quarta-feira, 23 de outubro de 2019

DEFINIDO


Pela quantidade de aparecimento em fotos postadas na Rede Social,  até em pequenos eventos públicos e sempre sorrindo, o Christian Gonçalves foi escolhido pelo prefeito como candidato a sua sucessão.

A luta nos bastidores para ser vice do Christian  está sendo chamada de"guerra de foice no escuro". Participando, vereadores leais, secretários e alguns estranhos no ninho. Aquele que conseguir atrapalhar menos na campanha leva o caneco.

Registre-se que não será fácil para o sempre gentil Christian encarar uma campanha como situacionista. Já deve ter firmado o compromisso com o prefeito para, caso seja vencedor, cumprir um mandato só. Bem como, manter elementos chaves nos postos. Entenda-se, "chaves" para o prefeito.  

Duríssimo será defender em debates, conversas e comícios, como foi bom para o povo o fechamento do Pronto Socorro da Santa Casa. Como justificará o avanço no aterro do Ribeirão Piranguçu. Como seguir fechando vagas de empregos na cidade padrão dos últimos 7/8 anos. Como justificar a canalização de quase totalidade dos recursos públicos no parque municipal. Como garantir que todos os questionamentos feitos nesses oito anos pelos vereadores, ministério público e outras autoridades seguirão sem os normais esclarecimentos. Como carregar nas costas os vereadores dependentes que não reeleitos exigirão cargos públicos remunerados. Como justificar a paralisação das obras do aeroporto e do laboratório de alta-extra tensão.

´Para os que exigem mudanças, ficará difícil aceitar que o Christian não foi parceiro leal de tudo o que aconteceu.  

Para tecer loas ao cinema e ao teatro o tempo será muito.

Não vai ser fácil. O Bilaquinho vai ter que anunciar alguma coisa grande.

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

Zé Lador,

Tanto é verdade essa escolha que a Secom é a mais nova secretaria totalmente integralisada na conta do vice. Para o bem do passado, presente e futuro do candidato o comando esta agora nas mãos de sua assessora de primeiríssima hora Talita de Lima Silva.

Anônimo disse...

Um minininho!