quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

POIS É...


Até as eleições de 2014 as empresas privadas poderiam realizar doações para candidatos. As empresas de mineração, hoje nas manchetes face a tragédia de Brumadinho, não pouparam na hora de ajudar os seus preferidos. De forma direta e indireta.

Para candidatos a Deputado Federal por MG, foram destinados R$ 10.836.147,26.

O campeão foi O Deputado Leonardo Quintão - R$ 1.986.708,31

Daqueles que se apresentam sempre pelo Sul de Minas, disseram presentes na lista :

Bilac Pinto - R$ 165.872,00
Odair Cunha - R$ 112.156,53
Aelton Freitas - R$ 100.693,00
Dimas Fabiano - R$ 918,00 (?)

Para candidatos a Deputado Estadual por MG, foram destinados R$ 4.185.197,00.  

Da nossa região, foram lembrados:

Ulysses Gomes - R$ 68.136,00
Dalmo Ribeiro - R$ 62.922,00 

Ledo engano achar que as empresas estariam com as doações de campanha investindo na democracia. No meio empresarial sempre foram consideradas como (às vezes até modesto pelo porte da empresa) investimento. Sabe como é...uma votação aqui, um encaminhamento ali, outra cerrada de olhos acolá. É assim que funciona.

É a vida...

(números jornal O Tempo)

Viver é Perigoso 

Nenhum comentário: