domingo, 20 de janeiro de 2019

PODE SER


"Os leitores, cada vez mais, estão percebendo que a imprensa é inútil. Não só eles. No dia que o governo descobrir que não precisa mais prestar atenção à mídia, vai ver que está perdendo uma montanha de tempo à toa."

J.R.Guzzo

Viver é Perigoso 

2 comentários:

Anônimo disse...

Montanha de Tempo À Toa,

Imprensa inútil é aquela que se posiciona de um lado, e se afasta daqueles que estão do outro lado. A imprensa não tem que se posicionar, quem tem que se posicionar é o leitor. A imprensa tem que noticiar, sendo neutra e imparcial. Senão, fica parecendo que quer fazer uma lavagem cerebral na gente. E o que consegue, na verdade, é apenas irritar e afastar o leitor. Veja o caso do OSM. Desde que me lembre por gente, sempre lí esse jornal, já tendo, inclusive, sido assinante. Depois, com essa linha agressiva, se achando o dono da verdade e sendo totalmente parcial, não renovei a assinatura e o deixei de ler. Agora, multiplique o meu caso por centenas ou milhares. É claro que nenhum jornal consegue sobreviver afastando-se das pessoas. E nem adianta culpar a crise ou a internet.

Edson Riera disse...

Montanha de Tempo à Toa -

Concordo quase que inteiramente com o comentário até chegar no "afastar o leitor".

O jornal OSM tem a minha idade. É antigo prá caramba. Somos de 1947.

O Sul de Minas, inevitavelmente, está ficando marcado,localmente, como de linha opositora a atual administração. Publica verdades citando o copo pela metade de água, como "meio vazio". Ao contrário do outro jornal da cidade, que publica verdades sob o angulo "maio cheio". Publicam verdades.
O OSM tem muito do seu Diretor Santiago e de sua luta na "Transparência Itajubá" - Busca clareza em todos os atos públicos e paga caríssimo por isso. Não tem acesso aos arautos da PMI, que inclusive, acredito eu, são proibidos de qualquer aproximação. Esse posicionamento, realmente independente do poder local, provoca enormes dificuldades, pois afasta publicidades (ninguém é louco de contrariar o poder local) e elimina a possibilidade de publicações oficiais.
Sempre leio os dois jornais da cidade e lamento que ambos não possam investir mais um pouco na digitalização e chegar até os itajubenses que estão distantes. E mais, como em minutos tudo pode mudar...
Aguarde. Como a história sempre mostra, daqui há pouco veremos o OSM na situação e o IN na oposição.
É a vida...

Zelador