quarta-feira, 14 de novembro de 2018

MENOS MÉDICOS


"Condicionamos à continuidade do programa Mais Médicos a aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos, hoje maior parte destinados à ditadura, e a liberdade para trazerem suas famílias. Infelizmente, Cuba não aceitou."

Jair Bolsonaro

Blog: Tornou-se um grande negócio para Cuba o fornecimento de médicos para países com  dificuldades na saúde. O pagamento é feito para o Estado cubano. Pequena parcela fica com os profissionais médicos. A garantia de Cuba, que bancou o ensino, fica sendo a obrigatoriedade da permanência da família do profissional em território cubano.
Quase uma escravidão.

Viver é Perigoso

OH ! MINAS GERAIS !


Como alguém disse, o governo Fernando Pimentel, com méritos, apenas contribuiu para aperfeiçoar o desequilíbrio das contas do Estado. Para um rombo dessas proporções o negócio vem de longe.

Em 2003 entrou o Aécio, que continuou até 2010, quando cedeu o lugar para o Anastasia. Portanto, 12 anos tucanos. Mas os números negativos exigem que se busque um pouco mais atrás, com Eduardo Azeredo e Itamar Franco, de 1995 a 2002.

Deu hoje no jornal o Estado de Minas: 

"Como se não bastassem o déficit de R$ 11,4 bilhões previsto para o ano que vem, uma dívida de R$ 9,4 bilhões com os municípios e outra de R$ 84,7 bilhões com a União, mais um índice negativo acende de vez a luz vermelha nas finanças de Minas Gerais: o custo da folha de pessoal chegou a 79,18% da Receita Corrente Líquida (RCL) – somatório das receitas tributárias e transferências, deduzidos os valores repassados aos municípios – no ano passado. 

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece um teto de 60% da RCL para gastos com contracheques, incluindo ativos e inativos.

Em números absolutos, segundo o boletim, foram consumidos do caixa estadual em 2017 exatos R$ 50.223.606.582,05 com os salários de servidores. 

A previsão do governador eleito Romeu Zema é de que serão necessários em torno de dois anos – metade de seu mandato – para colocar os salários em dia.

Romeu Zema tem a proposta de cortar o número de cargos comissionados: as atuais 3,9 mil cadeiras serão reduzidas para algo entre 700 e 800. A legislação possibilita ao governador demitir também servidores efetivos para que a Lei de Responsabilidade Fiscal seja cumprida. A medida está prevista no artigo 169 da Constituição Federal, mas só pode ser adotada depois da redução de pelo menos 20% das despesas com comissionados e demissão de servidores não-estáveis."

Viver é Perigoso

O OCASO

Hoje em Curitiba.

Viver é Perigoso

LULA DEIXA A PRISÃO


Depois de 222 dias recolhido em cela da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Luís Inácio, deixa a prisão.

Será levado até a sede da Justiça Federal, na capital paranaense, onde será interrogado como réu, pela juíza Gabriela Hardt no processo sobre o Sítio de Atibaia.

A distância total a ser percorrida, ida e volta,  é de 10 kms.

A pena, ou não, deverá ser proclamada em janeiro.

É a vida...

Blog: Melhor e mais econômico seria mandá-lo para prisão domiciliar portando tornozeleira eletrônica e com direito de receber visitas só de familiares e como extensão da pena, também, semanalmente, do Eduardo Suplicy, da Gleisi e do invicto advogado Zanin.

Viver é Perigoso