quinta-feira, 31 de outubro de 2019

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


"Artista de muitas vozes, letrista de vários dos maiores clássicos do samba e da mpb, Paulo Cesar Pinheiro e um verdadeiro mestre da palavra, e aqui ele renova sua arte em novos campos, cativando o leitor com suas historias tao bem vividas que logo ficamos íntimos de cada personagem."

Uma das passagens mais interessantes do leve livro escrito pelo Paulo César Pinheiro é o seu depoimento acerca de um possível convite recebido para integrar a Maçonaria:

"Tentaram, por todos os meios, me fazer membro de sua loja, mas meu amigo Geraldo Vespar, que fazia parte da maçonaria desconversou os colegas, dizendo que pela obra que eu realizava, não precisava participar de nenhuma sociedade, mística ou não, porque minha músicas já pregavam uma mensagem positiva para o espírito da humanidade. Sabia ele da minha aversão por seitas, movimentos, turmas, entidades. Possuo uma alma anarquista e qualquer organização de poder me aprisiona. Nasci e vou morrer livre. Ninguém me governa. "

Viver é Perigoso

O CAMPO DE AVIAÇÃO



Vez por outra voltam as conversas sobre a construção do Campo de Aviação de Itajubá. Sim,  já existiram dois, na mesma região e conhecidos como Campo de Aviação. Conheci os dois. O primeiro quando aconteceu um show de paraquedistas na terrinha. Fui assistir com o meu pai e presenciei o socorro a um dos paraquedistas que ficou enroscado em um pé de Eucalipto. 

No segundo, estive muitas vezes acompanhando o pouso e decolagem de teco-tecos e outras aeronaves maiores. Moleque, na Boa Vista, é claro, atravessa o Rio Sapucaí a nado nos fundos do antigo campo do Vasquinho e já estava na cabeceira da pista.

Sinceramente ? Penso que hoje a construção de um aeroporto em Itajubá não é prioritária. Só deve seguir adiante face ao estágio de construção que atingiu. Burrice não terminar, mesmo porque foi um compromisso do governo do Estado com a Helibrás, que precisará de uma área para pouso, decolagens e testes de para seus helicópteros pesados e quem sabe, uma vez que a empresa pertence ao Grupo Airbus, atender os interesses da empresa na manutenção de outras aeronaves.

A grana está curta em todas as esferas e duvido muito que algum recurso seja direcionado para a conclusão das obras. E não estamos tratando só da pista. Existe uma linha de transmissão para ser removida e o mais complicado e pouco citado: a possível necessidade de desbaste do topo de um morro existente lá pelas bandas do Novo Horizonte. 

A aviação comercial, às duras penas, sobrevive em termos regionais. E nesse aspecto já estamos razoavelmente servidos.

Pensando alto, a grana necessária a ser desembolsada seria melhor aplicada na duplicação da Rodovia BR-459 - trecho Itajubá/Pouso Alegre, ou mesmo na construção da Rodovia Itajubá/Campos do Jordão. Mas...

Viver é Perigoso  

JÁ FOI PIOR


No dia 19 de agosto de 1961, fazendo uma escala em Brasília, vindo de uma tumultuada conferência realizada em Punta del Este - Uruguai, o Ministro da Industria e Comércio de Cuba, o argentino Ernesto Che Guevara, foi condecorado pelo Presidente da República do Brasil, Sr. Jânio Quadros, com a Grã Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul.

Simultaneamente, no Rio de Janeiro, o Governador Carlos Lacerda, homenageava o principal líder anticastrista, Sr. Manoel Verona, que tinha sua base de atuação em Miami, com a entrega da "Chave do Rio de Janeiro".

Na verdade, como foi uma cerimônia de improviso, o Sr. Guevara recebeu apenas uma faixa provisória. O diploma e a medalha nunca lhe foram entregues.

No dia 25 de agosto, uma semana após, o Sr. Jânio Quadros renunciou à presidência da República.

Em sete meses de governo (havia tomado posse no dia 31/1/1961, o Sr. Jânio tomou importantes medidas, sempre utilizando "bilhetinhos" como meio de comunicação. O Twitter é coisa recente.

Proibiu o uso de biquínis em praias e piscinas em todo o território nacional.

Proibiu corridas de cavalo em dias de semana

Proibiu a venda e o uso de lança-perfume

Proibiu brigas de galo

Etc...

Em tempo, o meu pai e quase todos os meus tios, quando da eleição, foram janistas e a Padaria Boa Vista foi um dos centros de distribuição de material de propaganda política, com caixas e mais caixas de vassourinhas douradas para fixação nas roupas.

Como muita gente, estive no Campo de Aviação de Itajubá para receber em visita de campanha o Jânio, que chegou em um barulhento DC-3.

Viver é Perigoso 

APAVORANDO A NAÇÃO


Viver é Perigoso

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

CANTINHO DA SALA


A Persistência da Memória, como todos sabem, é um quadro do pintor surrealista Salvador Dalí. A tela foi produzida em 1931. Tornou-se um dos quadros mais famosos da história da arte.

A obra está exposta no Museu de Arte Moderna (MoMa), em Nova York, desde 1934.

Perdi, ou melhor, ganhei um tempão apreciando a obra de Dalí. Sinceramente ? me emocionei.

Como escreveram: o resultado é uma arte simbólica, cheia de elementos que saem da racionalidade, despindo objetos cotidianos da sua lógica convencional.

Viver é Perigoso

FÚRIA

Viver é Perigoso

O IMPÉRIO GLOBO


Estaria faltando com a verdade se afirmasse que não vejo a Globo. Vejo sim, as corridas de Fórmula I, claro que tirando o som. Há séculos não assisto mais nada nem de passagem em frente a televisão, mesmo porque, se não estou em casa estou na casa dos meus filhos, que também não sintonizam a emissora.

No meu caso pela constante estratégia de tentar, mesmo que subliminarmente, de acordo com os seus interesses, fazer a cabeça do expectador. No caso dos meus filhos, creio que é por cuidado com a formação das crianças.

Lembrando que em priscas eras, ainda adolescente na Boa Vista, é claro, a tímida participação em manifestações estudantis contra o famoso acordo "Globo-Times Life.

Poi bem, vamos lá:

O Grupo O Globo tinha rádios e jornais e não televisão.

Roberto Marinho obteve de Juscelino Kubitschek e de João Goulart a concessão das duas emissoras que serviriam de embrião para a Rede Globo. Como não tinha como colocá-las no ar, uniu-se ao grupo Time-Life. Em troca de 49% de participação no negócio, a empresa americana gastou cerca de 5 milhões de dólares para construir e aparelhar o estúdio da estação, no Rio. Isso aconteceu em 1965.

Na época foi até formada até uma CPI para investigar o acordo.

Em 1969, Roberto Marinho rompeu a associação com Time-Life, e comprou dos americanos os estúdios da emissora. Fez um empréstimo de 3,8 milhões de dólares junto ao Citibank, avalizado pelo Banco do Estado da Guanabara, e deu como garantia todos os seus bens.

Identificado com o ideário dos governos militares, Roberto Marinho os apoiou com entusiasmo. Dos generais presidentes, teve maior contato com Castelo Branco, a quem considerava um estadista. 

O apogeu da influência de Roberto Marinho no Planalto se deu durante a Nova República.

"Eu brigo com o ministro do Exército mas não com o Roberto Marinho", dizia Tancredo Neves, que o consultou na nomeação do ministro do Exército, Leônidas Pires Gonçalves, e colocou no ministério das Comunicações um seu amigo, Antonio Carlos Magalhães.

Já no meio do mandato, José Sarney fez com que Mailson da Nóbrega fosse sabatinado e aprovado por Roberto Marinho antes de colocá-lo no Ministério da Fazenda.

(informações Mário Sérgio Conti)

Viver é Perigoso  

ATÉ JÁ DEIXOU DE SER NOTÍCIA

Viver é Perigoso

terça-feira, 29 de outubro de 2019

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE


O Professor Paulo Cesar foi deputado estadual e mais, líder do governo Newton Cardoso na Assembléia Constituinte Mineira. 

Ao lado do governador, a grande liderança de Itamonte, Sr. Jonas Pezzo Costa, que inclusive deu nome para o trecho da BR-454 entre Caxambu e Itatiaia. A foto foi me presenteada pelo Pastor Junior, marido da Joana Riera e neto querido do Sr. Jonas. 
Com a construção da Rodovia Presidente Dutra (1941), o Sr. Jonas passou a integrar o quadro de motociclista da Polícia Rodoviária Federal e batedor nos deslocamentos do Presidente da República.

Viver é Perigoso

AQUI JAZZ



Curiosidade: Senti muito frio em Chattanooga, no Tennesse, lá pelo fim dos anos 90. Corri para comprar um casaco em Atlanta que fica bem próximo. Tenho-o até hoje.

A música, de Harry Warren e Mack Gordon, foi gravada por Glenn Miller e orquestra em 1941. A história de Chattanooga foi muito voltada para trens. Na época de ouro das ferrovias, considerando a sua situação como importante entrada para o Sul do País, foram construídas 14 vias, onde chegaram a circular, diariamente, 68 trens.

A Estação de trens transformou-se no Hotel Chattanooga Cho Cho. 

Viver é Perigoso

O COMEÇO


A internet que conhecemos é a evolução do projeto de rede Arpanet, iniciado nos Estados Unidos em 1966, e que deu o seu primeiro sinal de vida em 29 de outubro de 1969, ás 22:30 horas, quando dois computadores diferentes e distantes entre si trocaram a primeira mensagem.

A Arpanet foi desenvolvida com recursos do Departamento de Defesa norte-americano, mas rapidamente redes acadêmicas passaram a integrá-la. A Arpanet foi considerada definitivamente desligada em 28 de fevereiro de 1990.

Vint Cerf (um dos fundadores da internet) escreveu um tocante "Réquiem para a Arpanet"

"Foi a primeira e, sendo assim, também a melhor, mas vai agora descansar para sempre. Detenha-se comigo e derrame algumas lágrimas. Em seu canto de cisne, por amor, por anos e anos de serviço bem feito e fiel, eu choro. Deite seu último pacote agora, amiga, e durma. "

(extraído do texto do Demi Getschko)

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Josephine
Viver é Perigoso

FALOU E DISSE :


Falou e disse o pastor batista americano, Adrian Pierce Rogers num sermão proferido em 1984. O pastor Rogers veio a tomar o barco em 2005.

"É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Por cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber. O governo não pode dar para alguém aquilo que tira de outro alguém. Quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação. É impossível multiplicar riqueza dividindo-a.? "


Adrian Rogers


Viver é Perigoso

COMENTÁRIOS


Nos últimos tempos, muitos dos comentários publicados no Blog Viver é Perigoso, têm sido claros, lúcidos e mostram vivência e conhecimento. Pena que os comentaristas não se identificam. Mas entendemos perfeitamente.

Está acontecendo o que esperávamos. Os comentários têm sido superiores aos posts objetos da observação, muito embora o ponto de vista possa ser divergente.

Recomendamos aos leitores do "Viver é Perigoso" que atentem para os comentários e aos comentaristas fica a sugestão de adotarem um codinome, como temos os "colega de 87", "observador de cena" e outros que provocam a discussão.

Ah ! que falta faz o comentarista Laissez Faire que nos ensinou muito com os seus comentários. Sempre tive vontade de conhecê-lo.

Em tempo, após alertado pelo amigo e comentarista Luciano, registramos nossa admiração pelos comentaristas que se identificam.   

Vamos passar a replicar os comentários/análise como posts.

Viver é Perigoso  

KIRCHNER E FERNÁNDEZ


Viver é Perigoso

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE


Dez dias longe da terrinha e duas enormes lacunas. Georges Kallás e Paulo César. Como uma imagem pode dizer infinitas vezes mais do que palavras. Fotografia publicada pela Bárbara Kallás equivale a uma enciclopédia. Georges no caminhar que ficará marcado na história de Itajubá.

Viver é Perigoso

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

domingo, 27 de outubro de 2019

POIS É...


Vez por outra é interessante olhar para trás e ver onde equívocos foram cometidos. É o caso da absurda interrupção do Projeto Tecnópolis, desenvolvido pelas forças vivas municipais no final dos anos 90, quando da primeira administração Chico Marques.

Foi um momento único, quando tudo o vemos agora em termos de desenvolvimento baseado na ciência e tecnologia. Itajubá se preparando para o grande salto e por razões políticas teve interrompida sua corrida.

O resultado aí está. Tentativas de buscar o tempo perdido. Impossível de acontecer. Resta-nos tentar amainar as inexoráveis perdas.

Escrevendo após ouvir (dica de um comentarista anônimo) a entrevista do Professor Dagoberto Almeida, Reitor Professor da nossa Escola no Programa Jovem Pan News, ao jornalista Augusto Nunes.

O tema não poderia ser outro (Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento). 

Duro ouvir o Senhor Reitor afirmar, e com toda a razão, que tecnologia é uma questão de Estado e não uma questão de Governo. Óbvio ululante, diria o Nelson Rodrigues.

Não podemos jamais deixar acontecer a tragédia ocorrida Itajubá, quando o extraordinário Projeto de Desenvolvimento Itajubá -  Tecnópolis, foi tratado como um projeto de governo, no caso, da administração Chico Marques, e não como um projeto de desenvolvimento do município e região.

Foi bruscamente interrompido pelo grupo que se encontra desde então à frente do governo local.

Impossível de se seguir adiante nesses tempos. Ainda bem que professores da nossa Escola e empresários da cidade convenceram os administradores públicos sobre a necessidade dramática de um retorno ao caminho abandonado. 

Resumindo: Todos caíram na real. Aí estão as iniciativas, recentemente, tomadas.

Seguem com dificuldade, por paradoxal que seja, por falta de forte apoio político externo. 

Não sei em que Fórum, mais um dia terão que prestar contas sobre o assassinato do Projeto de Desenvolvimento.  Com certeza, no interior de suas consciências.

É a vida...

Viver é Perigoso  

COMPROVEI !


A Startup, "Comprovei" - Foi fundada em 2015 pelos engenheiros Halley Takano e Ricardo Miura, graduados na Universidade de São Paulo,  os sócios decidiram levar sua ideia de negócio para um programa na Incubadora de Empresas e Base Tecnológica de Itajubá.
 
A incubação de três anos se iniciou em 2013. No processo, os engenheiros passaram de um modelo de negócio focado no motorista (como fazem as startups CargoX e TruckPad) para focado nas empresas que enviam ou recebem as encomendas (chamadas de “embarcadoras”). 

No último ano do programa, em 2015, Takano e Miura fundaram a Comprovei. O negócio recebeu um aporte de 350 mil reais por dois investidores anjos, os hoje sócios Gustavo Padial e Weber Oliveira.

A sede da empresa continua em Itajubá, com 20 funcionários. 

Desde Itajubá (MG), esta startup organiza 3 milhões de entregas por mês, por meio de 70 mil motoristas, em duas mil cidades em todos os estados brasileiros. São 60 embarcadores ativos de médio e grande porte, como a química BASF, a alimentícia Catupiry e a empresa de papel e celulose Suzano. 

A startup de logística recebe uma comissão que varia de acordo com o volume de entregas, mas costuma ir de 0,50 a 0,80 centavos por pedido. Tem um feito raro entre as startup: o equilíbrio entre receitas e despesas, ou break even, foi atingido em 2017. 

No último ano, a Comprovei viabilizou 28 milhões de entregas e faturou 2,7 milhão de reais. Para 2019, o empreendimento projeta um faturamento de 4 milhões de reais e 3,6 milhões de entregas mensais. Em 2020, o plano é faturar 6 milhões de reais e realizar 5 milhões de entregas mensais.

A Comprovei foi reconhecida como a startup de logística mais inovadora no ranking da rede 100 Open Startups sobre as startups brasileiras mais desejadas pelas empresas. No ranking geral, que selecionou as 100 startups de diversas áreas de atuação, ficou classificada na quinta posição.

A sede da empresa continua em Itajubá, com 20 funcionários. 

Dica de comentarista anônimo do Blog - Reportagem completas no endereço  https://exame.abril.com.br/pme/.

Viver é Perigoso

TEORIA QUÂNTICA



Ouvi a palavra "quântica"- vinda de Teoria Quântica, lá pelo início dos anos 70 na nossa Escola de Engenharia. Só ouvi e mesmo sem saber nada, guardei o nome pela sonoridade.

Fosse o professor o saudoso amigo José Milton Pinto - Mirtão, que precocemente tomou o barco, ele na certa diria, caminhando pela sala de aula caminhando por entre as carteiras, com as mãos cruzadas na costa a "la Georges Kallas" :

" Essa questão, face as complexidades de que reveste, foge ao escopo do nosso curso, razão pela qual passaremos apenas a enunciá-la:

Esta semana lemos pasmados pelo anúncio do Google do Projeto do Computador Quântico. Uma máquina que pode realizar em 200 segundos, uma operação que levaria 10.00 mil anos no supercomputador clássico mais potente do mundo.

Ah ! e tem um brasileiro entre os 76 pesquisadores do Google: o físico mineiro, de Belo Horizonte, Fernando Brandão, que também é guitarrista de jazz. Também, os pais são professores universitários, ele de literatura e língua grega e ela de filosofia.

Formado pela UFMG e doutor e pós-doutor pelo Imperial College de Londres, instituição com 15 vencedores do Prêmio Nobel. Hoje é professor da Divisão de Teoria Física, Física e Matemática e Astronomia da Caltech - California Institute of Technology .

Em tempo:

Teoria quântica é a teoria física baseada na utilização do conceito de unidade quântica para descrever as propriedades dinâmicas das partículas subatômicas e as interações entre a matéria e a radiação.

Viver é Perigoso

GRANDE GUZZO !

Viver é Perigoso

PANORAMA VISTO DA PONTE


Pesquisas realizadas para as eleições municipais do próximo ano, apresentando ao consultado uma listagem dos prováveis candidatos têm dado sempre o nome do Dr. Ricardo Mello na dianteira, com confortável vantagem.

Até então nenhuma surpresa. 

No cenário de hoje, possivelmente seria o nome do grupo oposicionista que anda conversando na cidade. Segundo consta, dessas entabulações também tem participado o ex-prefeito Dr. Jorge, que do mesmo modo que o ex-prefeito Chico, manifesta sua vontade de não participar do pleito como candidato.

O Dr. Jorge poderia ser importante personagem no grupo oposicionista. Possivelmente não o será pelas ligações afetivas que o ligam ao já lançado candidato Dr. Bob, exceto se o candidato se compor, de uma forma ou de outra, com o grupo atualmente no poder. 

Para a situação já há séculos no poder na terrinha, o ideal seria que o Dr. Ricardo, o Dr. Bob e possivelmente mais um terceiro participassem do pleito, fazendo jus a máxima seguida por eles, de "dividir para ganhar". 

Em tempo, os importantes nomes da Leandra e do deputado Ulysses Gomes, participarão, pelo visto, como importantíssimos influenciadores.

Voltando ao Dr. Ricardo, naturalmente, pela sua personalidade, seu carisma, seu preparo e sua abnegação em atender os mais necessitados, apresenta-se sempre como um candidato natural.

Carece apenas de poder ter e registrar desde já os nomes, que em caso de vitória, o acompanharão no Administração. Por exemplo, contar com nomes como Chico Marques na Secretaria de Governo, Leandra no Social, Eng. Santi em Obras, Cleber Davi na Indústria e Comércio, um profissional médico para a saúde e claro, uma mulher empresária para o cargo de uma Vice-Prefeita participante (um nome já corre nos bastidores), seria meio caminho andado.

Precisamos de dirigentes com visão social acentuada.

Admito ter o sonho de ver o Dr. Advogado Marcelo Krauss como prefeito de Itajubá. Mas, é inegável que seria um dos melhores presidentes da Câmara Municipal da história da Câmara Municipal.
Votei no Krauss para vereador me sinto excepcionalmente bem representado. Uma pena eu não votar em reeleição.

Muita água ainda por passar debaixo da ponte.   

Oremos.

Viver é Perigoso

PORQUE HOJE É DOMINGO



Viver é Perigoso

sábado, 26 de outubro de 2019

LUCROS CESSANTES

Viver é Perigoso

MATERIAIS DE LIMPEZA


Anunciada a venda das instalações da antiga AFL situadas às margens da Rodovia Itajubá - Lorena, para a empresa de materiais de limpeza Industrias Reunidas Raymundo da Fonte, fabricantes dos produtos Brilux.

O grupo tem unidades fabris em Pernambuco, Salvador, Belém, Rio de Janeiro e no Ceará. 

Perspectivas de empregos na cidade, o que acontece em boa hora.

Cuidado especial na certa sob supervisão dos responsáveis pelo Meio-Ambiente do município: A empresa anunciada produz amaciantes, água sanitária e vinagre, entre outros importantes ítens. As instalações adquiridas estão às margens do Rio Sapucaí. Importantíssimo os investimentos no controle dos resíduos de fabricação.

Outro aspecto, mais como curiosidade, embora já seja do conhecimento de quase todos os itajubenses: Na área central do imóvel negociado existia (imagino que ainda existe) uma parcela de terreno tomada por resíduos radioativos originados pela tinta usada nos mostradores de relógios  fabricados no local pela antiga Hora Minas (calculado 100 anos para sua eliminação pela natureza). Outras indústrias que funcionaram no local, cuidadosamente, mantiveram o local isolado.

Bem vinda Brilux, ou Senhores da Raymundo da Fonte. Alertar faz parte.

Viver é Perigoso  

PANORAMA VISTO DA PONTE


Bom, por enquanto foi só o encaminhamento de uma emenda. Nas convenhamos, uma senhora emenda de R$ 55 milhões com recursos destinados para a conclusão das obras do Aeroporto de Itajubá. Conhecendo a situação do País sabemos que muita água terá que passar debaixo da ponte até a liberação dos recursos.

Como acontece em Brasília, na certa foi o resultado da aprovação da Reforma Previdenciária Congresso. Mas...é vida. 

Muito claro a divulgação da Emenda ser feita pelo autor, Senador Carlos Viana, na companhia do Sr. Jean Luc Alfonsi, presidente da Helibrás, confirmando ser o aeroporto um compromisso com Estado para com a empresa. Bom para Itajubá.

Sai bem na fotografia o Dr. Bob, candidato já anunciado à Prefeitura de Itajubá pelo próprio senador Viana, atualmente no PSD.

O prefeito, seus assessores e seu candidato Christian devem ter tomado conhecimento da notícia, da mesma forma que nós meros mortais: pelo Facebook.

Vida dura para a candidatura do Christian, que embora continue batendo recordes de registros no facebook (na maioria em eventos de pouca ou nenhuma expressão), acaba sendo atropelado pelos possíveis R$ 55 milhões. 

Ponto para o Dr. Bob, que se fortalecerá à medida que deixar em segundo plano a promoção de shows musicais e focar seu discurso no desenvolvimento e principalmente na saúde.

Último detalhe: Foi citado na ocasião da divulgação da Emenda, que o aeroporto/Helibras poderia ser utilizado como base para manutenção de outros equipamentos da Airbus, que no momento anda ás turras, comercialmente, com a Boeing/Embraer.

Oremos.

Viver é Perigoso

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

STF REAQUECE O MERCADO PARA ADVOGADOS ESTRELAS


O fim da regra que prevê prisão após condenação em segunda instância não levará felicidade apenas aos facínoras que clamam por impunidade. Felizes também estarão seus defensores “os mais brilhantes e caros advogados do País”, que devem multiplicar suas fortunas com ações para abrir as portas da cadeia à fina flor da bandidagem nacional. 

Eles próprios estimam “bandeirada” de R$3 milhões para cada caso relevante.

Diário do Poder

Viver é Perigoso

BLÁ...BLÁ...BLÁ...

Viver é Perigoso

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

RAINHA DO "SAIDÃO"

Dona Rosa
Viver é Perigoso

ENORME VALOR SIMBÓLICO


O Valle de Los Caídos (em português: "Vale dos Caídos") ou Abadia de Santa Cruz do Vale dos Caídos é um memorial construído em 1940 por ordem do general e ditador espanhol Francisco Franco erguido entre 1940 e 1958, a cerca de 40 km de Madrid, no município de San Lorenzo de El Escorial, em memória dos nacionalistas mortos na Guerra Civil Espanhola.

O monumento tem a forma de uma grande basílica escavada em um monte rochoso, exibindo uma cruz em sua parte superior. É possível ter acesso à base da cruz, de 150 metros de altura, por meio de um teleférico.

O ditador espanhol Francisco Franco, que, apesar de não ser uma vítima da Guerra Civil, estava enterrado, até o dia de hoje, no Valle juntamente com outros 33 872 combatentes nacionalistas da Guerra Civil.

Oitenta anos depois do final da Guerra Civil, o Vale dos Caídos deixou de ser nesta quinta-feira, um monumento, um mausoléu de Estado para um ditador.

O ditador Francisco Franco foi exumado nesta quinta-feira (24) de seu mausoléu para ser enterrado no discreto de El Pardo-Mingorrubio, ao norte de Madri.

A exumação começou às 10h30 de uma manhã gelada (seis graus). O traslado dos restos de Francisco Franco, avalizado pelos três poderes do Estado, acontece exatamente há 43 anos, 11 meses e dois dias, após a ditadura ter se despedido dele com honras.

O General Franco, dirigiu a Espanha com mão de ferro entre 1939 e 1975 após sua vitória na Guerra Civil (1936-1939). Foram entre 200.000 e 400.000 os mortos pela repressão franquista. 

A retirada de seus restos mortais do espaço em que tentou se imortalizar tem um valor simbólico incalculável para a Espanha.

O General Franco, dirigiu a Espanha com mão de ferro entre 1939 e 1975 após sua vitória na Guerra Civil (1936-1939).

Viver é Perigoso

ROSA...ROSA !!!

Viver é Perigoso

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

DEFINIDO


Pela quantidade de aparecimento em fotos postadas na Rede Social,  até em pequenos eventos públicos e sempre sorrindo, o Christian Gonçalves foi escolhido pelo prefeito como candidato a sua sucessão.

A luta nos bastidores para ser vice do Christian  está sendo chamada de"guerra de foice no escuro". Participando, vereadores leais, secretários e alguns estranhos no ninho. Aquele que conseguir atrapalhar menos na campanha leva o caneco.

Registre-se que não será fácil para o sempre gentil Christian encarar uma campanha como situacionista. Já deve ter firmado o compromisso com o prefeito para, caso seja vencedor, cumprir um mandato só. Bem como, manter elementos chaves nos postos. Entenda-se, "chaves" para o prefeito.  

Duríssimo será defender em debates, conversas e comícios, como foi bom para o povo o fechamento do Pronto Socorro da Santa Casa. Como justificará o avanço no aterro do Ribeirão Piranguçu. Como seguir fechando vagas de empregos na cidade padrão dos últimos 7/8 anos. Como justificar a canalização de quase totalidade dos recursos públicos no parque municipal. Como garantir que todos os questionamentos feitos nesses oito anos pelos vereadores, ministério público e outras autoridades seguirão sem os normais esclarecimentos. Como carregar nas costas os vereadores dependentes que não reeleitos exigirão cargos públicos remunerados. Como justificar a paralisação das obras do aeroporto e do laboratório de alta-extra tensão.

´Para os que exigem mudanças, ficará difícil aceitar que o Christian não foi parceiro leal de tudo o que aconteceu.  

Para tecer loas ao cinema e ao teatro o tempo será muito.

Não vai ser fácil. O Bilaquinho vai ter que anunciar alguma coisa grande.

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA


Depois de ficar fechado por uns tempos para expansão e reforma, reabriu na segunda-feira (21) para o público, o Museu de Arte de Moderna - MoMA, em Nova York.

Com a ampliação, que custou cerca de US$ 450 milhões, o MoMA poderá exibir cerca de 2.400 obras de seu acervo por ano.

Está no MoMA a obra prima de Tarsila do Amaral "A Lua", adquirido pelo museu em fevereiro deste ano por USS 20 milhões e até hoje o maior valor pago por obra de um artista brasileiro.

Lembrando: O quadro "A Lua" foi pintado pela Tarsila do Amaral em 1928 e exposto pela primeira vez, na segunda exposição individual da artista, no mesmo 1928 na Galeria Percier. Nos anos 50, o médico Milton Guper e sua mulher Fanny Feffer o compraram diretamente de Tarsila.

Em breve nos encontraremos lá.

Viver é Perigoso




NOSSA ESCOLA


Assinatura do protocolo de intenção como parte da repactuação da parceria público-privada entre a Vale, Prefeitura e a universidade.

Para o reitor da Unifei, professor Dagoberto Almeida, a assinatura do protocolo representa um novo marco na história de Itabira. “O que estamos vivenciando hoje é uma nova fase do conhecimento e da pesquisa. As novas gerações irão se lembrar desse momento histórico que aqui agora está ocorrendo.”

Segundo ele, mesmo tendo a Unifei “expertise” na área de engenharia e tecnologia, isso não impede que cursos de outras áreas possam ser abertos, como o curso de medicina, cujo pedido de instalação em Itabira já foi protocolado no Ministério da Educação.

No Brasil e também em outras partes do mundo, existem universidades conhecidas como politécnicas, como é a nossa universidade, mas todo processo de evolução acaba se expandindo para outras áreas do conhecimento.

Em tempo: A instalação do campus da Unifei é tida como a principal estratégia para a diversificação econômica do município, o que inclui também o desenvolvimento de um parque científico e tecnológico, proposta que está atrasada em pelo menos dez anos.

Viver é Perigoso

ENTREGANDO A RAPADURA


Nas últimas semanas, a Sociedade Mineira de Engenheiros (SME) debateu temas importantes para Minas e para o País. Um dos convidados foi o engenheiro Olavo Machado, ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Disse o Sr, Olavo sobre o Laboratório de Itajubá:

O Laboratório de Inovação Itajubá estava viabilizado. Mas não foi para frente. 
Minas não deixou ele ficar aqui. 
Para onde ele vai? Não sei. A Unifei está lutando muito. 
Esse é um grande problema. Minas está perdendo investimentos. 
Os outros estados estão se preocupando mais que Minas com esse tipo de equipamento.

Viver é Perigoso

ENQUANTO ISSO...


A Vale confirmou o repasse de R$ 100 milhões para mais uma fase de ampliação do campus de Itabira, da Universidade Federal de Itajubá (Unifei).

O protocolo de intenção foi assinado entre a mineradora, a prefeitura e a instituição de ensino durante o primeiro dia do Fórum Itabira Sustentável – Educação e Inovação como caminho para a diversificação econômica, que vai até esta quarta-feira.

Os recursos garantirão a construção de três novos prédios da universidade, o que vai permitir ampliar a ofertas de cursos e, consequentemente, o número de alunos, induzindo o desenvolvimento tecnológico da região. De acordo com o prefeito, Ronaldo Magalhães, a expectativa é de que o projeto seja concluído em quatro anos.

Em comunicado à imprensa, a Vale completou que a iniciativa visa transformar o município em um polo de educação e inovação referência no Estado e que essa iniciativa contribuirá também para reduzir a dependência econômica do município com a mineração. 

O investimento nessas áreas é resultado de uma série de discussões e estudos do Grupo de Trabalho (GT), liderado pela Prefeitura de Itabira, para buscar alternativas de diversificação econômica.

Ainda conforme a mineradora, os valores serão repassados de forma gradual de acordo com cronograma de etapas que está sendo estruturado. O montante vai viabilizar a construção dos três prédios da Unifei, com salas de aula e laboratórios. 

Também foi assinado outro protocolo de intenção direcionado para o fomento dos programas de educação definidos pelo Hub de Educação e Tecnologia de Itabira. “A forma de implementação do recurso aos projetos educacionais está sendo discutida”, afirmou a empresa em nota.

Projeto – De acordo com estudos da própria Unifei, a ampliação da universidade, com a construção de três novos prédios, aumentaria a oferta de cursos duplicaria as vagas na graduação. O número de alunos saltaria de 2.250 para mais de 4 mil.

A expectativa é que em 2028 a universidade tenha 10 mil alunos, o que representaria um acréscimo de R$ 260 milhões anuais à economia da cidade. Atualmente, a Unifei possui 145 professores e 84 servidores técnico-administrativos distribuídos em nove cursos de graduação e cinco programas de pós-graduação.

Segundo a Vale, desde a implantação da Unifei em Itabira, a mineradora já destinou R$ 42 milhões para os laboratórios da instituição, buscando ainda fomentar programas e projetos relacionados à educação. 

Foram convênios assinados entre os anos de 2008 e 2012 para implantação dos laboratórios dos nove cursos de graduação em engenharia. A ampliação da parceria com Prefeitura e universidade vai aumentar a colaboração entre as partes e, consequentemente, a diversificação econômica do município.

Diário do Comércio

Viver é Perigoso

TOMATE...BERINGELA... A LARANJA

Viver é Perigoso

terça-feira, 22 de outubro de 2019

CARTA QUE NÃO RECEBI

Santiago, 22 de outubro de 2019

Caro Dad

Não é fácil estar em Santiago desde sábado, com atividades suspensas, com comércio com portas cerradas, recolhida nas dependências do hotel durante o dia todo, com toque de recolher à noite, e sem perspectivas de embarque de volta nos próximos dias.

Como se estivesse em Barcelona, Quito, Hong Kong, Beirute, Bagdá e Argel.

Rack

Viver é Perigoso

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

SOB A LUZ DE VELAS


Tudo o que muda a vida vem quieto no escuro, sem preparos de avisar.

Guimarães Rosa


Viver é Perigoso

NÃO ESCAPA UM



Alvo de buscas na Operação Grand Bazaar, deflagrada nesta segunda, 21, o deputado federal Sérgio Souza, do pmdb, é claro, foi relator da CPI que investigava irregularidades em fundos de pensão (desvio de recursos).

Apura-se se o deputado peemedebista recebeu propina para não incluir os ex-presidentes  da Postalis e Petros, senhores Antonio Carlos Conquista e Wagner Pinheiro na CPI

Viver é Perigoso