segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

NA POLTRONA DA SALA


A Ancine (Agência Nacional do Cinema) divulgou nesta segunda-feira (4) o seu informe anual preliminar sobre salas de exibição em 2018. 
Os dados foram publicados no site do OCA, o Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual. 
Em 2018, o público total em salas de exibição brasileiras bateu o número de 161 milhões, número que representa um recuo de 12,6% em relação ao ano anterior, o segundo consecutivo em queda.

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

Segundo Consecutivo em Queda,

E vc se sentindo útil, importante e com a sensação de ter contribuído com a humanidade só por ter perdido seu tempo e ido lá no site do OCA para procurar essa estatística que não quer dizer nada, mas que certamente serve para vc dar uma espetada no cinema de Itajubá. Lamentável. Eu já fui no cinema seis vezes, só em janeiro (minhas férias). Faça como eu, vá vc também. Vc tem livre trânsito, não precisa ficar com vergonha e nem se disfarçar para não ser reconhecido. Melhor do que ficar perdendo tempo com bobeirinhas. Acredite.

Edson Riera disse...

Acredite -

Deixa de ser bobo cara.

Zelador

Anônimo disse...

Acredite.você é especialista em bobeira o que você tem com isso ...deixa o cara pesquisar o que quiser larfa mão de ter político de estimação trouxa..o cinema foi uma obra privada acorda pra vida

Edson Riera disse...

Gente -

Trata-se de uma tendência global. O mercado de filmes segue firme e forte. Netflix, Amazon e grandes potências, exibindo e produzindo. Costumes sendo alterados sempre é notícia.

Preocupação tolo com o cinema da cidade. Já está lá e pronto (nosso questionamento na ocasião foi com relação a doação da área). Espero que tenham sucesso e cumpram os compromissos.

Irei lá quando exibirem "E o vento levou" ou outro clássico.

Zelador