terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

IMPOSTO SOBRE SERVIÇO


A Cesar o que é de César e a Deus o que é de Deus.

É reconhecido, que a carga tributária que incide sobre os brasileiros é a mais pesada do planeta. Um dia, constatarão que seria da galaxia.

Não é incomum, que sobra para o pequeno empresário o valor da elisão fiscal (mais suave do que sonegação fiscal).

Um setor difícil de ser controlado pela Administração Municipal é o Imposto sobre Serviços. Parece que ficará mais fácil para a prefeitura. E consequentemente, mais difícil para o prestador de serviços. Ou não.

CONTRATO Nº 019/2019 

INSTRUMENTO CONTRATUAL PARA CONTRATAÇÃO DE LICENCIAMENTO DE USO TEMPORÁRIO DE SISTEMA PARA A MODERNIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA MUNICIPAL, COM A FINALIDADE DE CONTROLAR A ARRECADAÇÃO E GERIR O IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA, QUE CELEBRAM ENTRE SI O MUNICÍPIO DE ITAJUBÁ E A EMPRESA EICON CONTROLES INTELIGENTES DE NEGÓCIOS LTDA

O contrato terá vigência de doze – 12 – meses contados a partir de sua assinatura. 

O valor total do presente Contrato será de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais)

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

Qual sera o valor previsto de arrecadação do ISS no período do contrato?

Edson Riera disse...

Contrato -

Acho que não pensaram nisso.

Zelador

Anônimo disse...

Site da Prefeitura 10/2018 - pesquisa aleatória

IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA
Previsto no ano 9.811.452,54
Realizado o mês 979.742,25
Realizado até o mês 6.361.882,08

Ai estão os dados de 2018

http://186.225.220.252:5000/GRP/servlets/portalcidadao/legado/downloadArquivoRetorno?tipoExt=pdf&id=20676

Edson Riera disse...

Qualquer Natureza -

Acabei por descobrir outras coisas. Vamos analisar.

Grato

Zelador