segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

NATAL BLUES



Viver é Perigoso

SOB A LUZ DE VELAS


Teimosia

Não adianta quebrarem minhas pernas, 
furar meus olhos ou falar pelas costas. 
O que sustenta meu corpo são as minhas ideias. 
Braços descruzados, tenho um cérebro com asas e sou todo coração. 
Se me proibirem de andar sobre a água, nado sobre a terra

Sergio Vaz

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA


Nos encontraremos no Masp, na Avenida Paulista, 1578, de quarta ou domingo, da 10 às 18 horas, para apreciar as obras do uruguaio Pedro Figari.


A exposição foi aberta na última sexta-feira e vai até 10 de fevereiro de 2019.


Ah! paga viu. R$ 35,00 e meia, como já é o meu caso, R$ 17,00.


Viver é Perigoso


CÉU DE BRIGADEIRO


A Boeing fechou os termos da compra da área de aviação civil da Embraer. O acerto, que cria uma nova empresa no valor de US$ 5,26 bilhões.

Os americanos pagarão aos brasileiros US$ 4,2 bilhões para ter 80% do controle da nova empresa.

Lembrando, a Boeing foi pressionada pela aquisição pela rival europeia Airbus da linha de jatos regionais da canadense Bombardier.

Lembrando, que a Embraer briga no mercado e na justiça com a Bombardier.

Lembrando ainda, a Airbus é dona da Helibrás.

Então, Boeing, Embraer, Helibrás, nada a ver.

Pois é...a vida segue com céu de brigadeiro. Ou não.

Viver é Perigoso

MELHOR NEM COMENTAR


Já que se encontra nos estertores talvez não convenha nem comentar o governo Fernando Pimentel. Comentam os especialistas que pode ter sido o pior governo da história de Minas Gerais.

Conseguiu aperfeiçoar a quebradeira herdada dos governos anteriores. Procura-se e procura-se e não se consegue detetar nenhum bom feito nesse governo que se vai. E diga-se, em choros e sem sinos tocando.

O Governador passou todo o seu mandato preocupado com a justiça. Ajeita daqui, empurra dali, vendendo a alma para o pmdb.

Talvez, o único feito positivo a ser lembrado do período, tenha sido colaborar para defenestrar a Dilma, politicamente, de Minas Gerais. Pensando bem, ou quem sabe mal, já valeu.

Ah ! bateu os recordes anteriores na distribuição de medalhas.

Viver é Perigoso  

ACABOU A MOLEZA PESSOAL


O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta segunda-feira, 17, em encontro com industriais na sede da Firjan, que é preciso "meter a faca no Sistema S também". 

"Estão achando que a CUT perde o sindicato, mas aqui fica tudo igual? Como vamos pedir sacrifício para os outros e não contribuir com o nosso ? Os empresários parceiros sofrerão menos cortes que os demais. Há empresários que esperam pelo protecionistas do governo, assim como acontece com sindicalistas. O Brasil é um País rico, virou o paraíso de burocratas, de piratas privados, em vez de ser o País do crescimento econômico".

As receitas arrecadadas pelas contribuições ao Sistema S são repassadas a entidades, na maior parte de direito privado, que devem aplicá-las conforme previsto na respectiva lei de instituição. Entidades ligadas à CNI - Confederação Nacional da Indústria:
Senai - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
Sesi - Serviço Social da Indústria

E nós com isso ?

Lembrem-se do investimento na construção do Laboratório de Extra-Alta Tensão de Itajubá, que já foi do Senai e hoje teria ido para a CNI ?

Entenderam a preocupação sempre manifestada ? E aguardem veementes e tradicionais desmentidos. Só desenhando mesmo.

Viver é Perigoso

ESPANHÓIS DA BOA VISTA


Seja como for, o espanhol é visto internacionalmente como uma pessoa de caráter bronco, de pavio curto e facilmente irritável.
Embora pudesse ser um indivíduo de trato afável e simpático, bastava um pequeno comentário levemente ofensivo para que passasse dos risos e abraços às porradas e facadas.
Uma virtude dos espanhóis é a sua sinceridade. O espanhol gosta de dizer aquilo que pensa. E o fará da forma mais crua e direta possível, sem considerar as consequências que sua palavras possam ter. Essa virtude é aplicada com tanta veemência que se converte em um defeito, o da soberba. "As coisas são como eu digo que são e ponto final."
O espanhol tem um caráter vulcânico. Evite a erupção de todas as maneiras possíveis, mas se acontecer, fique o mais longe que conseguir. Aí não há nada que se possa fazer.

Josep M. Buades 

Viver é Perigoso

DIA DO PASTOR 17 DE DEZEMBRO


...Pouco depois de começar a pregar o evangelho, encontrei David DuPlessis. Ele era conhecido como "Sr. Pentecostes" por causa de suas apresentações de Espírito Santo aos líderes religiosos mundiais. 
Era um carismático antes de qualquer um saber o significado desse termo.

Eu estava andando pelo mesmo corredor que esse homem consagrado numa Conferência em Brockville, Ontário, quando tomei coragem para fazê-lo parar e lhe fiz uma pergunta.
Nervosamente indaguei:

- Dr. DuPlessis, como posso agradar realmente a Deus ?

O velho homem, que está agora com Jesus, parou, colocou no chão sua pasta, colocou o dedo no meu peito e me empurrou contra a parede. Eu certamente não esperava isso de um frágil pregador. Tudo o que disse foi:

- Não tente !

Pegando depois sua maleta e continuando a andar. Alcancei-o e disse:

- Dr. Duplessis, não entendo.

Ele voltou-se calmamente para mim, declarando:

- Jovem não é a sua capacidade, mas a capacidade Dele em você.

Benny Hinn 

(O Dia do Pastor Presbiteriano comemora-se em 17 de dezembro. Trata-se de uma celebração do presbiterianismo brasileiro. Refere-se à ordenação do Reverendo José Manoel da Conceição, em 17 de dezembro de 1865, tornando-se assim o primeiro pastor protestante nascido no Brasil.)

Viver é Perigoso

POSSE

Viver é Perigoso

PARA-CHOQUE DE CAMINHÃO


Segundo o procurado Dr. Google, "rosetar" quer dizer esporear (aplicar as esporas). Para quem não se lembra, esporas, são mecanismos usados pelos cavaleiros acoplado aos calcanhares, para fazer a montaria acelerar o passo. O termo é originário de "roseta" peça circular da espora, em forma de estrela, que espeta a montaria quando acionada. 

Da infância, na Boa Vista, é claro, vem a lembrança da história contada e recontada sobre o dono e motorista de caminhão, de uma pequena cidade mineira, que mandou pintar no para-choque do seu F-600 a provocante "eu quero é rosetar".

Provavelmente incitado pelos beatos do vilarejo, o Vigário pediu ou exigiu a retirada da pintura.

Obediente, o espirituoso caminhoneiro acatou a ordem do padre, apagou e repintou uma nova frase que passou para a história dos causos mineiros:

"Continuo querendo"

Para os de fora, em Minas, o povo do interior usa "rosetar", também, com outro significado.

Às vezes é melhor deixar do jeito que está.

Viver é Perigoso