terça-feira, 28 de agosto de 2018

NA BOA VISTA, É CLARO


Hoje, ali pelas 22:00 horas, na Boa Vista, é claro, ao sair para guardar o carro na garagem:

Ao passar com algumas, inconfundíveis, sacolinhas de plástico amarelas do Supermercado Alvorada nas mãos, um antigo vizinho e ex-seminarista, bradou de longe:

- Camarada, depois do Jornal Nacional de hoje, "Habemus Presidente ! "

Sei não... os apresentadores serviram de degrau para o candidato. 

No primeiro turno continuamos com o Amoedo. Depois...

Viver é Perigoso  

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


Um livro que leva o leitor a colocar as orelhas em pé nesses tempos de radicalismo. 

"O homem mais perigoso do País ". Biografia de Filinto Müller, o temido chefe da ditadura Getúlio Vargas. Escrito pela americana R.S.Rose 

De abril de 1933 até julho de 1944, Filinto Müller foi o chefe da polícia de Getúlio Vargas. Um reinado de terror geral surgiu em 1937, com a promulgação do Estado Novo. Aconteceram prisões, tortura, morte e confusão. Agiu direto na deportação de Olga Benário Prestes e Elise Ewert para a Alemanha nazista.

Participou do revolução (ou golpe) de 1964 e ocupou cargos de destaque, como presidente da Arena e do Senado.

O livro cita um comentário que teria sido feito por Albert Einstein: " Que um homem possa ter prazer marchando em formação, ao som de uma banda de música, isso é o suficiente para que eu o despreze".

Sei lá...

Viver é Perigoso 

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Paul Klee e Wassily Kandinsky - Alemanha 1929.
Viver é Perigoso

NÃO MATEM O MENSAGEIRO


O Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) é um estudo anual criado para acompanhar o desenvolvimento humano, econômico e social dos municípios do Estado do Rio de Janeiro e do Brasil (5.565 no total),com base exclusivamente em estatísticas oficiais. Ele leva em conta três indicadores: emprego & renda, educação e saúde cada qual com um conjunto respectivo de variáveis. Devido às suas características, a ferramenta tem servido como uma fotografia de políticas públicas e como fonte para "estudos nacionais e internacionais a respeito do desenvolvimento brasileiro". Mesmo porque seu resultado é capaz de retratar o nível de desenvolvimento de cada cidade e, assim, dar uma ideia sobre a qualidade de vida de seus cidadãos.

O relatório apresentado em 2018 considera os dados de 2016. Em cima do estudo é elaborado um ranking nacional dos municípios. Somente para efeito comparativo, em vermelho, constam os números alcançados por Pouso Alegre.

Para se ter uma ideia e despertar o interesse das autoridades municipais para analisar os números e compará-los com os obtidos por outros municípios do mesmo porte.

Em se tratando de emprego & renda a nota alcançada por Itajubá em 2016 é  assustadora:

Nota : 0,6152  (0.7211)
Ranking : 690º  (125º)

Nesse quesito, em números coletados desde 2005, a melhor posição alcançada pela nossa cidade foi em 2010 - Ranking 66º. Registramos as posições ocupadas nos últimos 5 anos:

2012 - 306º
2013 - 157º  (34º)
2014 - 404º  (114º)
2015 - 408º  (211º)
2016 - 690º  (125º)

O ranking Firjan geral, onde são considerados também a Saúde e a Educação :

2012 - 219º 
2013 - 108º  (81º)
2014 - 180º  (150º)
2015 - 235º  (208º)
2016 - 315º  (187º) 

Não carece ser nenhuma sumidade em análise econômica para concluir que a nossa cidade vem naufragando no tocante a Emprego&Renda. Independente da crise no setor, muito poderia ter sido alcançado. Claro, se prioridade fosse.

Uma análise direta poderá ser feita no www.firjan.com.br

Viver é Perigoso

TALVEZ, MELHOR ASSIM

Viver é Perigoso