sábado, 10 de março de 2018

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

FREE BOY


Viver é Perigoso

HÁ VIDA INTELIGENTE NO PLANETA


Existem muitos, mas reconheço da terrinha três brilhantes pensadores. Donos de enorme capacidade de  retirar pedras e entulhos que, por vezes, cobrem preciosidades. Nos levam a ler as piores notícias sem provocar desesperos. Quase sempre nos levam a ler a mesma frase duas vezes e deixar escapar um sorriso na segunda leitura. Pensam e reagem sempre alguns pontos na frente.

Um deles, um moço de Santa Rita de Caldas formado na nossa Escola logo apos a sua inauguração. Esteve e presenciou as coisas acontecerem. Cultura extraordinária.  Pela passagem dos anos, já encontra-se em condições de publicar balancetes destacando ás coluna de crédito e débito. Balanços de episódios da vida, é claro. Falo do Marco Antonio de Carvalho.

Outro, esse bem mais jovem, um advogado, não doutor, de sucesso. Para deleite (êpa) dos leitores voltou a dar o ar da graça no seu Blog www.aleivosiacomlimao.blogspot.com. 
Enciclopédias sobre a vida, atualidades e sentimentos, às vezes, em somente em um verso, um parágrafo, uma linha.

O terceiro deles, se faz mais presente no Facebook e a sua estreia com um blog e ansiosamente esperada. Temos que aguardar, pois se trata de um cara ocupado, sobrevivendo longe da terrinha e pai fresco. Fotógrafo premiado. Poderia muito bem se adiantar e usar o espaço do "viver é perigoso".
Claro que falo, como devem ter percebido, do Antonio Thomas Koegnikam. Com habilidade para descrever um momento como você jamais poderia imaginar.

Em comum, nos três, uma qualidade imprescindível para aqueles pintam momentos: coragem.

Viver é Perigoso   

COLUNA DE DÉBITO



Mais uma na coluna de débito.

Descobrí o samba de roda quando morava na Bahia. Tocava tanto nas festas de largo tanto quanto havia brigas nas citadas. Meio piston da gafieira.
Correndo na reta, com pelo menos quatro quatro corpos de vantagem, bridão já solto, os freges da festa da Ribeira (uma das melhores - festas!!!). Festa das melhores, mas com certo risco de correrias. 
Couro comendo em 3/4 lugares diferentes e os músicos firmes no samba de roda. Uma novidade, no dizer do patuá baiano quando quer dizer de algo extraordinário e inesperado

No fim, alguns presos (a polícia pegava "de com força") e íamos, todos, tomar sorvete para ressaca na inultrapassável Sorveteria da Ribeira.

Dois nomes de peso no Recôncavo (berço e sustentáculo do samba de roda): Roque Ferreira e Roberto Mendes.
Sem contar os versos de domínio popular musicados por anônimos mas conhecidos por todos os festeiros.
Dona Edith do Prato, por exemplo.

Minha dívida, essa, vem encharcada de saudade profunda...
Dor de banzo - castigo pros branquinhos dos sofrimentos das galés.

Ôôô vida!!

Marcos Antonio de Carvalho

Viver é Perigoso

DISSERAM :


“Em política, tudo o que precisa ser explicado não é bom. Todo o mal começa com as explicações.”

Luís Eduardo Magalhães

Viver é Perigoso

HAJA LUZ !


Por ter recebido um convite, por ter sido uma audiência aberta a participação de todos, estive nesta semana numa reunião na Câmara Municipal. Discutia-se na Comissão presidida pelo Vereador Marcelo Krauss (creio que tenha sido inclusive uma Audiência Pública ) o Contrato da Iluminação Pública, proposto pela PMI, envolvendo inicialmente R$ 114.160.000,00 e prazo de duração de 25 anos. 

Presentes o Secretário Juliano, dirigentes do LNA (defendendo uma nova iluminação) e os Vereadores Krauss, Santi, Molina, Mello, Renato e José Maria. Muita cordialidade, atenção e disposição do Senhor Secretário para prestar informações. 

Em Itajubá, temos 10.177 lâmpadas de vapor de sódio para serem trocadas (não me recordo o prazo para a totalidade das trocas). A substituição das lâmpadas mais o serviço de manutenção, sairá para o município, em torno de R$ 400.000,00/mês. 

Que fique claro para os leigos, que continuará sob responsabilidade da Prefeitura de Itajubá o pagamento, para a Cemig, da energia consumida, que é repassada para os moradores na Taxa de Iluminação Pública. 

Preocupações com valores, prazo de duração, controles, foram devidamente registradas, porém, atenção e gentilezas à parte, nenhuma expectativa de acontecer uma estudo mais profundo pelo Executivo, que com sua ampla maioria no Legislativo, decide, vota e pronto. Não vamos nos iludir.

Como curiosidade, o Vereador Zé Maria Bão, criticou os longos prazos dos contratos firmados pelo município com a Copasa e a Valônia, mas que nesse caso da iluminação, concorda inteiramente com os 25 anos, inclusive já adiantando o seu voto.

Para informação e sobre o tema, depois de muita discussão, o Prefeito de São Paulo, assinou na última quinta-feira, o Contrato de Parceria Público Privada da iluminação para trocar por LED todas as lâmpadas da capital até 2021. 
Serão trocadas 535.700 lâmpadas (82.600 já foram trocadas na Administração anterior). 
A instalação do LED será feita pelo consórcio vencedor FM Rodrigues/CLD, que administrará o parque de iluminação pública nos próximos 20 anos. 
O acordo foi firmado no valor de R$ 6,9 milhões. 
O consórcio será obrigado a substituir os fios de cobre, que atualmente são usados, por de alumínio, como estratégia da prefeitura para combater o alto índice de furtos do material 

Continuaremos remando contra a correnteza.

Viver é Perigoso