sexta-feira, 31 de maio de 2019

O QUEIJO, MAKSOUD PLAZA E A REGIÃO AMAZÔNICA


Outro dia fomos até o Hotel Maksoud Plaza buscar um presente especial trazido de Belém-Pará, pela médica Dra Ana Paula Pinheiro, amiga de longa data.  O premiado Queijo de Búfala da Fazenda São Victor - da Ilha do Marajó, obra de arte do Marcus Pinheiro, irmão da Dra Ana Paula.

Há séculos não visitava o Maksoud Plaza, inaugurado no início de 1980 e hoje vivendo momentos não tão festivos, embora sempre lotado.

Na ocasião, morando em Manaus estive lá hospedado por uns dias quando de um evento em São Paulo sobre a Zona Franca de Manaus. 
Conversas inesquecíveis com o então ex-governador Gilberto Mestrinho. Figura carismática que esteve, anos antes, em Itajubá, acompanhado da Hermengarda Junqueira, então Miss Amazonas, que conheci em Manaus, jornalista da "A Crítica" e casada com o amigo Marcílio Junqueira, de Três Corações, alto funcionário da Suframa e posteriormente da CCE.

Lembrando: Em agosto de 1981 foi aberto no Maksoud o sensacional "150 Night Club", onde Frank Sinatra fez quatro apresentações e que também recebeu os astros Billie Ekstine, Júlio Iglesias, Sammy Davis Jr. Alberta Hunter, Bobby Short, Buddy Guy, entre outros.

Lá estiveram hospedados em épocas distintas, o Príncipe Rainier, Margareth Tatcher, Mick Jagger, David Bowie, Ray Charles, Diana Ross, entre outros.

Ah ! na semana passada esteve hospedada no já histórico local, a amiga Dra. Ana Paula.

Em tempo: Quando da visita do governador Mestrinho e da Miss Hermengarda em Itajubá, aconteceu um célebre jantar amazonense no Clube Bar, então chefiado pelo Sr. Nelson Calvite. 
Posteriormente, o enorme casco da tartaruga servida no jantar, em pratos diversos, foi pintado com uma cena amazônica pelo artista itajubense João Luís. A obra esteve exposta no Club Bar por muitos anos.  

Viver é Perigoso

POR ESTAS BANDAS ? JAMAIS !


Todos sabem que Arcos - MG é uma cidade é privilegiada por estar situada numa das regiões com as maiores reservas de calcário do mundo. É reconhecida com o título de Capital do Calcário, tendo próximo de 40.000 habitantes.

Como referência, a cidade está situada na região de Formiga.

O prefeito é o Sr. Denilson Teixeira - do ex pmdb e atual mdb.

O presidente da Câmara Municipal é o médico Luiz Henrique Sabino Messias - do PSB (Vereador em primeiro mandato)

Na última segunda-feira foi colocado em votação os projetos de lei para redução dos subsídios dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais.

Como sempre acontece, várias emendas foram apresentadas, discutidas e votadas. Por 7x6 votos, com o voto de Minerva do Dr. Luiz Henrique, presidente da Câmara, foram aprovadas as reduções nos salários a partir de janeiro de 2021.

Vereadores - de R$ 6.149,00 para R$ 1.299,00

Prefeito - de R$ 24.000,00 para R$ 12.000,00

Vice-Prefeito - de R$ 6.400,00 para R$ 5.100,00

Secretários Municipais - de R$ 7.900,00 para R$ 6.300,00

Para o Presidente da Câmara a redução é necessária para gerar economia para os cofres públicos e lembrar que carreira política não é uma profissão.

Os salários do prefeito, vice e secretários municipais ainda dependem de sanção do Executivo Municipal.

Blog: Ação impossível de acontecer em Itajubá. Jamais com o atual Executivo e seus doze apóstolos do legislativo. Como sempre, se algum herói vereador independente apresentar proposta parecida, ele e os seus quatro companheiros serão trucidados nos bastidores.

Pura besteira: a redução só poderá acontecer na próxima gestão e os ganhos estão garantidos até lá. Como exceto os independentes, praticamente nenhum outro vereador, prefeito, possivelmente o vice e secretários, seguirão nos postos ora ocupados, poderiam, sem prejuízo darem uma de "desprendidos cidadãos" 

Viver é Perigoso

AGORA VAI !


O Governador Zema vai anunciar hoje (sexta-feira) o programa de concessão para rodovias do Estado de Minas Gerais.

A primeira parte do projeto vai contemplar sete lotes rodoviários nas regiões, Central, Sul e Triângulo Mineiro, somando 2.500 kms.

Yes ! Estará participando do programa a rodovia (BR-459) que liga Pouso Alegre à Itajubá. Atentando, que os lotes que serão concessionados possuem rodovias estaduais e federais, sendo 800 kms de federais e 1.700 kms do Estado.

Espera-se que os processos se iniciem até outubro.

Estão inclusas no projeto as seguintes rodovias da região: BR-459, MG-290, MG-295, MG-455, MG-347 E MG-173.

Em tempo: Na certa, a eternamente anunciada pelo Sr. Prefeito, construção do Trevo do Jardim das Colinas, ficará para a iniciativa privada. Ah ! ficaremos mais próximos dos empregos.

Viver é Perigoso  

VÁ LÁ ENTENDER !


No momento em que os líderes do PCC- Primeiro Comando da Capital, do CV - Comando Vermelho, FDN - Família do Norte e PCN- Primeiro Comando do Norte, por razões de segurança e de estratégia estão sendo espalhados pelas prisões de segurança máxima do País, outros condenados, sem dúvida, pelos relacionamentos e compromissos do passado, também de alta periculosidade, estão sendo juntados para debaixo do mesmo teto. 

Hoje, o ex-presidente da Câmara Federal, o peemedebista Eduardo Cunha, foi transferido da fria Curitiba para o quente Rio de Janeiro, onde fará companhia para os ex-governadores Pezão e Sérgio Cabral e diversos deputados.

O ex-pmdb e atual mdb e com certeza no futuro, só db, terá uma bancada fortíssima no Complexo Penitenciário de Bangu.

Viver é Perigoso

quinta-feira, 30 de maio de 2019

MOÇA BONITA


Viver é Perigoso

CAVEIRA DE BURRO


No jornal IN da semana passada o Senhor Prefeito Municipal afirmou ser fake a notícia corrente na internet sobre a possibilidade da saída da Mahle da cidade de Itajubá.

É fato público que a maior empresa da cidade se preocupa e muito com a paixão aterradora do Prefeito pela Várzea do Ribeirão Piranguçu.

A empresa está na cidade desde quando era Cofap e continuará.

O Prefeito tem mais um ano e meio de governo e depois ninguém, além dele, sabe se continuará militando na política ou não.

O que poderia acontecer, na visão dos pessimistas ou realistas, seria uma suspensão, por parte da empresa, de eventuais projetos de expansão, não avanço na modernização de linhas e discreta transferência de produção de alguns componentes para unidades menos sujeitas a chuvas, trovoadas e consequentes enchentes. Custando algumas centenas de empregos e nada mais. Coisa de pequena monta na visão dos otimistas.

Já o jornal "O Sul de Minas" desta semana, mata a cobra e mostra o pau. Está lá publicada, tecnicamente, inclusive com fotografias a posição contrária da empresa em relação a reforma do Plano Diretor proposto pelo Executivo Municipal. 

Chama também a atenção dos leitores o Editorial do "O Sul de Minas" : A obscura, nebulosa e estranha  venda do prédio da Alteco na entrada do Distrito Industrial. 

A propriedade, passando na ocasião por desacertos na questão de preço de venda, sofreu  por uns dias uma desapropriação oficial pela Prefeitura (publicada na imprensa), Tal ato foi suspenso, inexplicavelmente, dias após. 

As dificuldades negociais foram superadas e a venda para empresários locais concretizada. 

Nada mais, nada menos, o episódio se tornou em mais uma caveira de burro enterrada na terrinha.O tempo dirá.

Em tempo: Placa indica a instalação de mais um supermercado atacadista na ex-Alteco no futuro Distrito Comercial. O ABC já ocupa o que foi a Núcleo Tecnologia e parte da Higident. 

Viver é Perigoso

CONFIRMANDO: CENTRÃO SIM !



Definição no Google

Na política do Brasil, Centrão refere-se a um conjunto de partidos políticos que não possuem uma orientação ideológica específica e tem como objetivo assegurar uma proximidade ao poder executivo de modo que este lhes garanta vantagens e lhes permita distribuir privilégios por meio de redes clientelistas.

Viver é Perigoso

ARGENTINO PAPA

Viver é Perigoso

VALÔNIA


Samba do Criolo Doido -

A Valônia é uma das três regiões e uma das entidades federadas da Bélgica, situada no sul do país e tem como línguas oficiais o francês e o alemão. Tem como capital a cidade de Namur e Liege, como centro econômico.

Já a Expresso Valônia, empresa que explora há séculos o serviço de transporte de passageiros no município, com o próximo término do contrato de concessão, busca a sua prorrogação. E tudo indica, que com o definitivo aval da Administração Municipal, conseguirá. Claro, prometendo uma modernizaçãozinha aqui e outra melhora ali.

Serviço público sob o guarda-chuva de contratos longos costuma gerar acomodações de duas das três partes envolvidas. A Concessionária e a Administração. À principal parte envolvida cabe, quase sempre, chorar pitangas.

Licitações são obrigatárias (prorrogações também são protegidas) e necessárias, e não descartam a participação da atual exploradora dos serviços. Dificilmente acontecerão.

A Administração Municipal com seus eventos políticos/sociais não dá trégua para a empresa de transporte de passageiros contratada. E quase tudo no bico... Deve acontecer uma pedição (requisição) constante de ônibus para levar passageiros para festas, encontros e passeios no parque. 
Lógico, que sabendo e esperando os pedidos, um delta garantindo o custo extra deve fazer parte do contrato.

Além do mais, cria-se um elo de favores que, de certo modo, influencia o relacionamento.

Mas, a Valônia belga tem com os BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) um programa interessante com a indicação de jovens recém-formados para trabalho voluntário nesses países. Os voluntários ficam por três meses, bancados integralmente pelo governo de Valônia.

Viver é Perigoso 

UMA BURRAGEM


Como dizem na Boa Vista, é claro, essa história de pacto entre o legislativo (senado + câmara), o judiciário (STF) e o Executivo (Bolsonaro), com certeza, visando atenuar a imagem que o povo tem hoje sobre esses poderes é de uma burragem sem tamanho.

Tudo bem que se acertem e se programem os atuais destrambelhados Executivo e Legislativo (com raras exceções entre seus membros). Mas nem pensar sobre a participação do, mais desgastado ainda, Supremo Tribunal Federal, que deveria se concentrar sua atenção na Constituição

Estamos lascados.

Viver é Perigoso

quarta-feira, 29 de maio de 2019

CAFONA OU KITSCH ?


Kitsch - Palavra que sempre intrigou.

Segundo a internet,  expressão de procedência alemã empregada por aqueles que desejam se referir a uma apreciação artística inferior ou a objetos notadamente abaixo da qualidade. Ela também se reporta ao hábito de reciclar um mobiliário, seja ele mais antigo ou moderno. 

Sua utilização inicial se deu no campo da decoração, como uma recusa do utensílio verdadeiro; depois o kitsch acabou se transformando na nova cultura da corrupção das formas de expressão convencionais e cristalizadas pelo sistema cultural vigente.

O kitsch é visto nos vários objetos do dia-a-dia, como as famosas lembrancinhas adquiridas nas viagens turísticas e os utensílios devocionais, nos túmulos localizados nas vizinhanças dos centros urbanos, nas faces externas dos templos evangélicos, em casas noturnas, motéis, casas de emergentes sociais, entre outros recintos.

Sendo assim, não é um estilo típico de um ou outro setor da sociedade, pois está presente tanto entre os pobres quanto entre os de maior status social. Ele está profundamente relacionado à produção em massa característica do mundo pós-moderno, movida por um consumismo desgovernado, o qual gerou uma arte reles.

O estilo Kitsch dilacera todas as linhas que separam o belo do feio, o bom do mau-gosto, e convence o indivíduo não iniciado nos meandros da arte que, ao encontrar esta forma de expressão, ele se deparou com a mais elevada produção cultural. Os elementos que o compõem são sempre teatrais, sensuais, emocionais e excessivos.

Escreveu na "Veja", José Francisco Botelho, uma atualizada observação feita pelo escritor Milan Kundera no seu " A Insustentável Leveza do Ser":

"O Kitsch é o ideal estético de todos os políticos, e de todos os partidos e movimentos políticos. Quem vive em uma sociedade onde várias tendências políticas existem lado a lado e onde influências antagônicas cancelam-se ou limitam-se mutuamente pode dar um jeito de mais ou menos escapar à inquisição do kitsch: o indivíduo pode preservar a sua individualidade; o artista pode criar obras fora do padrão. Mas, assim que um único movimento toma o poder, nós nos achamos no reino do kitsch totalitário."

Resumindo, o "Viver é Perigoso" não nos parece kitsch.

Viver é Perigoso

NÃO ACREDITEM

Viver é Perigoso

FALOU E DISSE :



DESOBEDIÊNCIA CIVIL

"...Deve o cidadão desistir da sua consciência, mesmo por um único instante ou em última instância, e se dobrar ao legislador? Por que então estará cada homem dotado de uma consciência? Na minha opinião devemos ser em primeiro lugar homens, e só então súditos. Não é desejável cultivar o respeito às leis no mesmo nível do respeito aos direitos. A única obrigação que tenho direito de assumir é fazer a qual­quer momento aquilo que julgo certo. Costuma-se dizer, e com toda a razão, que uma corporação não tem consciência; mas uma corporação de homens conscienciosos é uma corporação com consciência. A lei nunca fez os homens sequer um pouco mais justos; e o respeito reverente pela lei tem levado até mesmo os bem-intencionados a agir quotidianamente como mensageiros da injustiça..." 

Thoreau

Viver é Perigoso

terça-feira, 28 de maio de 2019

GENTE FINA É OUTRA COISA



Saudade do Bolsonaro e Filhos.

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

REAL BH


O Cruzeiro, chamado pela sua torcida de “maior de Minas” é alvo de investigação da Polícia Civil por denúncias de lavagem de dinheiro, falsidade de documentos e falsidade ideológica.

A coisa deixou de estar azul e pelo noticiário, caminha para (politicamente incorreto) preta.

Fundado em 1921 como Sociedade Esportiva Palestra Itália, em 1942, quando da Segunda Guerra Mundial, por imposição do governo federal foi rebatizado para Cruzeiro Esporte Clube. 

Depois da confusão atual ser resolvida e evitando desgastes, como a nossa moeda, quem sabe não seria o caso de mudar de Cruzeiro para Real.

Não seria o Madrid, claro. Mas Real BH ficaria de bom tamanho.

Viver é Perigoso

DE COSTAS !

Maia, Alcolumbre, Heleno, Guedes, Onyx, Bolsonaro e Toffoli, na reunião do Alvorada
Para um bom entendedor, meia palavra basta.

Viver é Perigoso

CONTA OUTRA, CONTA !

Viver é Perigoso

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


Só lembrando: 

O Ócio Criativo é título de um livro (Editora Sextante - 328 páginas) do cientista e sociólogo italiano Domenico De Masi lançado em 2000. 

Imagino que quase todo mundo deve ter lido.

É um revolucionário conceito de trabalho que o sociólogo define através da interseção entre três elementos: Vendas, faculdade e raciocínio lógico.

De Masi está de volta com o livro "Uma Simples Revolução" - Editora Sextante, propondo uma revolução, sem pólvora, sem sangue. Mas com novos entendimentos. O principal deles é que vivemos em uma sociedade pós-industrial na qual o trabalho é menos necessário para se produzir riqueza e é mais intelectual do que braçal.

Uma importância especial é o trabalho à distância. A maioria dos trabalhadores é formada por intelectuais. Os trabalhadores físicos não podem ir para casa, porque se trabalham na linha de montagem devem ir à fábrica. Os trabalhadores intelectuais trabalham com a informação e graças à internet se recebe informação em qualquer lugar. É totalmente inútil que milhares de pessoas saiam de manhã de casa, andem quilômetros, gastem gasolina, gastem dinheiro, poluam, para fazer no escritório aquilo que poderiam fazer em casa. O trabalho à distância é a revolução mais simples.

(Carlos Eduardo Entini)

Viver é Perigoso 

segunda-feira, 27 de maio de 2019

domingo, 26 de maio de 2019

CERVEJARIA ESTRELLA GALÍCIA


Em julho de 2017, a cervejaria espanhola Estrella Galícia, na Administração Fernando Pimentel, assinou um protocolo de intenções com o governo de Minas Gerais para investir R$ 100 milhões na instalação de uma unidade em Poços de Caldas. Seria a primeira fábrica (própria) da empresa fora da Espanha. A previsão era que começasse a operar neste ano (2019).

No ano passado (setembro/2018) a companhia desistiu de montar a fábrica em Minas Gerais (Poços de Caldas), segundo noticiado na ocasião, " por questões empresariais”.

A Prefeitura de Poços de Caldas confirmou que a Estrella Galicia desistiu do projeto de se instalar na cidade e tentou de todas as formas reverter a decisão. A empresa alegou mudança de estratégia mercadológica e agradeceu às autoridades locais pela agilidade nos procedimentos necessários para o empreendimento.

Segundo a empresa, o protocolo de intenções com o governo mineiro continua válido e que a buscam outras cidades em Minas para instalar a fábrica. A expectativa é encontrar um novo local para construir a unidade fabril ainda neste ano, com a perspectiva de colocar a unidade em operação em 2021.

Atualmente a Estrella Galicia produz no Brasil entre 75% e 80% do volume vendido de cerveja no mercado nacional. A produção é feita em parceria com a empresa Casa di Conti, em Cândido Mota, no interior paulista.

Viver é Perigoso

OU VAI COM JEITO OU SEM JEITO MESMO

Viver é Perigoso

ENTROSAMENTO PRÓXIMO DE ZERO


De volta à terrinha e de passagem pelo caixa do Alvoradão, levo junto um exemplar do jornal IN desta semana.

Com direito a chamada de capa, os Engenheiros Bissacot e Conti, da Secretaria Municipal de Ciência &Tecnologia, reafirmam em alto e bom som : 

" O novo eixo de desenvolvimento de Itajubá é a inovação tecnológica"

Na mesma edição, desta vez objeto de manchete, o Prefeito Municipal afirma:

"Várias empresas já se posicionaram querendo vir para Itajubá, como a Cervejaria Estrella Galícia, outra que é grande em máquinas eletrônicas, outra de teto solar para carros e uma italiana que fabrica rodas para carros e caminhões"

Blog: Por favor, alguma alma boa poderia apresentar esses senhores para que possam trocar ideias sobre os assuntos. Os engenheiros são bem intencionados.

Viver é Perigoso   

sexta-feira, 24 de maio de 2019

TOMOU O BARCO


Tomou o barco, hoje na terrinha, uma das maiores personalidades da história do município. Dr. Rosemburgo Romano.

Um dia triste.

Tive a honra de conviver com o Dr.Rosemburgo por mais de 50 anos. Lembro-me de sua chegada em Itajubá no início dos anos 60. Sua atuação no SAMDU e sua vida na Boa Vista, é claro, onde namorou, casou e morou.

Moço de Ponte Nova e formado pela Faculdade de Medicina de Uberaba.

Prefeito com um primeiro mandato brilhante e criativo. Um idealizador na liderança da criação do Hospital e da Faculdade de Medicina.

Deputado Federal e autor de projetos polêmicos.

Na certa: O Dr. Rosemburgo está entre as 10 personalidades mais decisivas de toda a história de Itajubá. 

Como todos os heróis desse porte deve ter tido também muitas contrariedades advindas das inevitáveis batalhas políticas.

Raridade: Já afastado da vida pública caminhava pelas ruas da cidade, conversava e dava atenção a todos que o procuravam com respeito.

Hoje, em Itajubá, tombou um gigante.

Viver é Perigoso

RECADO DA DIREÇÃO

Viver é Perigoso

quinta-feira, 23 de maio de 2019

VENTOS DE GUERRA


O governador de São Paulo, João Doria, anuncia hoje (22) um novo programa de política industrial.

Guerra Fiscal à vista. São Paulo tem desemprego alto, como em todas as regiões do País, mas tem recursos.

A administração estadual elegeu 11 setores, que representam 75% da indústria da transformação do estado, e delimitou sua área geográfica de atuação. A ideia é montar um pacote de benefícios específico para cada área/setor nos próximos dois meses.

Entre as benesses que podem ser concedidas, estão regimes tributários especiais, financiamentos mais vantajosos, programas de qualificação de mão de obra, implantação de infraestrutura e estímulo à pesquisa e tecnologia, além de medidas para desburocratizar e melhorar o ambiente de negócios.

O objetivo da política é gerar novas vagas de trabalho para reduzir o nível de desemprego em São Paulo, que atinge 3,7 milhões de pessoas. Assim, Doria tenta firmar a imagem de político preocupado com o desemprego. 

Os chamados polos de desenvolvimento econômico de São Paulo serão: saúde e fármacos; metal-metalúrgico, máquinas e equipamentos; automotivo; químico, borracha e plástico; derivados de petróleo e petroquímico, biocombustíveis; alimentos e bebidas; têxtil, vestuário e acessórios; couro e calçados; tecnologia e ecoflorestal.

Blog: Se a terrinha está há oito anos sem assistir a chegada de empregos, muito pelo contrário, milhares indo embora, a situação deve piorar, se é que isso ainda possa acontecer. Vamos continuar esperando as famosas três irmãs: Um americana, uma chinesa e outra européia, anunciadas centenas de vezes pela administração municipal. Em termos de anúncios, só perde para a construção do viaduto do Trevo dos Jardins da Colina.

Viver é Perigoso

CENTRALEIROS

Viver é Perigoso

quarta-feira, 22 de maio de 2019

BEAU GESTE


Em votação na Câmara Federal, o ministro da Justiça, Sergio Moro foi derrotado, com a retirada do Coaf - Conselho de Controle de Atividades Financeira das atribuições de sua pasta. Resultado da votação: 228 x 210 votos.

Como até as crianças do Grupo Escolar Rafael Magalhães, na Boa Vista, é claro, já sabiam, o Deputado Dimas Fabiano, com forte estrutura montada na cidade, votou contra a permanência da Coaf  no Ministério da Justiça. O que, historicamente, é perfeitamente entendível.

O Deputado petista Odair Cunha, claro e óbvio, também votou contra. Sabe-se lá a razão, mas os petistas não apreciam muito o Dr. Sérgio Moro.

Ah ! Sim ele estava presente: O Áecio Neves também votou contra o Dr. Moro.

A grande surpresa e razão do "Beau Geste". O Deputado Bilac Pinto, contrariando a orientação do seu DEM votou pela permanência da Coaf no Ministério da Justiça.

Valeu Deputado ! Ainda resta uma esperança.

Viver é Perigoso 

PELO TELEFONE


"O chefe da polícia pelo telefone manda me avisar
Que na Carioca tem uma roleta para se jogar"

"Pelo Telefone" é considerado o primeiro samba a ser gravado no Brasil segundo a maioria dos autores, a partir dos registros existentes na Biblioteca Nacional. Composição de Ernesto dos Santos, mais conhecido como Donga, e do jornalista Mauro de Almeida.

Nada ou tudo a ver. Outro dia, também pelo telefone (Facebook do celular) deparei com uma transmissão ao vivo da Reunião Ordinária da Câmara Municipal (o que é bom). 

Numa rápida passada me chamou a atenção, pelo sotaque diferenciado, um orador não conhecido. Posteriormente alguém adiantou tratar-se do representante da Sicredi, instituição financeira recém chegada na cidade.

Não atentei para a sua oração, mas sim pela utilização da chamada "Tribuna Popular". A Legislação esclarece que ser um espaço reservado na Câmara Municipal de Itajubá durante as sessões ordinárias para exposição de assuntos de interesse público. 

O Regimento em seu Artigo 47 - Item V estende o direito à Tribuna a "Entidades populares e democráticas sem fins lucrativos " 

Tempos modernos: Uma instituição financeira sem fins lucrativos

Nos últimos dias, a Presidência da Câmara, do total disponível de 15 minutos, atendendo a consulta  do Reitor da nossa Universidade Federal para um importantíssimo esclarecimento sobre o corte de recursos federais, colocou a disposição do responsável pela maior entidade do município, curtíssimos 8 minutos. Tempo necessário para que fosse desejada uma boa noite para todos os presente. Óbvio que a disponibilidade foi dispensada.

Passará também para os anais da festeira terrinha o (dizem) maravilhoso coquetel/jantar, oferecido pela Instituição Financeira, nos salões iluminados e musicados do Clube Itajubense, à parte da comunidade local. 
Fotos publicadas mostram que, os políticos em especial, nadaram de braçadas.

Viver é Perigoso

OS PATRIOTAS !


O Sul de Minas está bem representado com seus dois deputados.

É a vida...

Viver é Perigoso

terça-feira, 21 de maio de 2019

COLOCANDO A CONVERSA EM DIA


O Zé Dirceu está dividindo. no Complexo-Médico Penal de Curitiba, cela com o Eduardo Cunha, João Vaccari, Gim Argello e outros três presos. Como cabem 8 detentos em cada cela, ainda sobra uma vaga.

As camas são espalhadas no chão, com um caixote na cabeceira para guarda dos pertences do condenado.

Uma privada e um chuveiro está à disposição dos presos.

Aí está um BBB - Big Brother Brasil que se tornaria campeão de audiência.

Viver é Perigoso

NOSSA ESCOLA


NOTA PUBLICADA PELA UNIFEI

Solicitamos à Câmara Municipal de Itajubá a oportunidade de relatar nesta segunda-feira, dia 20 de maio, às 19 horas, em plenária, a questão orçamentária imposta pelo Ministério da Educação (MEC) às universidades públicas. Estávamos ansiosos por dialogar com os vereadores e poder apresentar nossas preocupações acerca desse importante tema para a Unifei e para as localidades onde atuamos.

Todavia, tomamos conhecimento, na tarde desta segunda-feira, através de informações prestadas pelo Presidente da Câmara Municipal, Vereador Sebastião Silvestre, de que, em respeito às disposições regimentais, teríamos apenas 8 minutos de direito à palavra na tribuna e que, encerrado esse tempo, não teríamos direito a qualquer réplica ou mais esclarecimentos após a fala dos vereadores. Devido a tais razões, obviamente, declinamos dessa oportunidade visto que não teríamos tempo hábil para fazer a apresentação que havíamos preparado, bem como não conseguiríamos participar das discussões que um tema dessa natureza certamente provocaria.

Nesse sentido, fomos orientados de que nosso propósito seria melhor atendido em reunião especificamente pautada na Comissão de Educação da Câmara. Possibilidade essa que vamos analisar.

Outrossim, comunicamos a toda comunidade que enviamos uma convocação ao vereador Carlos Molina, na condição de docente dedicação exclusiva (DE) da Unifei, para estar presente na próxima reunião do nosso Conselho Superior (Consuni), dia 27 de maio às 14 horas, para análise e debate com os demais conselheiros acerca da presente questão orçamentária.

Unifei

Blog: Creio que todos os itajubenses apreciariam muito conhecer e compreender a questão orçamentária da nossa Escola. As dificuldades que virão das medidas anunciadas pelo governo e as suas inevitáveis consequências na vida da comunidade.  

Viver é Perigoso  

JUSTA HOMENAGEM

A Câmara Municipal prestou homenagem póstuma ao cidadão e ex-prefeito de Itajubá, Sr. Benedito Pereira dos Santos, que completaria no dia 20/5 o seu centenário.
 
Imaginem Itajubá sem o Sr. Benedito Pereira dos Santos, mais conhecido como Sr. BPS. O antigo Pinheirinho e a Chácara do Dr. João Luis continuaria sendo uma enorme várzea. Da Pneusul adiante um brejão, com água dando pelas canelas. Vivos, só saracuras, garças, rãs, sapos e cobras. 
E a UNIFEI ? Estaria até hoje empinhocada ao lado da matriz ? E Fórum ? E o Rebourgeon e os bairros adjacentes ? 
Tive a honra de conviver por mais de vinte anos com o Sr, Dito, mesmo, durante todo esse tempo, em campo político divergente.
Ele foi PFL e leal companheiro do Dr. Aureliano Chaves durante anos e anos.
Levou-me para a "Irmandade da Santa Casa", onde com outros companheiros e sua filha Helena, um bom trabalho foi realizado. 
Por ocasião de duas eleições ele convidou e insistiu para que eu saísse como seu vice. Não deu.
Em 2004, numa disputa acirrada, disputamos a Prefeitura de Itajubá. O Sr. Dito foi o vencedor. Continuamos sempre com um relacionamento cordial e respeitoso.

Viver é Perigoso 


CENTRÃO !

Viver é Perigoso

segunda-feira, 20 de maio de 2019

TOMOU O BARCO

Carminho Ricotta e sua esposa Denise
As redes sociais noticiam o falecimento do amigo Dr. Advogado Carmo Ricotta. Para os amigos, simplesmente Carminho.Um dos maiores atletas, corredor em provas curtas de velocidade (100 e 200 metros) imbatível por muitos anos nas pistas mineiras. Aliás, seu recorde mineiro dos 100 metros rasos permaneceu muitos anos intocável.
Ídolo dos estudantes itajubenses que lotavam as pistas da Praça de Esportes do Itajubá Tênis Clube, quando das provas dos torneios da primavera e inverno.
Não adiantada o oficiais do 4º Batalhão de Engenharia "importarem" atletas especialistas de Academia Militar das Agulhas Negras, não dava para ninguém. Lá estava o Carminho Ricotta na posição mais alta.

Deixou história.

Viver é Perigoso 

"NÓS" NO CENTRÃO


O Sul de Minas está bem representado no chamado CENTRÃO, em Brasília. Atuam no grupo os Deputados Federais, Bilac Pinto - DEM (de Santa Rita do Sapucaí) e conhecido mentor político, há séculos, do Prefeito de Itajubá, bem com o Deputado Dimas Fabiano - PP (de Varginha)

Você Bolsonarista de passeata (no próximo domingo tem uma programada), não se esqueça que os dois centraleiros (Bilac e Dimas) têm diversos assessores residindo na terrinha e às vezes, costumam dar uma tradicional de "joão sem braço", comparecendo nos momentos de rua e distribuindo generosos sorrisos. Uma oportunidade para a transmissão de recados, civilizados, é claro.

Segundo o Google, no Brasil no Brasil, centrão refere-se a conjunto de partidos políticos que não possuem uma orientação ideológica específica e tem como objetivo assegurar uma proximidade ao poder executivo de modo que este lhes garanta vantagens e lhes permita distribuir privilégios por meio de redes clientelistas. 

O Estado de S.Paulo aponta que os partidos do chamado “Centrão” estão dispostos a ditar a pauta no Congresso diante da desarticulação do governo e querem, inclusive, “reformar a reforma” da Previdência e apresentar uma proposta alternativa à do governo.

O jornal paulista lembra que o Centrão é visto como fiador da estabilidade em qualquer governo e já impôs uma série de derrotas a Bolsonaro pela falta de articulação do presidente. 

Uma das exigências do Centrão, que reúne cerca de 230 dos 513 deputados da Câmara, é a decisão de só aprovar a Medida Provisória da reforma administrativa se o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sair da estrutura do Ministério da Justiça, fora da alçada do ministro Sérgio Moro. “Com governo desarticulado, Centrão tenta impor agenda”, informa a manchete do Estadão.

Aqui não violão !

Viver é Perigoso

NÃO DÁ MAIS PRÁ AGUENTAR !


Declaração feita hoje no Rio de Janeiro pelo político, há séculos e pai de um punhado de políticos citados. 

"O Brasil é um país maravilhoso que tem tudo para dar certo, mas o grande problema é a nossa classe política. 
'É nós' (sic), Witzel, 'é nós' (sic) Crivella, sou eu, Jair Bolsonaro, é o Parlamento em grande parte, é a Câmara Municipal, a Assembleia Legislativa. Nós temos que mudar isso. "

Declaração óbvia e ululante que vem sendo repetida há tempos pelos brasileiros. Como mudar ? Imposição de uma Reforma Política imediata, antes de avançar com qualquer outra. O ideal seria que acontecesse sem choques e atropelos. Seria utopia.

Creio que muitos dos brasileiros, por mais que tenhamos vivido uma existência próximos do altar sagrado da democracia, face à ausência de alternativa, estaríamos dispostos a nos sacrificar e aceitar, que por um breve e determinado período, acontecesse a instalação de um regime especial, para que a necessária reforma seja implantada. Naturalmente, por ser de interesse pessoal dos senhores políticos, jamais aconteceria.  

As outras reformas viriam em consequência.

De imediato:

Proibição de reeleição em todos os níveis.
Mandato de quatro anos para senadores.
Redução drástica do número de senadores, deputados e vereadores.
Fim do financiamento público de campanha.
Instituição do bi-partidarismo
Redução ao mínimo do números de assessores, gastos de representação, altos salários e privilégios. 
Fim do foro privilegiado
Convocação de eleições coincidentes em todo o território nacional.

Em tempo: Jamais imaginaria que um dia iria escrever, assinar e sugerir qualquer medida de exceção. Tenho que pensar no País dos meus netos. É a vida.

Viver é Perigoso

NA CAPELA DA PENITENCIÁRIA

Viver é Perigoso

domingo, 19 de maio de 2019

CANTINHO DA SALA


Alex Katz nasceu em 24 de julho de 1927, no Brooklyn - Nova York.

Tem obras exposta no Museu de Arte Moderna, Metropolitan e Museu Whitney em Nova York. No Smithsonian de Washington, no Instituto de Arte de Chicago, Museu de Arte de Cleveland, na Galeria Tate, em Londres, no Centro Georges Pompidou, em Paris, no Reina Sofia em Madrid, no Museu de Arte de Tóquio, na National Galerie de Berlin e no Museu Brandhorst, em Munique. Entre outros.

Viver é Perigoso

FENÔMENO


Indubitavelmente, trata-se do Rei do Saibro. Rafael Nadal emociona os espectadores com sua garra, determinação e técnica.

Derrubou hoje o frio e técnico Djokovic na final do Aberto de Roma com toda a propriedade.

Maravilha.

Viver é Perigoso