segunda-feira, 8 de outubro de 2018

RETRATO NA PAREDE



DEPUTADO FEDERAL

Dr. Ricardo Mello -  Em Itajubá : 11.824 - Total no Estado: 14.806 votos
Deputado Bilac Pinto - Em Itajubá : 5.364 votos - Total no Estado : 87.683 votos
Leandra Machado - Em Itajubá : 5.043 votos - Total no Estado : 15.021 votos
Deputado Dimas Fabiano - Em Itajubá : 2.084 votos - Total no Estado : 74.227 votos
Prof. Meloni - Em Itajubá : 942 votos - Total no Estado : 1.573 votos
Deputado Odair Cunha - Em Itajubá : 925 votos - Total no Estado : 87.891

DEPUTADO ESTADUAL

Vereador Ten Melo - Em Itajubá: 9.374 votos - Total no Estado: 11.364 votos
Deputado Ulysses Gomes - Em Itajubá : 7.070 votos - Total no Estado : 63.776 votos
Dr. Roberto Bob - Em Itajubá : 5.940 votos - Total no Estado: 13.925 votos
Deputado Dalmo Ribeiro : Em Itajubá : 2.262 votos - Total no Estado : 69.342 votos 

OBSERVAÇÕES

1 - Essa eleição foi montada para a reeleição dos deputados. A legislação os auxiliou enormemente. A tão esperada renovação aconteceu timidamente (na nossa região) devido ao desgaste proporcionado pelos próprios parlamentares. Caso não seja promovida uma Reforma Política, os veteranos políticos profissionais continuarão se reelegendo.

2 - Importante a votação obtida pela Leandra Machado. Distribuída por todo o Sul de Minas. O que a credencia para ser uma líder regional do possível governo Zema. Da mesma forma, o novato em política, Dr. Roberto Bob, que abriu caminho para a próxima eleição municipal.  

3 - O Doutor Ricardo sofreu as consequências do desgaste do PT, com o qual o seu partido esteve coligado. Continua o nome mais forte para a Prefeitura nas próximas eleições municipais. Foi quem o maior número de votos na cidade.

4 - Ulysses Gomes, itajubense e sempre presente na cidade, mesmo com a onda anti-pt no País, foi bem votado na cidade e mostrou  já ser um político estadual.  

5 - Com o apoio do poder público municipal e a parceria com o Deputado Bilac Pinto, o Vereador Melo obteve expressiva votação e deve compor a chapa situacionista para as eleições municipais como vice do Christian Gonçalves.  

6 - Bilac, Dimas, Dalmo, continuarão aparecendo por aqui, vez por outra, e colaborando com as tradicionais emendas parlamentares. Já está muito bom. 

7 - Como sempre, tudo irá depender dos eleitos para os governos de Minas e do Brasil. 

Viver é Perigoso  

TRABALHADORES DO BRASILLLLLLLL


Investigadores eleitorais reunidos hoje pela manhã, na Boa Vista, é claro, iniciaram as estudos sobre fatos estranhos ocorridos na terrinha, quando das eleições ocorridas ontem.

Foi objeto de análise os 16 votos conseguidos na cidade pelo candidato á Presidência da República, João Goulart Filho, do PPL.

Conclusão dos estudos: O pai do candidato foi o Sr. João Goulart, mais conhecido, dos anos 40 a meados de 60, pelo apelido de Jango Goulart. Gaúcho de São Borja e próximo do grande nome nacional do trabalhismo, Getúlio Vargas, que levou Jango Goulart para o PTB e foi seu Ministro do Trabalho.

Jango atuou fortemente na defesa dos mais humildes e teve participação ativa na atuação dos movimentos sindicais. Foi Vice-Presidente da República de 1956 a 1961 no governo Juscelino. Como Vice de Jânio, assumiu a presidência entre 1961 e 1964, quando foi derrubado pelo golpe militar.

Idolatrado pelos dirigentes dos ativos sindicatos existentes na cidade, como o Sindicato dos Tecelões, que defendia os funcionários das fábricas Codorna, na Boa Vista e a de Morim, na Varginha. Também, influenciava o Sindicato dos Bancários.

Não foi coincidência a construção das sedes de tais sindicados, praticamente de frente um para o outro, nas esquinas onde também foi construído o prédio da Previdência Social no bairro do Estádio.

Pois bem: 20 ex-dirigentes sindicais, residentes no município, e correligionários eternos do ex-presidente Presidente Jango Goulart, se reuniram e decidiram prestar-lhe, talvez eleitoralmente, uma última homenagem, votando no seu filho, João Vicente (na urna eleitoral, João Goulart Filho).

Assim aconteceu. Não na totalidade dos 20, mas de 16, pois 4 deles, justificadamente, não conseguiram se deslocar até os locais de votação.

Só pode ter acontecido isso.

Viver é Perigoso      

FORA DO FORO

Viver é Perigoso

HOJE É DIA DE ROCK



Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Janaína
Viver é Perigoso