quarta-feira, 16 de outubro de 2019

OS CAPETAS DA BORDA


Surpresa ? nenhuma.
Os vereadores de Borda da Mata rejeitaram o projeto de lei para igualar seus salários ao de professores.

Proposta recebeu três votos a favor e 8 votos contra. Até o presidente (tucano) da Câmara, Sr. Benedito Delfino de Mira, que normalmente só votaria em caso de empate, fez questão de se manifestar contra a proposta de igualar os salários.

Cerca de 100 pessoas acompanharam a sessão e protestaram após o resultado da votação.

Em tempo, os vereadores fazem duas reuniões por mês e recebem R$ 3.061,80, enquanto o salário base dos professores é de R$ 1.598,58 para 25 horas semanais. 

Blog: Facinho, facinho de resolver. Guardem os nomes e os mandem plantar batatas nas eleições do ano que vem.

Viver é Perigoso

3 comentários:

Anônimo disse...

E o PC! Tomou o barco? 😔

Edson Riera disse...

PC

A notícia foi lida no site do IN. Deve ter acontecido uma desinformação. O Paulo está com enormes dificuldades na saúde, mas graças a Deus segue entre nós.

Zelador

Anônimo disse...

Exercício de cidadania. Já pensou uma proposta igual aqui na terrinha? Até dá para saber antecipadamente quem vota a favor e quem vota contra. observador da cena