quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

DE OLHO NO LANCE


O empresário Paulo Afonso Ferreira foi escolhido como presidente interino da Confederação Nacional da Indústria (CNI), nesta quinta-feira, em Brasília (DF). O nome dele foi aceito por unanimidade durante a reunião do Conselho de Representantes da entidade. 

Ele ocupa o comando da confederação enquanto durar o afastamento do então presidente, Robson Andrade, que foi alvo de uma ação da Polícia Federal que investiga desvios envolvendo empresas do Sistema S e o Ministério do Turismo. 

Paulo Afonso é formado pela Universidade de Brasília, tem 67 anos e foi presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG). 

Blog: Mais uma vez explicando porque o assunto nos interessa: O projeto de construção do Laboratório de Alta -Extra - Tensão, na terrinha, está sob responsabilidade da CNI. Então ...

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: