terça-feira, 2 de abril de 2019

PROFESSOR GOOGLE


Leio, rapidamente é claro, sobre pessoas indagando sobre a razão do Presidente Bolsonaro ter ido visitar Israel. Comentam sobre exigências feitas pelo segmento evangélico brasileiro.

Lógico que o significado de Israel é importante, mas se dessem ao mínimo trabalho de ler o primeiro parágrafo do Wikipédia no Google, imagino que ficariam convencidos:   

"Os campos de Ciência e Tecnologia em Israel estão entre os mais desenvolvidos do mundo. Apesar de sua recente história e de seu pequeno tamanho, o Estado de Israel é cada vez mais visto como um centro de inovações utilizadas em escala global. Através de instituições educacionais de ponta e de uma ampla rede de empresas start-ups, Israel vem se destacando graças à invenções e inovações que rapidamente se espalham pelo mundo.

Israel é um dos países que mais investe em Pesquisa e Desenvolvimento em relação ao seu Produto Interno Bruto e, em proporção ao tamanho da mão-de-obra, é o que ostenta o maior número de autores publicados nos campos das ciências naturais, engenharia, agricultura e medicina. Até hoje, 10 cidadãos israelenses foram laureados com o Prêmio Nobel em diferentes áreas."

Diferentemente de governos recentes, o Presidente brasileiro não foi oferecer empréstimos, via BNDES, para obras de infraestrutura a serem executadas por empreiteiras conhecidas, logicamente, contando com um pedágio para os seus partidos políticos aliados.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: