segunda-feira, 14 de outubro de 2019

PROJETO FIM DA SUPERLOTAÇÃO

A bancada do STF, na próxima quinta-feira, deve contribuir para dar uma folga para os cofres públicos. 

Com a quase certa aprovação do "saidão", liberando das prisões os condenados em segunda instância (estima-se 170 mil beneficiados), elimina-se a necessidade de expansão e construção de novos presídios por esse Brasil afora.

Depois dessa ação, deve sobrar vagas.

Enquanto isso, ladrões de colarinhos brancos, estupradores, sequestradores, narcotraficantes, assassinos de toda natureza, assaltantes de toda espécie, voltarão a circular livres, leves e soltos.

Presume-se que os vetustos senhores do STF, não pretendiam liberar geral, mas tão somente os "parceiros". 
Mas pegaria mal, muito embora estejam lixando para esse "pegar mal".

Criativos como são, podem  acabar arrumando um jeito do "saidão" só valer para os condenados pela Lava-Jato.

Fica nítido que o problema mais premente do País não é a economia, saúde, segurança, etc. A bomba está no tal de Supremo.

Viver é Perigoso  

Nenhum comentário: