quinta-feira, 31 de outubro de 2019

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


"Artista de muitas vozes, letrista de vários dos maiores clássicos do samba e da mpb, Paulo Cesar Pinheiro e um verdadeiro mestre da palavra, e aqui ele renova sua arte em novos campos, cativando o leitor com suas historias tao bem vividas que logo ficamos íntimos de cada personagem."

Uma das passagens mais interessantes do leve livro escrito pelo Paulo César Pinheiro é o seu depoimento acerca de um possível convite recebido para integrar a Maçonaria:

"Tentaram, por todos os meios, me fazer membro de sua loja, mas meu amigo Geraldo Vespar, que fazia parte da maçonaria desconversou os colegas, dizendo que pela obra que eu realizava, não precisava participar de nenhuma sociedade, mística ou não, porque minha músicas já pregavam uma mensagem positiva para o espírito da humanidade. Sabia ele da minha aversão por seitas, movimentos, turmas, entidades. Possuo uma alma anarquista e qualquer organização de poder me aprisiona. Nasci e vou morrer livre. Ninguém me governa. "

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: