quinta-feira, 25 de outubro de 2018

BASTIDORES - Ó NÓS AQUI TRAVEIS !


Depois de um confuso processo de  licitação a Prefeitura de Itajubá assinou o Contrato nº 091/2018 com a já conhecida empresa de advocacia Moura Lima e Siqueira Advogados. Contrato com o valor de R$ 156.000,00.

A empresa de advogados presta serviço para o município desde o primeiro ano da primeira administração do grupo hoje no poder.

O primeiro contrato foi assinado em abril de 2013. Foi aditado nos anos de 2014, 2015, 2016 e 2017. Foi encerrado em abril de 2018.

Certamente será aditado em 2019 e 2020.

Entrosamento perfeito.

Viver é Perigoso 

DATAFOLHA - NUNCA DESISTA




Para aqueles que estão acompanhando o dia a dia da política, a alteração nos índices da Pesquisa Eleitoral da Datafolha anunciada hoje, não aconteceu surpresa. Todos notaram alguma mudança nos últimos dias.

Na minha visão, considerando os detalhes da pesquisa, como rejeição, certeza de votos, etc, a eleição já está definida. Como sempre, salvo algum fenômeno.

Explicável. A maioria dos eleitores do Bolsonaro não não simplesmente Bolsonaro. São contra o PT, contra o condenado Lula, contra Dilma, contra a parceria com o comunismo através da fotogênica Vice do PC do B, contra, contra o simbolismo do vermelho, contra o MST, CUT e MTST, contra Gleisi, contra Lindbergh, contra Zé Dirceu, contra Pimentel, etc.

Tudo o acima explicito foi escondido na última semana. Sumiu o vermelho, o Lula, a Manuela, a Dilma e Pimentel se escafederam, bem como os outros.

Ajeitaram uma falinha do Mano Brown, aparentemente ensaiada, mostrou uma tímida autocrítica do partido, que vem sendo cobrada pela mídia.

Para completar, o Bolsonaro dispara a falar em governo de transição e formação de ministérios. O povo brasileiro detesta salto alto.   

Mas...15 milhões de votos em dois dias é caso de milagre.

Viver é Perigoso 

ESTRANHO, MUITO ESTRANHO...

Viver é Perigoso

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


"Nada mais injusto do que julgar homens do passado pelas ideias do presente."

Não se trata de uma leitura simples. Muito bom de ler, com atenção, com consultas e com comparações com o momento atual.

"A Marcha da Insensatez", da maior historiadora americana Barbara W. Tuchman, foi publicado em 1984. Para ler, reler e assustar-se. Em tempo, a autora foi laureada com o Prêmio Pulitzer por duas vezes.

Em um texto envolvente a autora destaca quatro conflitos históricos em que ações equivocadas tiveram consequências desastrosas para milhares de pessoas: A Guerra de Troia, a reforma protestante, a independência dos Estados Unidos e a Guerra do Vietnã. Tais episódios mostram a impotência da razão ante os apelos da cobiça e os interesses individuais.

Uma leitura fundamental em uma época em que a marcha da insensatez parece se acelerar a  cada dia.

Muito bom: Existe uma edição de bolso da Bestbolso, com apenas 560 páginas, fácil de carregar e de ler.

Viver é Perigoso 

CARTA QUE RECEBI

Itajubá, 25 de outubro de 2018

Caro Amigo,

Sempre estivemos juntos, muito embora, politicamente, nem sempre. Nossos objetivos sempre foram os mesmos. Os caminhos seguidos não necessariamente.

Pela primeira vez estou optando por votar no menos competente. Explico.

O meu candidato não possui  condições de colocar em prática os destemperos verbais  que vem proferindo pela vida afora. No Brasil de hoje, com as instituições funcionando razoavelmente e com total liberdade de expressão, não existe espaço para radicalismos.

Por outro lado, não votarei no candidato de esquerda e por consequente no grupo autodenominado progressista que o acompanha, pela sua competência. 
Perigosamente, são capazes de colocar em prática tudo armado na sua programação de governo. Assumem o compromisso de:

Refundar a democracia (?) 
Inaugurar um novo período de afirmação de direitos (?)
Revogar as reformas já aprovadas (?)
Suspender as privatizações (?)
Transição para uma sociedade ecologicamente sustentável (?)
Isenção de impostos para os mais pobres e aumento para os mais ricos (?)

E segue por aí adiante...

Na certeza que você me entenda.

Abraços para o pessoal da Boa Vista, é claro.

Adão

Viver é Perigoso   

DEVAGAR COM O ANDOR CAPITÃO


"A liberdade de imprensa não somente é um direito, mas um dever "

Benito Mussolini (ele mesmo) - 27 de janeiro de 1924

Viver é Perigoso