sexta-feira, 10 de maio de 2019

JORNAL O SUL DE MINAS


Foi necessário a intervenção legal do Senhor Presidente da Câmara Municipal, para sancionar a Lei Municipal de autoria dos Vereadores Independentes, Marcelo Krauss, Antonio Santi, Jorjão, Cleber David e Dr. Zambrana, proibindo o nepotismo e aprovada por unanimidade (o que pode não dizer muita coisa) na Câmara Municipal.

O Prefeito Municipal, ensebou, ensebou e não sancionou o Projeto. Foi a Forceps, como vem acontecendo sempre. Pode-se entender como "a forceps", recorrências ao Ministério Público e justiça comum.

Não creio que tal travamento executado pelo Prefeito tenha a ver com preocupações com eventuais contratações de pessoas próximas. Há tempos isso é resolvido de outras maneiras. Afinal, existem outros caminhos legais.

Imagino sim, que a empacada promovida pelo Prefeito, se deveu absolutamente ao jeito turrão de ser e o constante temor de iniciativas bem sucedidas desencadeadas por "inimigos".

É a vida...

Viver é Perigoso     

Nenhum comentário: