quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

"RACHID" SALARIAL


Acontece há séculos no Brasil. O famoso "rachid" salarial, quando o assessor divide o salário com o chefe.  Comum nos gabinetes políticos.

Acontece nas Câmaras Municipais, nas Assembleias Legislativas e no Congresso Nacional. O funcionário aceita e muitas vezes nem comparece ao local de trabalho. Recebe o depósito na sua conta-corrente e devolve parte, em dinheiro vivo, ao contratante.

Denunciar ?  só se perder o cargo.

Uma vergonha nacional, muitas vezes disfarçada como doação para o partido ou montagem de caixa para eleições. Mais ou menos um caixa para "pequenas despesas" que surgem no dia a dia do atendimento. Uma receitinha médica, uma conta de água atrasada, uma passagem. 

Estamos lascados.

Ainda iremos ouvir falar muito no assunto.

Viver é Perigoso   

Nenhum comentário: