quinta-feira, 19 de setembro de 2019

VENTOS DE GUERRA


Aumentam os comentários sobre a participação/conhecimento/autorização do governo iraniano, via rebeldes houtinis do Iêmen, no ataque as instalações petrolíferas da Arábia Saudita no último sábado.
Como noticiado, as explosões afetaram a metade da produção diária de petróleo da Arábia Saudita, cerca de 5,7 milhões de barris, ou mais de 5% da produção global diária.

E se acontecer uma retaliação dos Sauditas com o apoio das forças americanas ?  Trump, de olho nas eleições do próximo ano deve estar estudando a melhor ação para agradar seus eleitores.

Uma guerra declarada envolvendo a Arábia Saudita, Irã e EUA balançará o planeta em termos de petróleo. Será capaz de levantar até a Venezuela.

Para quem como eu nunca tinha ouvido falar em rebeldes houtinis, eles têm participado da guerra civil no Iêmen enfrentando o governo local, que também é apoiado pela Arábia Saudita.

O nome vem do líder Hussein al-Houthi, morto pelas forças do governo em 2003, que organizava protestos contra os EUA pela invasão ao Iraque. 

Amarrem o cinto moçada.

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Tio Sam só quer uma desculpa para invadir o Irã e roubar o ouro negro, como no caso do Iraque.
Colega de 87