terça-feira, 4 de junho de 2019

DECISÃO EQUIVOCADA !


Seguia até 2012, período anterior ao primeiro mandato da Administração Municipal, tudo aparentemente tranquilo no então santuário ecológico e área reservada pela própria natureza para acomodação das águas das cheias, na Várzea do Ribeirão Piranguçu.

Aparentemente, pois com uma inexplicável miopia do futuro, um grupo de empresários da cidade - gente com bala na agulha e caneta MontBlanc nas mãos - havia adquirido, de uma empresa ligada ao Estado de Minas, a área de preservação da Várzea do Ribeirão Piranguçu. Tinham planos.

Tomando posse a Administração (2013) partiram com agressividade política e aprovaram a famigerada Alínea L, que proporcionou aos vorazes investidores a licença para agredir a área com um impactante aterro.

De nada adiantaram os estudos apresentados condenando a agressão e mesmo o apelo oficial feito pela Mahle  (maior arrecadadora e empregadora do município) comprovando que suas atividades seriam prejudicadas, principalmente no tocante a logística.

Ganharam os empresários e perdeu o município.

Saciados ? Não !

Agora, uma modificação no Plano Diretor do município apresentada pelo Prefeito Municipal para aprovação pela Câmara Municipal indica que querem mais. Mais aterro, mais agressão ambiental e mais choques com a empresa Mahle. Como vampiros imobiliários.

A quem interessou a então aprovação da Alínea L e a quem interessa a permissão para estender o sacrifício da Várzea ? 

Qualquer aluno do Grupo Escolar Rafael Magalhães, na Boa Vista, é claro, conhece bem a esquisita história.

Torna-se absurdamente admirável a "cara de pau" dos interessados. 

Sobre a posição dos vereadores dependentes (12) é bom não comentar. Audiência Pública sobre o assunto será realizada. Bah !!!

Estamos lascados.

Viver é Perigoso     

2 comentários:

Anônimo disse...

Caro Bloqueiro,

Fiquei muito animado, segundo o Diretor Legislativo Luiz Gonzaga (ouvido agora na Radio Panorama - 04/05/19 - 11:50), todos os dias são atendidos telefonemas de empresários querendo investir em Itajubá, aguardando apenas a aprovação do plano diretor... Corroborado pelo vereador Molina.

Oremos!

Luciano.

Anônimo disse...

Empresário querendo vir para este circo .....ele deve ter sido irônico