sábado, 2 de março de 2019

PERDA IRREPARÁVEL


Que parem os relógios, que cale o telefone. Jogue-se ao cão um osso e que não ladre mais. Que emudeça o piano.
As estrelas não são mais necessárias; apague-as uma por uma. Guarde a lua, desmonte o sol.
Despeje o mar e livre-se da floresta, pois nada mais poderá ser como antes.

Auden

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: