terça-feira, 30 de janeiro de 2018

MOÇA BONITA

Julie Christie
Viver é Perigoso

DIA DA SAUDADE


"A saudade é o limite da presença, estar em nós daquilo que é distante, desejo de tocar que apenas pensa, contorno doloroso do que era antes. Saudade é um ser sozinho descontente um amor contraído, não rendido, um passado insistindo em ser presente e a mágoa de perder no pertencido. Saudade, irreversível tempo, espaço da ausência, sensação em nós premente de ser amor somente leve traço num sonho vão de posse permanente. Saudade, desterrada raiz, vida que se prolonga e sabe que é perdida. "

Lupe Cotrim

Viver é Perigoso

CARGA PESADA


Já falamos sobre o assunto. Por mais que se sinta o dono da cocada preta, os políticos, que ainda têm uma sobrinha de consciência, carregam um peso, quase que eterno, nas costas. São aqueles auxiliares que os acompanham desde o início da caminhada.

Por tempos, nas eras pré mensalão, lava-jato, e outros, assessores de total confiança se faziam necessários. 
Buscar uma doação para a campanha em dinheiro vivo, fazer um pagamento não convencional, ser portador de um recado mais duro, se apresentar como mediador de uma encrenca fora dos padrões, ceder o seu nome e de familiares para o cultivo de laranjas. No passado, nas épocas de eleição, deixar escapar aqui e ali uma anti-propaganda anônima e mais recentemente, atuar como fake na internet.

Deu ruim. A atuação de parte da imprensa, que mais do que nunca vem se tornando investigativa, a presença de rapaziada nova, idealista e bem preparada no judiciário, vem obrigando a velha guarda política a mudar drasticamente o "modus operandi", e tentar se afastar de velhos colaboradores.

O que fazer com a equipe de assessores, pau para toda obra, que não largam do pé ? Sabem demais para serem dispensados e espertamente, estão sempre lembrando o líder, fingindo-se saudosistas, dos momentos periclitantes vividos no passado.

Enquanto o chefe estiver ocupando cargo público, tudo bem. Um cargo ali, outro aqui, tudo sem muito trabalho, que fique claro. Especialidade ? nada tem a ver. O salário não precisa ser muito, mas precisa ser religioso.

O assessor perde a identidade. Passa a ser conhecido como o Vitinho do Dr. Almeida, o Silva, do Dr. Maia. E por aí afora.

E quando o chefe ficar afastado de um cargo público ? Não interessa. Os royalties devem ser acertados normalmente.

O pior de tudo é que o auxiliar vai ficando folgado, falastrão, impertinente e se tornando um incômodo. Fazer o quê ? A mala terá que ser carregada pelo resto da vida.

Claro, que existe o auxiliar de longa data, humilde e prestativo. Também é complicado. A aproximação leva o chefe a conhecer a sua família e as dificuldades domésticas. Afinal, quem não as tem ? Como abandonar quem o serviu por longos anos com tanta dedicação ? E mais, sem carteira assinada, sem registros e sem aposentadoria.

Agora é tarde. Vai que um fique chateado e resolva estender a conversa no botequim, supermercado e mesmo na igreja ? 

Trata-se de um tremendo passivo que em priscas eras foi tratado como patrimônio. E isso, deve tirar o sono.

Lógico que existe exceção. Gente da melhor qualidade.

Viver é Perigoso          

TOCANDO EM FRENTE



Viver é Perigoso

ÊPA ! DE NOVO ?


EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRENCIA PÚBLICA N º 01/2018

OBJETO: ALIENAÇÃO DE BENS DOMINICAIS OU PATRONAIS E DE USO ESPECIAL

A abertura das propostas será realizada no Município de Itajubá com sede na Avenida Dr. Jerson Dias, nº 500 – Bairro Estiva - Itajubá/MG, no dia 05/03/2018 às 14:00 horas.

O que vem a ser isso ?

Viver é Perigoso

TAMBÉM JÁ FUI EMBORA


Escreveu Juan Arias - Espanhol brasileiro do El País

Alguém me disse que às vezes, na vida, é necessário perder uma coisa para apreciá-la. Foi o que aconteceu com a minha experiência no Facebook, que decidi interromper, porque, contradizendo o que havia proposto aos meus muitos amigos, que fosse um espaço de reflexão e discussão sobre o que vivemos, com total respeito às diferenças que sempre nos enriquecem, alguns, em vez de contribuir para o diálogo, declararam guerra com descomedimentos e insultos. 

Não percebi quão fortes podem ser os laços de amizade que se criam na rede, à distância, até anunciar que estava saindo. De repente, fui inundado por um rio de declarações positivas sobre o que, segundo eles, eu lhes havia proporcionado. Mensagens que pareciam de pessoas que eu conheci e amei sempre e que me repetiam como um mantra: “Juan, não vá embora”.

Não poderei responder a todas as mensagens de solidariedade, mas como a grande maioria é de meus leitores no jornal, isso me permitiu oferecer-lhes essa reflexão com um grande abraço para todos e cada um. Quero, no entanto, destacar a mensagem de um dos jornalistas que mais admiro e respeito neste país, Ricardo Kotscho, que nunca encontrei, mas sei que é um desses colegas que não se vendem ou se deixam comprar. Ele me escreve resumindo o que neste momento me preocupa: 

“Pedir reflexão e debate, em lugar de ofensas e agressões, é o sonho de todos nós que vivemos de escrever. Mas isto está cada vez mais difícil. Vou continuar lendo teus artigos que tão bem retratam o Brasil. Não vá embora. Fique com meu abraço”. 

Gostaria de terminar esta coluna com as últimas linhas que ofereço a todos os meus amigos do Facebook, que continuarei a seguir, embora sem participar:

“Pequeno, no Brasil, eu só encontrei os biquínis e a falta de generosidade dos poucos que acumulam a maior parte da riqueza do país. O Brasil, com todas as suas corrupções e contradições, é essa enormidade que se deixa amar e que acabou me conquistando”.

Viver é Perigoso

FESTA ORGANIZADA


Poucos deram atenção a convocação, pela Prefeitura, de audiência pública a se realizar na próxima quinta-feita, dia 01/2, para esclarecer à população sobre a Licitação e Contratação de Parceria Público Privada de concessão administrativa de modernização, eficientização, expansão, operação e manutenção da infraestrutura da rede de iluminação pública do município de Itajubá - Isso mesmo. Vão apresentar o Contratão a ser firmado com empresa, com 25 anos de duração e um por um total aproximado de R$ 120 milhões.

O evento está marcado para as 19:00 horas, no Centro Municipal de Convivência, que fica à Rua Cel. Joaquim Francisco, nº 232, no bairro da Varginha.

Imagino que todos os Secretários, assessores, vereadores da base aliada, professoras, amigos, familiares, funcionários de empresa (s) que participarão da licitação, estão devidamente convocados e se farão presentes.

Não conheço o auditório e sua capacidade. Mas de antemão, garanto que será pequeno. Do lado independente, imagino que estão o Eng. Santi, Adv. Marcelo Krauss, ambos vereadores, e o Chico Marques, sempre atento. Estarão "remando" contra a maré.

Seria bom a presença da ex-Leandra, uma vez que, eleita prefeita nas próximas eleições, terá que dar continuidade e cumprir o "Contratão".  

Pedidos de esclarecimentos e eventuais opiniões expressadas, com viés oposicionistas, estarão sujeitos a serem acompanhados por trilha musical, ou seja, sonoras vaias.

É a vida...

Viver é Perigoso

AJEITANDO A CARGA


Lembram-se daquelas conversas preocupantes sobre as próximas eleições da Fiemg e a possibilidade de respingar dificuldades para a terrinha ?

Melhor já ir (êpa) esquecendo. Como em São Paulo termina tudo em pizza, por estas bandas termina tudo em pão de queijo.

Deu no "O Tempo" :

"Acordo no ar - as conversas para entendimento nas eleições da Fiemg voltaram com força após a virada do ano. Ontem à noite, o candidato da oposição à presidência da entidade, Flávio Roscoe, levaria à apreciação de seus aliados a proposta de uma chapa de consenso, com nomes dos dois grupos em disputa."

Apurando os ouvidos dá para perceber suspiros de alívio.

Viver é Perigoso

QUE CREDIBILIDADE ?

Viver é Perigoso