral, teve a carteira de advogada cassada pela OAB/RJ.

A cassação se deu por decisão unânime da 11ª turma do TED da Ordem carioca ao considerar o fato de Adriana utilizar seu escritório, no centro do Rio, como uma das bases de operação do esquema ilícito comandado pelo ex-governador.

Em tempo, o Sr. Sérgio Cabral já recebeu condenações que somam 267 anos. Com essa "zona" criada pelo STF sobre 3ª e 4ª Instância, é capaz dele ser libertado e apelar (ad eternun) em liberdade.

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...


Na tarde de ontem, o site do jornal Itajubá Notícias (IN) noticiou o falecimento do professor Paulo César Guimarães. Baseado em fontes que a direção do jornal considerava confiáveis, e depois de confirmar com mais duas fontes, o jornal emitiu uma nota de pesar pela, então, passagem do ex-vereador e ex-deputado estadual, engenheiro da UNIFEI, professor Paulo César. Gostaríamos de nos desculpar por esse erro grosseiro – que, repetimos, foi baseado em fontes que considerávamos confiáveis – com os familiares, com os amigos e com os leitores. Na realidade, muito mais do que uma nota de pesar, era uma homenagem àquele que consideramos um exemplo de cidadão, educador e político, que felizmente continua entre nós. Mais uma vez a edição do IN se desculpa e informamos que a vigilância que sempre fizemos para garantir a autenticidade das notícias divulgadas pelo site do jornal, o mais acessado da cidade, será redobrada.

Atenciosamente,

Itajubá Notícias.

Anônimo disse...

Se a moda pega, eu heim🤘