segunda-feira, 14 de outubro de 2019

MOMENTOS MÁGICOS



Dylan Marlais Thomas, "o poeta" - nasceu no País de Gales em 1914. Tomou o barco em Nova Yorque em 1953.

Do Not Go Gentle Into That Good Night”, sua obra prima, escrito em 1947, foi publicada pela primeira vez no jornal literário italiano Botteghe Oscure em 1951.

Este poema ficou mais conhecido ao público após ser dito várias vezes pelo Dr. John Brand no filme Interstellar, uma incrível produção de grandes aplausos no gênero da ficção científica.

Dylan Thomas, escreveu para o seu pai que estava profundamente doente e acabou morrendo logo depois. Nas palavras, ele tenta dizer, basicamente, para o seu pai lutar contra a morte a todo custo. Ele implora para resistir, enfrentar, lutar, não ceder à luz, não entrar na "noite acolhedora" com facilidade, pelo contrário, lute para viver.

Não entres nessa noite acolhedora com doçura,
Pois a velhice deveria arder e delirar ao fim do dia;
Odeia, odeia a luz cujo esplendor já não fulgura.

Embora os sábios, ao morrer, saibam que a treva lhes perdura,
Porque suas palavras não garfaram a centelha esguia,
Eles não entram nessa noite acolhedora com doçura.

Os bons que, após o último aceno, choram pela alvura
Com que seus frágeis atos bailariam numa verde baía
Odeiam, odeiam a luz cujo esplendor já não fulgura.

Os loucos que abraçaram e louvaram o sol na etérea altura
E aprendem, tarde demais, como o afligiram em sua travessia
Não entram nessa noite acolhedora com doçura.

Os graves, em seu fim, ao ver com um olhar que os transfigura
Quanto a retina cega, qual fugaz meteoro, se alegraria,
Odeiam, odeiam a luz cujo esplendor já não fulgura.

E a ti,meu pai, te imploro agora, lá na cúpula obscura,
Que me abençoes e maldigas com a tua lágrima bravia.
Não entres nessa noite acolhedora com doçura,
Odeia, odeia a luz cujo esplendor já não fulgura.

Viver é Perigoso

domingo, 13 de outubro de 2019

RAIVOSO, DESTEMPERADO E ATRÁS DE UM CARGO PÚBLICO


" Sérgio Moro é um politiqueiro absolutamente desonesto e é uma mancha grave no Poder Judiciário, além de ser muito despreparado. Sérgio Moro é analfabeto funcional de matéria de direito."

Ciro Gomes (paulista de Pindamonhangaba que, por razões políticas, vive disfarçado de nordestino. 

Blog: Será que recebeu vacina em agosto ?

Viver é Perigoso

CANONIZAÇÃO

Viver é Perigoso

É NÓIS MANO !


CIDADES MINEIRAS ASSUMEM A EMISSÃO DE LICENÇAS AMBIENTAIS

Ao todo, 100 municípios de Minas Gerais estão aptos para licenciar, na área ambiental, empreendimentos de pequeno e médio portes, batendo a meta definida para este ano. As informações são da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

Com isso, a expectativa é de que todo o Estado receba mais investimentos e que as cidades tenham mais um atrativo para oferecer para aqueles que pretendem se instalar nesses locais.

Mais de 200 atividades estão liberadas para que os municípios possam expedir o licenciamento, com a condição de que sejam de baixo impacto ambiental. A lista conta com empreendimentos de extração de areia e argila, postos de gasolina, entre outros.

Ele lembra, por exemplo, que mais empresas instaladas nas cidades em um período menor de tempo faz com que mais empregos sejam gerados no município, que a qualidade de vida aumente e que cresçam as arrecadações tanto estaduais quanto municipais.

“Quando o Estado faz o licenciamento de um empreendimento, ele entra em uma fila. No entanto, nos municípios, torna-se prioridade, pois, para as cidades, não é ‘mais um’, mas, sim, ‘o empreendimento’”, afirma ele, destacando a maior celeridade dos processos.

Posicionamento – Para o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), primeiro vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e prefeito da cidade de Moema, Julvan Lacerda, a medida, por um lado, é boa, uma vez que desburocratiza os processos. Além disso, leva mais desenvolvimento às cidades e gera mais investimentos tanto públicos quanto privados.

Por outro lado, lembra ele, em um universo de 853 municípios, ainda há muitos que não têm “capacidade técnica e gerencial” para ficarem à frente dos processos e nem condições de ter um órgão ambiental capacitado, com técnicos próprios ou em consórcio, o que é uma exigência do Estado.

Viver é Perigoso

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

CRIANÇA

Viver é Perigoso

MANCHETE DO JORNAL


Pensando bem, em 72 anos jamais fui convidado para, sequer, assistir a uma reunião de clubes de serviço e participar de alguma irmandade. Tenho respeito por todos, admiro e desfruto de grandes amizades no meio.

Sei que antes de alguém ser convidado, naturalmente o nome deve ser submetido a uma análise interna. Certo e normal.

Falando sério: na certa não devo ter características que pudessem dar origem a qualquer convite. Agora é tarde.

É a vida em sociedade.

Viver é Perigoso       

CANTINHO DA SALA

Paul Klee - 1917.
Viver é Perigoso

POIS É...


Notícias dão conta que tribunais de justiça no País já reconhecem as Varas de Família como competentes para julgar os casos que envolvem os animais. Nas separações de casais, quando existe "pet na família", pode ser discutida a guarda e a visita, bem como direito a pensão.

Aliás, recenseamento recente  (2018) estima que a população de pet brasileira tinha 139,3 milhões de animais, com a projeção de movimentar em 2019, R$ 36,2 milhões. Uma festa para clínicas, pet shops, creches, adestradores, passeadores, babás, nutricionistas, hotéis, padarias, confeitarias, buffet para bichos, spas, resorts e funerárias.

O brasileiro médio gasta de R$ 247 até R$ 425 mensais com cachorros. Com gatos a despesa mensal média é de R$ 295.

Interessante: a população de gatos vem aumentando e julgam que esse crescimento vem sendo creditado ao envelhecimento da população.

Em tempo, nada contra, mas não temos em casa, cachorros e nem gatos.

Fonte: Uol

Viver é Perigoso 

CLARIN DA BOA VISTA - MODA

O termo "Vale do Silício" foi usado a primeira vez em 1971, num artigo publicado na revista Eletronics News. Estive em San Jose em meados dos anos 90. O interesse era puramente comercial por um componentes utilizados em antenas parabólicas.

Confesso que não consegui entender muito o que já acontecia por lá, mas para quem chegou usando paletó e gravata, foi um certo choque.

Primeiro, nos empreendimentos industriais já não existiam escritórios fechados e aquele costume de hierarquia brasileiro. Salão despojado e todas as mesas instaladas no mesmo ambiente. Gostei e de volta ao Brasil, em empresas que trabalhei, o mesmo estilo foi empregado. Hoje, até a diretoria do Bradesco trabalha junta na mesma sala. Melhor, mais transparente e produtivo.

Ainda lá mesmo mudei o jeito de me trajar, o que vem me seguindo pela vida toda e dizem que virou mania. Mas não. Confortável, custos acessíveis e longuíssima duração. Quanto mais usado melhor.

Nos pés, sapato Rockport, simples e jeitoso, fabricado em Massachussetts desde 1971. Custa menos de US$ 100 e dura de três a cinco anos. Usam no trabalho, em festas e em velórios. Também nos pés, longe do trabalho, imprescindível o chinelo alemão Birkenstock, produzido desde 1774. Do mesmo, dura uns 5 anos e por ser importado (lá), sai em qualquer loja por US$ 80.

Camisas simples de algodão puro. Cores sóbrias (p&b), por US$ 20.

Foi o jeito que trouxe de vestir que trouxe de lá e serve em qualquer ocasião é local. Um relaxado chique.

Ah! consegui também fazer o negócio com  a peça eletrônica procurada.

Viver é Perigoso    

CANANIZAÇÃO

Viver é Perigoso

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

SOB A LUZ DE VELAS


"Em tempos de engano universal, dizer a verdade é um ato revolucionário"

George Orwell

Viver é Perigoso

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Marilyn Monroe
Viver é Perigoso

O QUE ESTÃO ESPERANDO ?


O que os Senhores Vereadores estão esperando para acontecer a apresentação de um Projeto Lei dando o nome de Avenida Dr. Rosemburgo Romano ao chamado Sambódromo e oficialmente Av. dos Ferroviários ? Por unanimidade, é claro.

Foi o Dr. Rosemburgo o idealizador da importante via, que por sinal, liga a Boa Vista ao Morro Chic, os dois bairros onde viveu com sua família, o criador da Faculdade de Medicina de Itajubá e do Hospital de Itajubá. Prefeito do município por dois mandatos e Deputado Federal.

Como transitam pela  região, em decorrência da proximidade com o terminal rodoviário e o próprio Hospital Municipal, é importante que fique registrado para os visitantes em circulação, o nome do grande desenvolvimentista e benfeitor.

Nenhum desrespeito aos antigos ferroviários da Rede Mineira Viação, uma vez que quase todos e os seus familiares foram objetos da atenção do Dr. Rosemburgo.

É pouco, mas é um registro de reconhecimento.

Viver é Perigoso    

ULYSSES NA OPOSIÇÃO


Depois de longos anos na situação, o deputado petista itajubense, Ulysses Gomes, ocupando a posição de líder da minoria na Assembleia Mineira, acompanhado de companheiros, protocolou  ontem, três representações contra o governador Zema.

1 - Possíveis irregularidades na cessão do Palácio das Mangabeiras para a realização da CasaCor 

2 -  Nomeação de Rodrigo Paiva para a presidência da Prodemge 

3 - Contratação, sem licitação, da empresa Rothschild & Co. Brasil para prestar assessoria financeira ao governo, a um custo de R$ 11,4 milhões, durante 24 meses.

Líder da minoria na ALMG, Ulysses Gomes (PT) criticou os lucros obtidos com a realização da CasaCor no Palácio. “Após dois dias de cessão do palácio para a Codemge, esta transfere por 42 meses a concessão do palácio, sem pagamento de aluguel, para a empresa CasaCor administrar e fazer celebrações. No primeiro evento que fez, a previsão era de 70 mil pessoas, com tíquetes vendidos a R$ 60. Só de entrada foram mais de R$ 4 milhões, fora as vendas internas. Ou seja, assusta a todos o privilégio que essa empresa tem”, afirmou.

No caso da presidência da Prodemge, o deputado diz que Rodrigo Paiva não deveria ter assumido o cargo, por ter sido candidato ao Senado em 2018. 

Já com relação ao acordo entre o governo e a Rothschild, firmado por meio da Codemge, o petista disse que o contrato social da estatal não prevê a possibilidade de se assinar um termo dessa natureza. “Quem está interessado em vender seu patrimônio e deve, talvez, contratar um estudo é o Estado, e não uma estatal vinculada”, afirmou.

Em tempo, o governo já deu respostas aos questionamentos.

Concluindo: Vida de opositor não é "bolinho". Mas o nosso conterrâneo cumpre o seu papel. Anda faltando se manifestar, mais incisivamente, sobre a política da cidade e as perspectivas do seu partido para as eleições municipais do ano que vem.

Viver é Perigoso

POLUIÇÃO


Viver é Perigoso

terça-feira, 8 de outubro de 2019

DURO AO EXTREMO


Bom ter por perto e reler sempre os 98 artigos escritos pelo terrível jornalista Paulo Francis  e publicados na Folha de São Paulo, no período de 1990.
Os artigos estão no livro "A segunda mais antiga profissão do mundo", lançado em 2016.

São 98 artigos para se ler sem pular nenhum.

Hoje me chamou a atenção o primeiro e devastador parágrafo inicial  do artigo "Diário da Corte" (24/2/1980) -página 124.

" Um odor fedebundo me está impregnando as narinas. É um odor peculiar às assessorias de políticos e dos próprios políticos. É um cheiro de esbórnia, de safadeza, de olhares furtivos, de golpes contra a bolsa do público. Estou falando em geral e não darei mais explicações sobre políticos brasileiros, mas o cheiro é universal "

Blog: Opinião atual, com a qual concordo, desde que, aplicada ao políticos profissionais.

Viver é Perigoso

MARAVILHA !


A Câmara dos Deputados da Itália aprovou nesta terça-feira uma redução de um terço no número de parlamentares nas duas Casas do Congresso.

A medida integra um pacote de mudanças proposto pela reforma constitucional.

Com a alteração, a Câmara passará a ter 400 deputados (são 630 atualmente) e o Senado contará com 200 (hoje, são 315).

A proposta foi aprovada com 553 votos favoráveis e apenas 14 contrários, além de duas abstenções.

Segundo os parlamentares, a medida deve gerar uma economia de cerca de 500 milhões de euros por legislatura. Ela deve começar a vigorar a partir das eleições de 2023.

(deu no O Antagonista"

Blog: Claro que não acontecerá nunca no Brasil, mas uma reforma nos mesmos termos no País, o número de senadores hoje 81 (3 por Estado/DF) cairia para 54, o que seria normal. O número de deputados (hoje 513), cairia para 342.
Não perderíamos em nada, muito pelo contrário.

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



"Una casa in cima al mondo". É uma música italiana de 1966, composta por Vito Pallavicini e Pino Donaggio

A música foi lançada na 16ª edição do Festival de San Remo, com a dupla apresentação de Pino Donaggio e Cláudio Villa, ficando em quarto lugar.
 
Em primeiro lugar ficou "Dio, come ti amo", com Gigliola Cinquetti e Domenico Modugno.

Viver é Perigoso

FALOU E DISSE !


"Ou o Brasil acaba com o corporativismo ou este acaba com o Brasil"

Roberto Campos

"Nos últimos 15 dias evidenciamos um grande movimento das corporações de preservar seus privilégios previdenciários e dos partidos populistas em atrasar a aprovação da reforma da Previdência no Senado. Simultaneamente, tentativa de dar um tiro de misericórdia no maior movimento de limpeza ética e moral do País, a Lavo Jato...

A era das escolhas fáceis ficou para trás, estamos num beco sem saída. Ou o Brasil acaba com estas “saúvas” ou elas acabam com o Brasil. Daí a importância de mobilizar o apoio dos mais variados segmentos da sociedade, especialmente dos formadores de opinião pública, para dar continuidade à atual agenda reformista. Urge, inclusive, a desmobilização do “Estado empresário”, com privatizações e concessões que estão programadas para o curto e o médio prazos. As estatais foram e devem continuar sendo as principais incubadoras para o emprego do cabide político e da corrupção...

Eventual retrocesso nesta agenda de reformas e ajuste fiscal nos colocará porta adentro de um pandemônio da política e da economia, com alto potencial de retomarmos o caminho de volta ao passado recente, semelhante ao trilhado por Venezuela e Argentina."

Nathan Blanche

Viver é Perigoso

MATRIZ OU FILIAL


É comum atribuir-se a Lupicínio Rodrigues a autoria de “Matriz ou filial” um autêntico samba canção “dor de cotovelo”. Sim, afinal a música foi lançada por Jamelão, o intérprete maior de Lupicínio: 

"Quem sou eu / pra ter direitos exclusivos sobre ela / se eu não posso sustentar / os sonhos dela / se nada tenho e cada um vale / o que tem…”

Entretanto o autor desses versos é o santista Lúcio Cardim, personagem da noite, conhecido como “Lupi”, e que integrou em sua época um restrito grupo de compositores paulistas. 

Mas, sem misturar as estações, deu no jornal que a Prefeitura de Itabira formaliza nas próximas semanas, durante o Fórum Itabira Sustentável, investimentos da ordem de R$ 100 milhões.
Os aportes serão destinados a mais uma fase de ampliação do campus da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), localizado na cidade, e contam com apoio da mineradora Vale.

A informação foi confirmada pela prefeitura, que completou que os recursos garantirão 100% da construção de três novos prédios da universidade, o que vai permitir ampliar a ofertas de cursos e, consequentemente, o número de alunos, induzindo o desenvolvimento tecnológico da região.

“Itabira está transformando uma economia baseada na mineração em uma economia baseada no conhecimento”, disse o Executivo municipal em nota.

Ainda conforme a prefeitura, a Vale já confirmou a contribuição com o projeto e com outras frentes nas áreas de educação e inovação visando à diversificação econômica da cidade. O valor, no entanto, somente será conhecido durante o Fórum Itabira Sustentável, que vai ser realizado em conjunto pela prefeitura, Vale e Unifei, nos dias 22 e 23 deste mês.

Questionada sobre o investimento e os projetos na região, a mineradora disse apenas que confirmou a participação no evento que irá tratar de temas relevantes para o futuro de Itabira.

Este grupo de trabalho visa, justamente, discutir o futuro do município pós-exaustão da mineração, previsto pela companhia para 2028. A ideia é transformar Itabira em um hub de educação e tecnologia, tendo a Unifei como propulsora.

Conforme já publicado, a expansão do campus local da Unifei eleva os atuais 2.500 alunos para quase 10 mil na construção de todo o complexo, previsto para os próximos dez anos. Além disso, estudos de impacto financeiro estimam que os gastos da comunidade universitária na cadeia de serviços da cidade saltarão de R$ 52 milhões para R$ 260 milhões por ano.

De maneira complementar, no fim de julho, a prefeitura assinou Memorando de Entendimento (MoU) com a Chalieco (China Aluminum International Engineering Co. Ltd.), empresa de metais subsidiária da Chinalco (Alumínio Corporation of China Ltd.), grupo corporativo que tem o governo chinês como acionista majoritário para investimentos que podem chegar a US$ 200 milhões na cidade. Como garantia, o município ofereceu royalties da mineração – Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem).

Parte dos recursos também será destinada à expansão do campus. Além disso, contemplarão ainda a construção do Parque Científico e Tecnológico e a construção de um aeroporto de cargas no município.

(dados jornal do comércio)

É a vida...

Viver é Perigoso

NOBEL DA PAZ

Ser indicado é uma coisa e ganhar é outra muito diferente. Qualquer um pode indicar quem quiser. O comitê e os assessores recebem para análise, apenas uma lista resumida.

Por 50 anos a lista dos candidatos é mantida em sigilo. Nada impede que quem lançou a candidatura divulgue o nome do seu candidato.

Tradicionalmente, o anúncio do Prêmio Nobel da Paz é feito em Oslo, na Noruega no dia 11 de outubro.

Não se assustem com a menção de algum brasileiro. 

Para se ter uma ideia, em 1939 o Erik Brandt sugeriu ao Comitê Nobel que concedesse o prêmio a Hitler, alegando seu "ardente amor pela paz" (foi por ironia).

Em 1935, Benito Mussolini foi proposto - então, sem ironias - por acadêmicos alemães e franceses meses antes de a Itália invadir a Etiópia.

Josef Stalin, um dos vencedores da 2.ª Guerra, também foi proposto em duas ocasiões, em 1945 e 1948.

Sabe-se que Michael Jackson entrou na corrida pelo Nobel da Paz em 1998.

Algumas candidaturas causaram espanto, como a do sérvio Slobodan Milosevic, mais tarde julgado por genocídio.

A Fifa - Federação Internacional de Associações de Futebol foi proposta em 2001, com o argumento que a bola de futebol "permitiu estabelecer boas relações entre os povos". Não foi surpresa, já que o francês Jules Rimet, considerado o "pai" da Copa do Mundo de Futebol, também tinha sido proposto em 1956.

Entre as indicações conhecidas este ano para o Nobel, que será anunciado no dia 11 de outubro, estão duas figuras públicas de pensamento antagônico: o presidente americano, Donald Trump, e a jovem sueca Greta Thumberg, representante da luta mundial contra as mudanças climáticas.

Aguardem

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Ivald Granato 1983
Ivald Granato, pintor e escultor brasileiro, nasceu em Campos dos Goytacazes em dezembro de 1949. Ingressou na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1967.

Viveu e trabalhou em São Paulo, onde tomou o barco em 2016. 

Viver é Perigoso

CAMPEÃO DE AUDIÊNCIA


Surpreendeu a todos a audiência do Programa Roda Viva que entrevistou ontem o Sr. Gilmar Mendes.

Segundo o Ibope o programa teve uma média de audiência de 0,8 %.

Todos os elementos soltos por ele devem prestigiado.

Viver é Perigoso 

EM CURITIBA

Viver é Perigoso

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

SOB TORTURA


Contaria tudo o que sei, caso soubesse de alguma coisa, se recolhido pela Polícia Federal, fosse ameaçado de sofrer uma brutal tortura: assistir hoje amarrado em frente a um aparelho de Tv, mantido com os olhos e ouvidos bem abertos, a entrevista do Gilmar Mendes no Programa Roda Viva, hoje à noite, na Tv Cultura.

Viver é Perigoso   

TOMOU O BARCO



Tomou o barco ontem, na Inglaterra, Peter Edward Baker, simplesmente, Ginger Baker, baterista do Cream. Partiu aos 80 anos.

Entre 1966 e 1968, ao lado do baixista Jack Bruce (que também já tomou o barco) e do grande Eric Clapton, esteve no Cream, um dos supergrupos na história do Blues e do Rock.

Viver é Perigoso

PESQUISA

Viver é Perigoso

domingo, 6 de outubro de 2019

E AGORA ?


Verdade: A transformação digital colocou o ato da compra na palma da mão do consumidor: com um celular, a compra é feita de um lado para o outro do planeta.

Em entrevista, o Sr. José Isaias Peres, fundador da Multiplan, hoje com 19 shoppings no País, cujas lojas venderam R$ 15,5 bilhões em 2018, não consegue disfarçar a sua preocupação.

Por exemplo, indagado se a venda digital atrapalha o faturamento do shopping, o empresário afirma:

" Há lojistas que tentam burlar o contrato que têm com o shopping transformando as lojas em ponto de entrega de mercadorias. Ele vende no digital e não quer registrar como uma venda feita no shopping. Algumas lojas usam o shopping como vitrine, fazem a venda fora e não pagam o porcentual sobre vendas. Isso é uma fraude, e evidentemente o lojista pode perder a loja se isso ficar provado"  

Blog: Dureza. Parece que o homem está voltando para dentro de casa. Comidas de todos os tipos são entregues em minutos. Filmes recém lançados são exibidos no streaming. Compras via internet são comprovadamente, em valores, mais acessíveis.

Viver é Perigoso 

10 ANOS - VIVER É PERIGOSO


Por questão de redução de custo, as atabalhoadas redações do "Blog Viver é Perigoso" e do jornal digital "Clarin da Boa Vista" continuam funcionando no mesmo endereço. Na Boa Vista, é claro.

Viver é Perigoso

PORQUE HOJE É DOMINGO



Tome Minha Mão, Precioso Deus

Precioso Deus, pegue minha mão
Guie-me, deixe-me ficar
Estou cansado, estou fraco, estou solitário
Através da tempestade, durante a noite
Guie-me para a luz
Pegue minha mão precioso Deus, leve-me para casa

Quando meu caminho cresce tristemente, precioso Deus permanecem perto
Quando a minha luz está quase no fim
Ouça meu grito, ouve meu chamado
Segure a minha mão para que eu não caia
Pegue minha mão precioso Deus, leve-me para casa

Quando a escuridão aparece e a noite se aproxima
E o dia é passado e ido
No rio eu estou
Guia meus pés, segure minha mão
Pegue minha mão precioso Deus, leve-me para casa

Precioso Deus, pegue minha mão
Guie-me, deixe-me ficar
Estou cansado, estou fraco, estou solitário
Através da tempestade, durante a noite
Guie-me para a luz
Pegue minha mão precioso Deus, leve-me para casa

Viver é Perigoso

PRÁ PENSAR


Deu no site "Novos Inconfidentes"

"Em 2006, no auge do escândalo Mensalão, um editor de Veja apontou a um jovem jornalista uma diferença entre imprensa paulista e mineira, que explicaria o desnível de produção: 

“Na maioria das vezes, a paulista ganha dinheiro dando notícia e a mineira escondendo”. 

Alguém discorda ?

Os veículos mineiros se tornaram especialistas em silenciar, abafar, fazer vista grossa, botar panos quentes. Esse padrão pode ter dado conforto aos governantes do estado, mas produziu um terrível efeito colateral: levou as lideranças regionais à acomodação política e à afonia crônica.
Ao longo do tempo Minas foi ficando sem voz ou expressão, não só no plano político como também econômico, intelectual, cultural. Não é por acaso que Minas acumulou tantas perdas nos últimos anos, exibindo hoje a pior situação financeira entre os estados. 

E com o agravante de que os mineiros ainda nem sabem disso, muito menos como chegaram até aqui."

É a vida.

Viver é Perigoso

VIVER É PERIGOSO ? 10 ANOS HOJE



Viver é Perigoso

FALTA DE SERVIÇO


O governador Romeu Zema concedeu ontem (sábado) o título de cidadão honorário de Minas Gerais ao governador de São Paulo João Doria. 

De acordo com publicação no Minas Gerais, diário oficial do Estado, a homenagem ao paulista se deve “em reconhecimento a sua destacada atuação como empresário e líder na promoção do desenvolvimento econômico em âmbito nacional, com significativa repercussão no estado”.

Blog: Então está bom.

Viver é Perigoso

sábado, 5 de outubro de 2019

EL PAÍS


Como todos sabem, o El País é um jornal diário espanhol fundado em 1976, no período de transição para a democracia, após o fim do Franquismo.

Por razões profissionais desde os anos 90 procuro ler o El País. Com o advento e explosão da internet se tornou mais fácil. Busco-o diariamente e às vezes me incomoda um pouco a linha de esquerda assumida desde sempre pelo jornal. Mas no geral, vai. É bom a gente ler opiniões divergentes. Nos faz abrir os olhos (ou fechar). 

Interessante de ler a entrevista da diretora do jornal, Soledad Gallego-Diaz concedida à Folha de São Paulo. Segundo a Sra. Soledad, o jornalismo é o único instrumento capaz de formar cidadãos.

Confirmou a linha de centro-esquerda do jornal e a adoção de de um posicionamento muito crítico ao presidente Bolsonaro, julgando que no momento isso seria necessário.

O El País está muito feliz com a sua grande penetração no Brasil via internet. Segundo ela, uma estupenda surpresa. 

Sobre o seu distanciamento pessoal da chamada "rede social", Dna. Soledad expressou uma grande verdade : 

"as redes sociais servem apenas para que as pessoas se expressem de forma rápida. E vivemos numa época em que vale a pena pensar um pouco antes de reagir. Creio que, se eu me expressar rapidamente sobre qualquer coisa, eu mesma desconfiarei de mim. Não custa nada refletir um pouco antes de postar o que for."

Em tempo, prefiro ler o El País na sua versão para a espanha. A versão brasileira anda muito radical, à esquerda" para o meu gosto.

Viver é Perigoso

A MOÇA DE BRAZÓPOLIS (OU SERIA BRASÓPOLIS ? )


Pela primeira vez na história a seleção feminina de futebol do Brasil venceu a Inglaterra. Aconteceu hoje e na casa das adversárias.

Com dois gols da brazopolense (ou seria brasopolense), Débora Cristiane de Oliveira, simplesmente Debinha, aconteceu a significativa vitória. A partida foi em Middlesbrough no Estádio Riverside.

Em tempo, Debinha atua pelo North Carolina Courage, nos EUA.

Viver é Perigoso

NA BUCHA !



Neste sábado, ao conversar com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro foi questionado por um ciclista sobre Fabrício Queiroz.

“E o Queiroz?”, perguntou o homem.

Tá com a sua mãe, respondeu o presidente.

(O Antagonista)

Viver é Perigoso

UM ANURO

Viver é Perigoso

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

BONITO DE TODO O JEITO



Viver é Perigoso

LIGHT DEMAIS



Ouvido hoje na Boa Vista, é claro:

A Boa Vista fica feliz por ter o Blog mais antigo da cidade e que no domingo completa 10 anos de vida, o que para a internet é uma eternidade. Mas o sucesso não foi completo, uma vez que o "Viver é Perigoso" nunca foi processado por nenhum político.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA


Thylane Blondeau foi citada como a menina mais bonita do mundo há 12 anos. Hoje, agora moça bonita, está com 18 anos e participando da campanha publicitária "Amor Amor" de Cacharel.
Thaylane, quando tinha apenas 4 anos de idade já havia desfilado para Jean Paul Gaultier. Ela é francesa.

Viver é Perigoso

LARANJAS MINAS


Todos conhecem e apreciam Laranjas Bahia. Agora, Laranjas Minas ...

A Polícia Federal indiciou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, pela articulação de candidaturas laranjas do PSL em Minas Gerais. Em relatório enviado ao Ministério Público, a corporação aponta que Marcelo é o líder do esquema criado para viabilizar candidaturas femininas de fachada para desviar recursos públicos.

No documento, os investigadores acusam o ministro pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita e associação criminosa. Essas ilegalidades tem penas previstas de seis, cinco e três anos respectivamente.

Além do ministro Marcelo Álvaro Antônio, outras 10 pessoas foram indiciadas pela PF pelo caso das candidaturas-laranjas no PSL de Minas Gerais:

Irineu Inácio da Silva, Lilian Bernardino, Debora Gomes, Camila Fernandes, Naftali Tamar, 
Marcelo Raid Soares, Reginaldo Donizeti Soares, Roberto Silva Soares, Haissander de Paula e Mateus Von Rondon

Blog: Não escapa ninguém.

Viver é Perigoso

ÊPA ! ! !


O senador Styvenson Valentim (Podemos) apresentou um projeto de lei que altera a Lei de Licitações para vedar a contratação de shows em municípios endividados.

“É bem recorrente uma prefeitura estar para lá de comprometida, devendo tudo, sem pagar servidor, sem pagar fornecedor, sem pagar nada e contratar banda de forró, banda de show para dar espetáculo. Comemorando o quê? A desgraça alheia, só pode ser. E por valores exorbitantes cada show desse. Isso é uma velha prática do pão e do circo e botar o povo para dançar: dança uma vez, quando elege esses gestores, e dança de novo durante a sua gestão”.

Styvenson Valentin

Viver é Perigoso

RUA ! ! !

Viver é Perigoso

quinta-feira, 3 de outubro de 2019