sexta-feira, 30 de agosto de 2019

AINDA NOVO NO PEDAÇO


Encontrei no início da semana no Supermercado Alvoradão, na Boa Vista, é claro, com o Vereador Fabrício Machado.

Afirmou ter ficado muito chateado com a inclusão do seu nome no grupo de vereadores que apresentaram a Emenda 27 para o Projeto de Lei 4358, que trata do novo Plano Diretor do município.  

Lembrando, um grupo de vereadores membros da Comissão de Obras da Câmara Municipal (7/8/2019), propõe a absurda autorização para o aterro de 52.000 m2 na Várzea do Ribeirão Piranguçu. Os motivos e as razões é são do conhecimento geral da população.

O Vereador Fabrício, reafirmou ser totalmente contrário ao publicado.  E mais, já posicionou sobre o assunto mostrando-se favorável a Emenda apresentada pelo Vereador Santi, que descarta o famigerado aterro do gosto da Administração Municipal.

Inicialmente ficou chateado com o publicado pelo Blog Viver é Perigoso. Alertado por outros companheiros, concluiu que não procedia o "seu de acordo oficial" nos documentos.

Alguma coisa aconteceu na Comissão de Obras da Câmara Municipal, presidida pelo vereador Tenente Melo (interessante o uso de patente militar - imagino que se eu fosse vereador poderia também ser chamado de Cabo Riera, que fui com muito orgulho nos anos de 66/67 no nosso Batalhão de Engenharia e Combate).

Fica o registro sobre a posição correta do Vereador Fabrício em relação ao tal aterro da Várzea.

Ainda sobre a Câmara Municipal, ontem recebi um trecho da última reunião acontecida na segunda-feira, quando, utilizando um termo da caserna, o Vereador Cleber David foi levado a dar uma "senhora" enquadrada no Sr. Melo.

É a vida...

Viver é Perigoso       

FESTIVAL DE ABSURDOS


Gota a gota, e meio sem vontade, uma vez que pega muita gente graúda,  as denúncias contidas na delação premiada do ex-todo poderoso ministro Antonio Palocci vão sendo publicadas.

Essa da propina de 30 milhões de euros fechada com o frupo Casino (Carrefour) , via Banco Safra, com o  seu próprio presidente Edmond Safra, entregando "agrados" entre 20 e 100 mil reais para o Sr. Lula, tendo como portador o Palocci, e entregues em caixa de lenços franceses Hèrmes é de sentar na calçada e chorar.

O Palocci ainda afirma que guardou a embalagem de lembrança.

Talvez fosse melhor esquecer tudo o que aconteceu, passar uma régua e simular uma nova descoberta do Brasil e tentar começar tudo de novo.

Viver é Perigoso  

ESTÃO NA DELES, É CLARO


O chic restaurante Rubaiyat, situado na Avenida Faria Lima em São Paulo, foi palco, na última quarta-feira, de uma homenagem ao professor Juarez Tavares, considerado um dos maiores especialistas do Brasil em Direito Penal.

Compareceram mais de 200 advogados, vários deles com clientes envolvidos na Lava Jato.

Constatou-se porém que os holofotes estavam todos dirigidos para o advogado Alberto Zacharias Toron, responsável pela defesa de Aldemir Bendine, ex- presidente do Banco do Brasil e da Petrobras nos governos petistas. A anulação da sentença condenatória ao Sr. Bendine pela 2ª turma do STF (Gilmar, Lewandovski e Carmem) foi considerada um marco.

O Sr. Toron foi saudado com honras de herói pela maioria dos participantes do jantar. O clima era de euforia e de avaliação de que a decisão da 2ª turma do STF pode ser um divisor de águas na história da Lava Jato.

Blog: A defesa feita pelos advogados de elite deve sair caríssima. Coisa de milhões. A origem do dinheiro para pagar os honorários...deixa para lá.
Comenta-se, que os grandes escritórios de advocacia nunca ganharam tanto com a Operação Lava Jato. Caso não ficasse chato, poderiam sim, promover um jantar em homenagem aos rapazes de Curitiba que acabaram por promover esse boom no mercado de serviços jurídicos no País.

A festa só não foi completa porque no encerramento houve confusão quando dois homens (não identificados) hostilizaram o petista, Fernando Haddad, também participante do jantar/homenagem.

É a vida... com cada um defendendo o seu.

Viver é Perigoso 

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

NAPO DE HOSPÍCIO


Gilmar Mendes:

 “A ‘República de Curitiba’ nada tem de republicana, era uma ditadura completa. Assumiram papel de imperadores absolutos. Gente com uma mente muito obscura. Que gente ordinária, se achavam soberanos”, disse o ministro, em crítica à Lava Jato. “Os procuradores são corruptos, gente sem nenhuma maturidade. Corrupta na expressão do termo. Não é só vender função por dinheiro. Violaram o Código Processo Penal”


Pois é.

Sponholz

Viver é Perigoso

O CASO DA SANTA CASA - 1951


Um grande amigo e companheiro da nossa Escola, Thomas Wood, teve a gentileza de enviar uma publicação de 1951, referente a  Santa Casa de Misericórdia de Itajubá, que está sob ataque já há alguns anos.

Obviamente que não se pode comparar os perfis dos personagens de outrora com os de hoje. 

O Prefeito de Itajubá na época era o Dr. Vicente Vilella Viana e o presidente da Câmara Municipal, o Sr. Joaquim Faria. Lei Municipal proposta pelo Executivo e aprovada pela Câmara Municipal provou uma forte reação dos Administradores da Santa Casa, que tinham à frente o Dr. Wenceslau Braz. 

Reproduzimos um pequeno trecho para ilustrar a situação, mantendo  "português" da época.

"Não podemos crer que a Prefeitura e a Câmara Municipal tenham o malévolo pensamento de crear dificuldades a Santa Casa que presta, há quasi meio século, grandes serviços a pobresa de nossa Terra e não podemos crer, porque seria admitir que eles se deixariam levar por um critério mesquinho que diminuiria Itajubá aos olhos de todos os homens de bons sentimentos.
Por isso queremos crer que atenderão às razões expostas e não exijam medidas descabidas e imponham sacrifícios que viriam embaraçar, ainda mais, a situação financeira da Santa Casa, já sobrecarregada com o peso de suas onerosas atribuições...
Pelo exposto, a Mesa Administrativa da Santa Casa de Misericórdia de Itajubá, pela unanimidade de seus membros, resolve lavrar seu protesto contra a situação a que ser forçar esta instituição de benemerência, deliberando, também, não tomar conhecimento da nº 110, por considerá-la inconstitucional e altamente lesiva ao equilíbrio financeiro da Santa Casa."

Wenceslau Braz Pereira Gomes - Provedor
Luiz Pereira de Toledo - 1º Vice-Provedor
Jayme Wood - 2º Vice-Provedor
Jarbas Guimarães - Administrador
Rvma. Irmã Maria Desiree - Vice-Administrador
Antonio Rennó Pereira - 1º Secretário
Iro Machado - 2º Secretário

Observação: Por algumas vezes tive a honra de ser recebido em sua residência pelo Dr. Vicente Vilela Vianna para ouvir um pouco sobre a história de Itajubá. Numa das conversas, o Dr. Vilela deixou a entender que não teve o apoio do Dr. Wenceslau e seu grupo político nas eleições. Sem detalhes, mas os dois líderes, Wenceslau e Vicente Vilela, na ocasião, não falavam a mesma língua.

É a vida...

Viver é Perigoso  

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

ELEMENTOS PERIGOSOS EM ORDEM DECRESCENTE

Gilmar
Fernandinho Beira Mar
Marcola


Viver é Perigoso

ÍDOLO DA TORCIDA !

Viver é Perigoso

SOBRE A NOSSA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA


Minhas impressões sobre a CPI dos Prontos Socorros

Angela Collares

1 – O relatório da CPI dos Pronto Socorros foi escrito por pessoas tendenciosas, apontou irregularidades tanto no PS do Hospital de Clínicas, quanto no PS da Santa Casa; O relator foi espetaculoso no que se referia às eventuais irregularidades da Santa Casa e, em contrapartida, escamoteou as possíveis irregularidades do Hospital de Clínicas;

2 – Percebeu-se, nitidamente, a parcialidade da comissão e de seu relator; 

3 – Vereador Ricardo Zambrana, sempre com muita classe, apontou problemas no PS do HC, o qual o relator fez questão de mencionar “en passant”; 

4 – Vereador Jorjão, na simplicidade de sua fala, mandou bem, apesar de ter sido interrompido várias vezes pelo vereador Melo, que me pareceu estar ali só para tumultuar;

5 – Quem roubou a cena, falou com propriedade e coragem, foi o Vereador Cleber David. Ressaltou o cuidado que a Casa e seus componentes deveriam ter ao se referirem a uma Instituição de Saúde Centenária. Enquadrou, exemplarmente, o Vereador Ten. Melo, que estava em uma noite de postura desastrosa, extremamente deselegante, eu diria até agressiva e inadequada para o cargo que ocupa. Apesar, de Melo ser segundo suplente e só estar na Câmara através de uma manobra política, no mínimo dúbia, não justifica tanto despreparo. Ele conseguiu desagradar gregos e troianos. 

Minhas conclusões: Ficou patente o esforço da CPI, de seus Membros, de seu relator Vereador Renato Morais e de Melo em desmoralizar a Santa Casa e sua Superintendente e assim, darem ao prefeito um argumento para usar quando cobrado sobre o fechamento do Pronto Socorro da Santa Casa, acarretando problemas para à população da cidade e região. E mais, nunca imaginaram que a Santa Casa, que nada tem a temer, saísse na frente e mandasse “uma cartinha”, como de forma debochada o Vereador Ten. Melo se referiu ao oficio enviado pelo provedor da Santa Casa, a todos os edis, publicado nas redes sociais e jornal da cidade, pedindo que o relatório da CPI fosse enviado para o Ministério Público, imediatamente, para apuração real dos fatos, de forma isenta e oficial. É como eu sempre digo, não é um sopro que derrubará a fortaleza que é a nossa briosa e Centenária Santa Casa de Misericórdia de Itajubá.

Blog: Estamos lascados.

Viver é Perigoso

terça-feira, 27 de agosto de 2019

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

É A VIDA...


Se o sujeito roubou, recebeu propinas, agrados e subornos, chantageou, foi investigado, se defendeu, foi condenado, não vem ao caso. Quando do recurso em alto tribunal os crimes não foi citados, considerados e nem interessaria a ninguém.

O importante é que aconteceu uma falha de tempo no processo detetada por caros especialistas. 

Tudo anulado e porteiras abertas para novos cancelamentos.

O importante é que aconteceu uma falha de tempo no processo detetada por caros especialistas.

Tudo anulado e porteiras abertas para novos cancelamentos.

Os bandidos passam a ser aqueles que cuidam da moralização do País. 

É a vida ... (claro, com bons advogados)

Viver é Perigoso

SOBRE SOBERANIA


Citando o inesquecível Professor de História, Júlio dos Santos em dois momentos marcantes.

Sempre me revoltou, talvez influenciado pelo grande mestre, o famoso Tratado de Tordesilhas, assinado por Portugal e Coroa de Castela (Espanha) em 1494. Como o nome diz, foi assinado em Tordesilhas, uma povoação castelhana, por D. João II de Portugal e D. Fernando II de Aragão. Os originais de cada idioma encontram-se depositados no Arquivo General das Indias (na Espanha ) e no Arquivo Nacional da Torre do Tombo (em Portugal). 

O tratado definia como linha de demarcação o meridiano de 370 léguas a oeste da ilha de Santo Antão no arquipélago de Cabo Verde para dividir as terras descobertas ou por descobrir. Os territórios a leste deste meridiano pertenceriam a Portugal e a oeste, a Castela (Espanha).

Daí é que nós do Brasil ficamos com Portugal.

Ainda com o Professor Júlio dos Santos e avançando na história:

Até conhecer o história toda, me soava simpática a Doutrina Monroe, anunciada pelo Presidente americano James Monroe, em mensagem ao Congresso em 1823.

"Julgarmos propícia esta ocasião para afirmar, como um princípio que afeta os direitos e interesses dos Estados Unidos, que os continentes americanos, em virtude da condição livre e independente que adquiriram e conservam, não podem mais ser considerados, no futuro, como suscetíveis de colonização por nenhuma potência europeia "

A frase que resume a doutrina é: "América para os americanos"

O seu pensamento consistia em três pontos: a não criação de novas colônias nas Américas; a não intervenção nos assuntos internos dos países americanos; a não intervenção dos Estados Unidos em conflitos relacionados aos países europeus como guerras entre estes países e suas colônias.

A Doutrina reafirmava a posição dos Estados Unidos contra o colonialismo europeu.

Mais adiante, os Estados Unidos acabaram por meter os bedelhos na soberania dos países americanos, principalmente da América Central. 

Já sem o Professor e amigo Júlio dos Santos, que na certa seria um crítico feroz, acompanhamos a criação da organização Foro de São Paulo, criada pelos esquerdistas liderados por Fidel Castro, tendo sua primeira reunião na cidade de São Paulo em 1990. O encontro foi promovido pelo PT com a participação de representantes dos países da América Latina e do Caribe. Depois de um boom com a presença do PT no governo brasileiro, organização, tudo indica, que pelo fracasso de suas propostas, a maciça corrupção e quase falência dos Estados administrados pela esquerda, caminha para o fim. Buscava implantar o domínio da esquerda.
No último foro realizado este ano na Venezuela quase não apareceu ninguém.

Resumindo: O melhor, em termos de soberania, é que cada um cuide da sua vida.

Viver é Perigoso 

VARADA N´ÁGUA


Pois é, sem referenciar o Bloco itajubense de sucesso no carnaval, mas em termos de opinião pública foi uma Varada N´Água o tal oba-oba ocorrido há pouco tempo na imprensa brasileira com a divulgação das absurdas gravações de conversas que teriam acontecidas entre Moro e Dallagnol.

A direção da Folha de São Paulo, do Uol, da Veja e outros meios que compraram e deram destaque as denúncias feitas por um jornalista americano casado com um deputado federal do Rio de Janeiro, na certa irão cair matando em cima dos seus funcionários que encamparam o projeto e esticaram as divulgações com o intuito de anular a Lava Jato.

Segundo pesquisa divulgada pela CNT, tão somente 15,5% dos brasileiros concordariam com a soltura de criminosos por causa das mensagens roubadas da Lava Jato. 68,3% seriam contra. 16,2% não saberiam.

Tornou-se um fiasco a tentativa de mobilizar a opinião pública. Pelo contrário.

Resta ainda, mais cedo ou mais tarde, ações do STF buscando uma punição e enfraquecimento da Lava Jato, por temor ou ciúme, da operação que mudou o Brasil. Para melhor, é claro.

Viver é Perigoso  

DA VERTICAL PARA A HORIZONTAL

Viver é Perigoso

EDITORIAL - CLARIN DA BOA VISTA


Tomamos conhecimento de comentários soltos sobre a tal CPI da Câmara de Vereadores sobre o sistema de saúde - atendimento de pronto-socorros.

A partir do momento em que a CPI foi politicamente alterada com objetivo claro e direto de mirar em pessoas e em respeitada entidade, provocando o afastamento de membros especialistas e independentes, passamos a desconhecer o assunto.

Nada, mas nada mesmo, desviará a atenção da burrice e truculência do Executivo local em romper com subvenção pública para ajuda na manutenção dos trabalhos de atendimento do Pronto-Socorro da nossa Santa Casa de Misericórdia. 

Algum assessor consciente ou algum deputado influente deve ter convencido o Executivo Municipal de tamanha destrambelhada. 

Como sair dessa ? 

Pelo visto foi tentar demonstrar, via uma CPI, que o gesto abrupto tomado contra a Santa Casa se deu por preocupações com o direcionamento dos gastos. 

Não podemos sequer ter o trabalho de ler o relatório da tal CPI. Não acreditamos na capacidade técnica na área contábil e tão pouco na ausência de independência nas conclusões.

Parece-nos um gesto político e interesseiro provocando desgaste na Santa Casa de Misericórdia de Itajubá, parte importantíssima da vida de Itajubá e da região.

Há de se compreender que muitos dos que aqui aportam na política local, diga-se de passagem, sem sensibilidade, sem conhecimento e sem envolvimento profundo com a nossa vida, nossa história, veem o episódio como um possível trampolim para outros saltos e mesmo para a sobrevivência. 

Não prevalecerão.

Erros e enganos ocorrem. Alertas são feitas e providências são tomadas. Mas tenham absoluta certeza: o Executivo, alvo de inúmeras denúncias e Operação Policial, com domínio numérico absoluto na Câmara, passará ao largo.

É a vida...

Viver é Perigoso

domingo, 25 de agosto de 2019

MÚSICA NO AR


Impressionante a memória musical de certas pessoas.

Nesta semana, numa das raras ida ao quintal de casa, na Boa Vista, é claro, ouvi um assobio vindo de uma casa vizinha que se encontra em reformas. 

Imaginei que vinham do pedreiro que trabalhava na obra. Primeiro chegou aquele assobio próprio de pessoas de idade e executados naturalmente quando de um serviço manual.

Não era de música nenhuma. Triste, nostálgico,  porém afinado. Lembrei-me do meu avô Pio Gomes Ribeiro ( o nome Pio é uma coincidência com o texto). Marceneiro/carpinteiro, trabalhava horas pensando e conversando, imagino eu, assobiando. Uma melancolia só.

Após um breve silêncio, talvez mudando de ferramenta ou de posição, a sinfonia "assobiativa" voltou. Dessa  vez animada e organizada.

De cara entrou o samba "Madureira Chorou", do Joel de Almeida. Praticamente sem interrupção, ouvi "Atire a Primeira Pedra", do Ataulfo e Mario Lago. Da mesma forma, chegou "Lata Dágua na Cabeça", que eu não de quem. 

Sentado num degrau e esquecido da razão que lá me levou, fui curtindo em sequência marchinhas de carnaval e sambas tradicionais. Após umas doze músicas o som foi desligado. Possivelmente para o horário do almoço.

Para matar a curiosidade fui conhecer o dono do assovio. Um senhor tranquilo beirando os 70 anos de idade. Ainda lépido e faceiro.

Indagado sobre o seu gosto e a seleção musical ele disse:

Não sei o nome das músicas. Escuto sempre uma fita que ganhei do meu filho há muitos anos e decorei e assobio ela inteira, não sabendo quando passa de uma música para a outra. Para mim é uma música só.

É a vida...

Viver é Perigoso      

O IMPERADOR DO PLANETA


Uma fotografia diz mais que um texto enorme.

O Grupo dos Sete (G7), composto por: Alemanha, Canadá,Estados Unidos, China, França, Itália, Japão e Reino Unido, com a participação da União Europeia está se reunindo neste final de semana em Biarritz, na França.

Oportuna fotografia obtida por um profissional sensível. O Sr. Trump, cercado pelos chefes de Estado membros do G7 numa posição reveladora.
Aliás, todos sabem que Trump nunca se sentiu confortável nesse meio, considerando a sua filosofia, colocada em prática diariamente, "América First" - América Primeiro.

Manda quem pode.

Tal encontro, pedido pelo Presidente Francês Emmanuel Macron, que insiste em tratar os países em desenvolvimento como colônias francesas, tem como tema principal os incêndios na amazônia.

Referenciando uma fala do ex-presidente francês, Jacques Chirac, Macron, o jovem que se apaixonou pela professora, declarou: " a nossa casa queima. O pulmão do nosso planeta está em chamas" 

Óbvio que a responsabilidade do governo brasileiro na preservação do meio ambiente é total. Meio que destrambelhadamente as providências nesse sentido começam a serem tomadas.

Boa oportunidade para se analisar a participação estrangeira naquilo que eles chamam de "a nossa casa". Uma investigação profunda sobre essa multidão de "ong´s" se faz necessário, mesmo porque é nebulosa a versão que ong significa - "olho na grana".

Viver é Perigoso  

OS VIGARISTAS


Editorial o jornal "O Globo"

Manobra na Câmara objetiva mudar a lei para inibir a delação premiada

Esquerda quer alterar legislação que permitiu investigar corrupção pluripartidária na era petista

Partidos flagrados em corrupção na última década e meia estão envolvidos em mais uma manobra contra o sistema de administração de Justiça. A iniciativa é do PT, com apoio do PCdoB e outros. Pretendem, agora, mudar a legislação sobre delação premiada.

Desde 2014, têm sido recorrentes no Congresso os esforços não apenas para inibir inquéritos sobre corrupção como até para punir investigadores, procuradores e juízes. Chegou-se ao absurdo de se tentar aprovar numa madrugada na Câmara, há três anos, uma proposta de anistia. O então deputado Miro Teixeira impediu a votação de um projeto cujo texto não existia.

Há dias aprovou-se uma lei do abuso de autoridade com excesso de subjetivismos. Disseminou insegurança entre juízes, procuradores e policiais. O PT agora quer descaraterizar a lei que permitiu o avanço das investigações sobre a corrupção pluripartidária durante a era petista.

Retirada do arquivo sob o argumento de que é preciso “impor limites”, proíbe acordos de delação com réus presos, atropelando o direito de defesa, e impõe sigilo aos inquéritos sobre corrupção.

Vai ser difícil ao PT e associados convencerem a sociedade brasileira de que essa iniciativa não se resume a novo ato de vingança legislativa dos atingidos pela Lava-Jato.

Viver é Perigoso

sábado, 24 de agosto de 2019

ENQUANTO ISSO

Ouvido hoje á noite num tranquilo bar da Boa Vista, é claro:


Já prá lá de Bagdá o culto André Pintor, chamando a atenção de todos os presentes opinou:

"Eu, do alto da minha vasta cultura jurídica obtida na leitura de dezenas de Almanaques Biotônico Fontoura, venho, data vênia, concordar pela primeira vez com o colega Gilmar Mendes, que com propriedade disse hoje:  " A gente tem que reconhecer que devemos ao Lula um julgamento justo"

Brilhante dedução. Lula foi julgado e condenado em 1ª Instância pelo Sérgio Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, pegando 9 anos e 6 meses.

Em seguida, no mesmo processo, Lula foi condenado pelo Tribunal Regional da 4ª Região pelos mesmos crimes, tendo porém a sua penas aumentada para 12 anos e 1 mês.

Concordo com o nobre colega Gilmar Mendes. Devemos ao Lula um julgamento justo. Para que isso aconteça ele teria que ser também enquadrado, além da corrupção passiva e lavagem de dinheiro, também na formação de quadrilha, o que segunda a Lei agregaria ao réu mais 3 anos de cadeia, totalizando, 15 anos e um mês.

Devemos isso ao povo brasileiro.

Tenho dito"

Viver é Perigoso 

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

MISERICÓRDIA !


"A violência da flecha dignifica o alvo."

Roberto Campos

Viver é Perigoso

QUEIMANDO O FILME


O presidente Bolsonaro afirmou na manhã desta sexta-feira, que a "tendência" é a de que o governo federal envie as Forças Armadas para combater incêndios na região amazônica.

Viver é Perigoso

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

CANTINHO DA SALA

Elmer Bischoff - Candeeiro amarelo - 1969.
Viver é Perigoso

CÉU DE BRIGADEIRO


Deu no Estadão:

Depois de três anos mergulhada em crise, a aviação executiva brasileira começa a respirar - ainda que com dificuldade.

A fabricante Helibras, por exemplo, vendia de 25 a 30 helicópteros por ano antes de 2015. Em 2016, auge da recessão, foram apenas 2. Segundo o presidente da subsidiária da Airbus, Jean-Luc Alfonsi, no primeiro semestre deste ano, a empresa vendeu quase o total de 2018, quando fechou contrato para 10 helicópteros. Começamos a ver sinais de recuperação.
 Nos últimos anos, no segmento civil, clientes desapareceram com o aumento dos juros de financiamentos do BNDES. A taxa de juro do banco de desenvolvimento já foi de 3,5%, hoje está entre 10% e 12%.
Com o recuo das vendas a Helibras adequar o seu tamanho. O número de funcionários, que chegou a 850, hoje é de 500.

Blog: Notícia boa de ler sobre a retomada do mercado. Mas agora, juros subsidiados de 3,5% do BNDES, creio que nunca mais. Temos lido nos últimos dias em jornais e sites severas críticas ao financiamento com essa taxa de juros de 134 jatinhos. Claro que os helicópteros também foram comercializados com financiamentos do BNDES na mesma base.  

Viver é Perigoso

ONDE HÁ FUMAÇA...

Viver é Perigoso

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

SOB A LUZ DE VELAS


" De todas as nossas paixões e apetites, o amor ao poder é o de natureza mais imperiosa e insociável, pois a soberba de um homem exige a submissão da multidão"

Edward Gibbon (citado pelo Almir Pazzianoto Pinto)

Viver é Perigoso

POR QUEM OS SINOS DOBRAM



30 anos sem o Maluco Beleza

Viver é Perigoso

NOTÍCIAS DO MERCADO


Interessante: ontem encontrei de esbarrão com um amigo na Rua Nova. Na conversa rápida ele, muito otimista comentou que notícias boas sobre o retorno das obras de reforma do mercado poderiam acontecer uma vez que o Deputado Dimas Fabiano, autor da emenda, no valor de R$ 1 milhão, que gerou o convênio entre o Ministério de Integração Nacional, esteve circulando pelo calçadão (Vadinho) no final de semana.

É sabido que, fora do período eleitoral, deputados só visitam os municípios com alguma notícia boa.

Sei lá se uma coisa tem a ver com a outra, mas deu no Jornal Itajubá Notícias, que por telefone, o Secretário José Henrique Jacarini informou que o governo federal fez um repasse de R$ 400 mil para a Prefeitura Municipal e as obras de reforma deveriam ser retomadas em breve.

Dinheiro novo ? Tudo indica que sim, uma vez que no Portal Transparência do Governo Federal (até às 18:00 horas de hoje) tão somente constava a liberação de R$ 100 mil feita (em 2017) pelo Ministério de Integração Nacional (do total de R$ 1 milhão) objeto de convênio com a PMI.  

Não deve dar para o complemento das obras (conforme projetado), mas ajuda a PMI a colocar o pagamento em dia com a empreiteira e avançar com a reforma.

Isso é bom.

Viver é Perigoso
 

EFEMÉRIDES

Viver é Perigoso

VIDA DURA DOS INDEPENDENTES


Leio na internet que o Vereador Independente Cleber David foi até Pouso Alegre, onde em reunião intermediada pelo deputado estadual de Ouro Fino, Dalmo Ribeiro, falou com a engenheira chefe substituta do chefe do Denit (Caxambu/Pouso Alegre) reivindicando a instalação de redutores de velocidade na BR-459, nos acessos aos bairros Estância e Pedra Preta. Participou da reunião o Sr. Hugo, assessor do deputado Dalmo Ribeiro.

A representante substituta do Chefe do Denit de Caxambu/Pouso Alegre, Engenheira Lídia Bacha Martins acenou como a possível aprovação, desde que o município construa.

O nobre vereador informou que já agendou com o Prefeito Municipal de Itajubá para apresentar a proposta.

Vejam a luta do Vereador Cleber para conseguir a instalação de redutores de velocidade. Tudo bem que seja em uma rodovia federal, mas se trata de uma justa reivindicação dos moradores dos bairros mencionados.

Conseguir através de um deputado estadual uma audiência em Pouso Alegre com a substituta, com todo o respeito, do chefe regional do Denit, que indica a possibilidade de aprovação desde que o município banque.

Complicado. Está escrito que o menor caminho entre dois pontos é uma reta. A regra não vale para a política.  

Viver é Perigoso

terça-feira, 20 de agosto de 2019

AGORA VAI !


Ouvido hoje cedo no Alvoradão, na Boa Vista, é claro:

"Na certa com o Deputado Bilac Pinto na Secretaria de Governo de Minas Gerais, agirá para a terrinha. 
Já trouxe os lixos de Delfim Moreira, Piranguinho, Piranguçu, São José do Alegre, Wenceslau Braz, Santa Rita do Sapucaí, Brasópolis, Cachoeira de Minas, Maria da Fé e Marmelópolis.
E virá mais. Podemos confiar. Por que não o de Pouso Alegre ?

Viver é Perigoso

NADA DE NOVO NO FRONT





Enquanto isso em Belo Horizonte:


DEM NOVO OU NOVO DEM ?





Viver é Perigoso

COM GILMAR, NÃO É DE SE DUVIDAR

Viver é Perigoso

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

EXTRA ALTA TENSÃO


Seria bom para todos nós se o Magnífico Reitor da nossa Escola, Professor Dagoberto Alves de Almeida, acompanhado do Prefeito Rodrigo Riera e do Secretário Municipal de Ciência e Tecnologia, Fernando Bissacot, que têm usado como principal argumento para a retomada do Projeto de Construção do Laboratório de Extra-Alta Tensão, a possível perda de R$ 40 milhões já gastos nas obras, trouxesse à tona a planilha constando a relação e o destino do valor.

Interessante saber os valores e quais os parceiros que adiantaram valores para o projeto. O valor da área estaria incluso ?

Sabemos que a obra era (ou ainda é) de responsabilidade do Senai-MG, que se tornou, inclusive, a proprietária da área doada pelo município. Legalmente, não entendemos como o projeto foi transferido para a CNI.

Imaginamos que tão somente o Senai/MG e a CNI teriam os valores contabilizados.

Serviços ? Equipamentos ? Custo do Projeto ? Multas pela suspensão ?

Imaginamos que cópias de planilhas tenham sido entregues ao Deputado Bilac Pinto, ao Vice Governador de Minas e aos Senhores Ministros visitados.

Ficaria claro e tornaria a defesa facilitada.

Se não for pedir demais...

Viver é Perigoso        

CANTINHO DA SALA

Victor Brauner - Pássaro (oiseau) 1953 - Coleção Menil, Houston. 
Viver é Perigoso

SE FOR AGORA, NÃO VAI MAIS !


Gabinete escancarado em Belo Horizonte:

O Custódio Mattos, de Juiz de Fora, Secretário de Governo de Minas Gerais, foi exonerado do cargo hoje à tarde.

No lugar dele deve assumir o Deputado Federal Bilac Pinto, de Santa Rita do Sapucaí e guru-mor do Prefeito de Itajubá Rodrigo Riera.

O cargo de Secretário de Governo é de suma importância. Lembrem-se que no Governo Fernando Pimentel foi ocupado pelo Deputado Odair Cunha, também bastante próximo do Deputado itajubense, Ulysses Gomes.  

Chances para resolver a reforma do mercado, aeroporto, laboratório de extra-alta-tensão e trevo do Jardim das Colinas.

Vamos aguardar a reação da Leandra Machado, aliada de primeira hora do Governador Zema, ao ver a possível subida de prestígio do Prefeito Municipal junto ao governo mineiro.

Pode surgir até uma aliança por aí.

Considerando a ausência de recursos e a situação econômica crítica de Minas Gerais, não acredito em milagres. E mais, o Bilaquinho passa a ser alvo de tiros vindos do passado.

É a vida.

Viver é Perigoso

ESTAMOS DEVIDAMENTE LASCADOS


Presidente da Câmara quer ser vice-prefeito de Itajubá. 

Manchete do jornal Itajubá Noticias

"Em seu mandato, o Prefeito Rodrigo Riera fez com que Itajubá tivesse um avanço extraordinário... O sonho que eu tenho é de dar um passo adiante. Gostaria de ser um candidato a vice-prefeito, mas se não acontecer eu vou concorrer novamente a vereador. "

Presidente da Câmara Municipal de Itajubá - Sr. Sebastião Silvestre (MDB)

Blog: Recado público mandado para o Sr. Prefeito. Pela primeira vez na história alguém diz que seu sonho é ser Vice. Normalmente pleiteia-se o cargo principal e negocia-se o posto secundário.
Comprovação da dependência direta do Legislativo. Batalha difícil de conseguir o aval do Chefe (do Partido, é claro). Só sentados nas cadeiras ao lado existem outros 13 sonhando com o mesmo cargo. Duro é a ameaça que se não der vai tentar a reeleição.
Quando irão entender que um independente Chefe do Poder Legislativo está numa posição de igualdade com os Chefes dos outros poderes ?

Viver é Perigoso

QUE MERDA, HEIN ?

Viver é Perigoso

TEMPOS MODERNO


Já lá vão um tempão que não existe nenhuma banca de jornais na Boa Vista. O pessoal deve ter entrado de corpo e alma na era digital. 

Até que gosto de apreciar as manchetes e capas de revistas nas bancas.

Tempos sem ler os jornais da cidade. Normalmente compro o "O Sul de Minas" na Padaria Morro Chic e o "Itajubá Notícias" no Supermercado Alvorada.  Hoje, de volta, comprei os dois últimos editados.

Para quem está chegando agora parece serem de "Itajubás" diferentes. Mas, a gente entende (mais ou menos).

Um deles tem boas intenções mesmo com o noticiário mais acido, mais duro. O outro tem uma certa maldade, utilizada nas entre-linhas, inclusive nas notícias aparentemente boas.  

Bom que a cidade tenha dois semanários com linhas editoriais diferentes. Como já escrevia o jornalista Nelson Rodrigues, toda unanimidade é burra.

Uma certeza: Nesse marasmo em que vivemos e com um "AI - 5" genérico em vigor desde o início de 2013, não deve ser fácil tocar um jornal por estas bandas.

Viver é Perigoso 


PARA A BOA VISTA, É CLARO !


De volta à Boa Vista depois de 25 dias. Em tempo para a inauguração das Lojas Americanas. Aqui, é claro.
Hoje à tarde vou dar uma volta até Itajubá para resolver algumas coisas.

Viver é Perigoso